conecte-se conosco


Abertas inscrições para curso gratuito de operador de computador

Publicado

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) abriu inscrições para o curso gratuito de operador de computador, em Cuiabá e Várzea Grande. O período de inscrições começa na próxima segunda-feira (22.07) e vai até o dia 26 (sexta-feira).

A iniciativa, que atende ao público com idade acima de 14 anos, foi possível por meio de parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci). Serão disponibilizadas sete mil vagas.

A secretária da Setasc, Rosamaria de Carvalho, destaca que os cursos integram o Programa Bom Começo, idealizado pela primeira-dama Virginia Mendes. 

“O Governo do Estado tem trabalhado para qualificar as pessoas que precisam de emprego, visando atender jovens, mulheres chefes de família, adultos em geral, facilitando o acesso ao mercado de trabalho, especialmente das pessoas em situação de vulnerabilidade”, explica.

Em Cuiabá, as inscrições poderão ser feitas nos seguintes locais: Escola dos Conselhos (antigo Sine), Base da Polícia no Bosque da Saúde, Unidade do Senai na 15 de Novembro, Escola Professora Hilda Caetano no Distrito do Sucuri, Base da Polícia no Moinho, Escola André Avelino no CPA 1, Unidade do Senai no Distrito Industrial e na Escola Passiana Torres de Santana, no Residencial Coxipó.

Em Várzea Grande as inscrições devem ser feitas na unidade do Senai, no bairro Cristo Rei.

Para efetuar a inscrição é necessário que o interessado apresente documentos pessoais como CPF e RG. Caso seja menor de idade, precisa estar acompanhado dos pais ou representante legal com documentos de comprovação. 

As aulas também ocorrerão nesses locais. É preciso ressaltar que na execução dos cursos não serão ofertados vale transporte e lanche. Desta forma, a orientação é de que os interessados façam os processos de inscrição na unidade mais próxima de sua residência.

O curso terá certificado de 160 horas e material didático online. As aulas serão ministradas ainda no segundo semestre desse ano em três períodos diferentes, de escolha do interessado. Os horários do curso serão das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. As aulas do período noturno, que será das 18h às 22h, serão ofertadas somente na Escola André Avelino, no CPA1 e na Escola Passiana Torres Santana, no Residencial Coxipó.

Fonte: GOV MT

Economia & Finanças

Conselho do FGTS aprova distribuição de 100% do lucro de 2018

Publicado

por

Uma das mudanças anunciadas no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), a distribuição de 100% dos resultados do ano passado foi ratificada hoje (19) pelo Conselho Curador. A Medida Provisória (MP) 889 aumentou a rentabilidade do fundo, determinando a transferência de todo o lucro do exercício anterior aos cotistas.

Antes da MP, o FGTS rendia 3% ao ano mais a Taxa Referencial (TR), atualmente zerada. Desde 2017, o fundo repassava 50% dos lucros do ano anterior ao cotista. Com a mudança, o fundo renderá 6,18% em 2019 , ultrapassando inclusive a taxa Selic (juros básicos da economia), recentemente reduzida para 6% ao ano.

Até 31 de agosto, serão repassados R$ 12,2 bilhões do lucro de 2018, distribuídos proporcionalmente conforme o saldo de cada conta. O Conselho Curador também aprovou os Relatórios de Gestão do FGTS e do Fundo de Investimento FI-FGTS. Os documentos serão divulgados no site do FGTS assim que o Diário Oficial da União publicar a resolução.

O conselho instituiu ainda um grupo de trabalho, com participação de três representantes do FGTS e três do Comitê de Investimento do FI-FGTS, para acompanhar e propor mudanças nas aplicações do fundo. O grupo também acompanhará a execução das recomendações dos órgãos de controle em parceria com o Grupo de Apoio Permanente (GAP), formado por consultores técnicos vinculados às 12 entidades que compõem o colegiado.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC
Continue lendo

Brasil

Witzel consulta Mourão sobre reestruturação do comando da PMRJ

Publicado

por

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, quer reestruturar o Alto Comando da Polícia Militar do Rio de Janeiro, implementando um formato semelhante ao das Forças Armadas, que ele considera mais adequado. Witzel levou a questão ao vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que é general da reserva do Exército.

“Eu entendo que nós precisamos ter uma estrutura de comando diferenciada, semelhante às estruturas que temos nas Forças Armadas, que são os oficiais generais”, disse o governador. Ele explicou que a intenção não seria, necessariamente, criar o posto de oficial general na polícia, mas utilizar o modelo das Forças Armadas quando o assunto é o período do comandante no posto.

O governador avalia que há necessidade de se ter um Alto Comando com tempo maior de duração nas polícias estaduais. “Hoje são quatro, seis anos, e quando o coronel chega no posto maior está na hora de ir embora. Nas Forças Armadas isso não acontece. O general fica 12 anos naquela função de Alto Comando. Nas polícias gera uma fragmentariedade e precisamos dar uma solução para isso”.

Witzel disse aos jornalistas que o vice-presidente se mostrou aberto a discutir a questão. Mourão reconheceu a preocupação do governador do Rio de Janeiro, no entanto, defendeu um estudo mais aprofundado a respeito. Witzel considerou pedir ao Alto Comando do Exército um parecer sobre o assunto e, talvez, encaminhar um projeto de lei ao Congresso Nacional.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Política
Continue lendo

Política MT

Policial

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana