conecte-se conosco


MT

ALMT estuda cortes de gastos e forma comissão para estudar efeitos negativos da crise do coronavírus

Publicado

 

Eduardo Botelho anuncia comissão e corte nos gastos para enfrentamento da crise provocada pelo coronavírus

Em caráter emergencial, os deputados da Assembleia Legislativa – ALMT atenderam a convocação do presidente da Casa, deputado Eduardo Botelho (DEM) e se reuniram, nesta segunda-feira (23), na Casa de Leis, para tratar de ações que ajudem a conter o avanço do coronavírus.

Por Itimara Figueiredo – Uma comissão especial, presidida pelo deputado Carlos Avallone, foi formada e deverá elaborar um relatório até sexta-feira (27), sobre a situação dos diversos setores que já sentem os reflexos negativos na economia provocados pela doença. Para isso, contará com apoio de entidades como Federação das Indústrias de Mato Grosso – Fiemt e Federação do Comércio, de Bens, Serviços e Turismo – Fecomércio.

Relatório da comissão especial deverá ser entregue até a próxima sexta-feira

Botelho esclareceu que com o relatório em mãos, levará ao conhecimento do governador Mauro Mendes (DEM). Também informou que estão mantidas as sessões plenárias toda quarta-feira. Além de reforçar corte nos gastos da ALMT para ajudar o governo a enfrentar o problema que assola o mundo. Disse que os recursos devolvidos da ALMT seguirão com sugestões de investimentos para contribuir com os setores mais prejudicados.

Leia mais:  Mauro Mendes decreta situação de calamidade pública em Mato Grosso

“Formamos uma comissão de acompanhamento social, presidida pelo deputado Carlos Avallone, que terá elementos indicados pela Fiemt, Fecomércio e outros setores a serem definidos. Essa comissão vai fazer análise de tudo que está acontecendo, a situação de pessoas desempregadas, sem salários, sugestões de bolsa, sacolão e outros itens que serão encaminhados ao governo”, destacou o presidente Botelho, ao acrescentar que a reunião fechada durou cerca de três horas e meia. Antes, ele se reuniu com o governador Mendes.

Ressaltou que o momento requer muito cuidado. Tanto que, desde a semana passada, os servidores da Casa foram dispensados e os atendimentos suspensos no período de quarentena. Outra decisão se refere ao corte de gastos que incluem aeronaves, combustível, passagem e pessoal. Sessões e comissões estão mantidas a partir da semana que vem.

Reunião emergencial definiu também manutenção de sessões às quartas-feiras.

“Fizemos também encaminhamentos em relação a vários cortes na Casa, o primeiro-secretário ficou de definir os cortes que vamos fazer para diminuir o custo da casa durante esse período. As sessões vão continuar. Temos projetos urgentes que têm que ser votados”, finalizou.

Leia mais:  Mauro Mendes, Lucimar Campos e Emanuel Pinheiro vão alinhar medidas para combater o coronavírus

Participaram da reunião os 24 deputados, sendo 18 presentes e os demais online. Além de Botelho, participaram de forma presencial: Dilmar Dal Bosco, Janaina Riva, Paulo Araújo, Valdir Barranco, Lúdio Cabral, Elizeu Nascimento, João Batista, Max Russi, Thiago Silva, Ulysses Moraes, Wilson Santos, Xuxu Dalmolin, Sebastião Rezende, Faissal Calil, Walmir Moretto, Silvio Fávero e Avallone.

Fotos: Mauricio Barbant/ALMT

Comentários Facebook

MT

Mato Grosso convoca classificados no processo seletivo de três hospitais regionais

Publicado

por

Os convocados devem se apresentar entre os dias 27 de março e 1° de abril de 2020, no setor de Recursos Humanos da unidade de saúde para a qual foi convocado

Por Carlos Celestino – O Governo de Mato Grosso publicou na edição do Diário Oficial que circula nesta sexta-feira (27.03), o edital de convocação de 18 candidatos classificados no processo seletivo de três hospitais regionais.

Para o Hospital Regional de Alta Floresta estão sendo convocados: um (1) enfermeiro e quatro (4) técnico em enfermagem. Para o Hospital Regional de Sorriso, as vagas são: um (1) auxiliar em farmácia, sete (7) enfermeiro e um (1) maqueiro.

A terceira convocação é para o Hospital Regional de Cáceres, para os seguintes cargos: um (1) enfermeiro auditor, um (1) técnico em radiologia e um (2) enfermeiro. Para acessar o documento com o nome de todos os candidatos, clique aqui (página 23 e 24).

Os convocados devem se apresentar entre os dias 27 março e 1° de abril de 2020, no setor de Recursos Humanos da unidade de saúde para a qual foi convocado, das 8h às 11h e das 13h às 17h, para a entrega dos documentos obrigatórios, conforme consta no edital.

Leia mais:  Mauro Mendes decreta situação de emergência em Mato Grosso

Comentários Facebook
Continue lendo

AGRONEGÓCIO

Decreto mantém atividades essenciais e comércio de itens da Agricultura Familiar em Mato Grosso

Publicado

por

Também está permitida a circulação de veículos em rodovias municipais e estaduais, destinados ao transporte de mercadorias e insumos

Diante do quadro de sério risco de infecção e contaminação pelo COVID-19, a Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SEAF) vem manifestar sua preocupação com o Setor Produtivo de Mato Grosso e, apesar do panorama de insegurança e temeridade, reforçar a necessidade do cumprimento das medidas de contenção ao avanço da pandemia.

Por Naiara Martins – Recomendamos aos produtores que o momento requer cautela e prevenção, e que por isso, será necessário o empenho de todos no cumprimento de regras rígidas de prevenção e combate ao coronavírus.

Entre as principais medidas consolidadas pelo novo decreto do Governo do Estado, que circulou no Diário Oficial desta quinta-feira (26.03), está a necessidade da manutenção do isolamento social, seguida por uma série de providências, a fim de reduzir as chances de proliferação do vírus. O documento lista as atividades que poderão continuar a operar durante o período que durar a pandemia e também aquelas que ficarão restritas.

Leia mais:  Mauro Mendes decreta situação de emergência em Mato Grosso

Apesar do decreto prever a proibição de atividades praticadas ao ar livre, como o funcionamento de feiras e outros eventos que demandem aglomeração e reunião de pessoas, estão permitidas as atividades supermercadistas de pequeno, médio e grade porte, atacadista e pequeno varejo alimentício, padarias, restaurantes, cafés e congêneres, açougues e peixarias, desde que cumpram as regras para retirada no local ou na modalidade delivery. Também está permitida a circulação de veículos em rodovias municipais e estaduais, destinados ao transporte de mercadorias e insumos.

A comercialização de produtos da Agricultura Familiar está mantida, assim como a movimentação dos produtores para a retirada dos itens, além do acesso ao setor comercial. Os estabelecimentos comerciais deverão manter o controle de acesso para evitar aglomerações, e respeitar as regras de distanciamento mínimo de 1,5 metro, higienização das mãos e outras normas sanitárias de prevenção e combate ao novo coronavírus.

Bem como alguns órgãos públicos do Governo de Mato Grosso, a SEAF informa que mantém o atendimento ao público em horário reduzido, de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 13h30.

Leia mais:  Decreto mantém atividades essenciais e comércio de itens da Agricultura Familiar em Mato Grosso

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262