conecte-se conosco


AGRONEGÓCIO

ATeG inicia atendimento em Dom Aquino

Publicado


Começam nesta quinta-feira (28.10) os atendimentos da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) no município de Dom Aquino. Inicialmente o programa atenderá 30 propriedades de bovinocultura de leite e 15 propriedades de bovinocultura de corte.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural local, Wildon Cardoso, a expectativa é que os produtores atendidos neste primeiro momento sirvam de modelo para os demais. “Apesar dessa quantidade de participantes não ser um número tão expressivo comparado ao número total de produtores rurais do município, a ideia é que eles sejam um modelo para que outros produtores também se interessem a ser atendidos pela ATeG”.

Wildon explica que o encarecimento da pecuária de leite impactou negativamente na produção local. “Como o manejo se tornou mais caro, muitos produtores partiram para outras atividades. Queremos que o município se torne novamente bacia leiteira e de uma forma que os produtores tenham mais lucratividade, por meio do leque de informações que a ATeG traz”.

Leia mais:  Olimpíada Rural 2021 divulga vencedores

Além dos grupos de produtores atendidos na área da pecuária, o Sindicato já está se organizando para demandar mais um atendimento, agora na cadeia produtiva da fruticultura. “Pretendemos solicitar até o fim do ano um grupo de fruticultura, atividade que também está se fortalecendo no município”, destaca Cardoso.  

Serão disponibilizados dois técnicos de campo credenciados à ATeG para os atendimentos em Dom Aquino. O objetivo é auxiliar produtores rurais a melhorarem a rentabilidade das suas propriedades, por meio de encontros periódicos e gratuitos.

Inicialmente será realizado um diagnóstico em cada propriedade e posteriormente o planejamento estratégico, a adequação tecnológica, capacitação profissional complementar e avaliação sistemática de resultados. Os produtores recebem acompanhamento personalizado, gratuito e individual periodicamente.

Nova fase – Na nova fase da ATeG, iniciada em 2021, o programa acompanha desde o início da produção até a comercialização do material. Alguns produtores já estão sendo capacitados ao participarem da Feira Natural do Campo que ocorre até dezembro em Cuiabá. Segundo o coordenador da ATeG, Armando Urenha, essa é uma oportunidade de colocarem os conhecimentos em prática. “Eles estão sendo orientados para ofertar ao consumidor produtos cada vez mais naturais”.

Leia mais:  Comissão de Mulheres da FAEP intensifica ações de mobilização
Fonte: CNA Brasil

Comentários Facebook

AGRONEGÓCIO

Aviso de pauta: CNA promove coletiva de imprensa na quarta

Publicado


Brasília (06/12/2021) – Na próxima quarta (8), às 10h, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) realiza uma coletiva de imprensa virtual para apresentar o balanço do setor em 2021 e as perspectivas para 2022.

A imprensa deve se credenciar pelo link:   

https://cnabrasil.org.br/formularios?form=credenciamento-imprensa-coletiva-2021-CNA-2021-11-09-11-42

O presidente da CNA, João Martins, fará a abertura. Em seguida, o diretor técnico, Bruno Lucchi, e a diretora de relações internacionais, Lígia Dutra, apresentarão os dados e projeções para o setor.

Na sequência os jornalistas credenciados poderão fazer perguntas.

Serviço:

O que: Entrevista Coletiva Virtual – Balanço de 2021 e perspectivas para 2022

Quando: quarta, 8 de dezembro

Horário: 10h

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419

flickr.com/photos/canaldoprodutor

cnabrasil.org.br

twitter.com/SistemaCNA

facebook.com/SistemaCNA

instagram.com/SistemaCNA

facebook.com/SENARBrasil

Fonte: CNA Brasil

Comentários Facebook
Leia mais:  OVOS/CEPEA: Início do mês favorece alta dos preços
Continue lendo

AGRONEGÓCIO

CNA debate custos e rentabilidade na irrigação

Publicado


Brasília (06/12/2021) – Em reunião extraordinária na sexta (3), a Comissão Nacional de Irrigação da CNA debateu o custo e a rentabilidade para a nova temporada e o Roadshow “Concessão Projeto de Irrigação Baixio de Irecê”, na Bahia.

Ênio Fernandes, consultor de mercado e presidente da Comissão Nacional de Cana-de-Açúcar, falou sobre os motivos estruturais e comerciais para a alta do preço de fertilizantes e defensivos.

Segundo ele, houve disruptura da cadeia de soja e do milho, antecipação de compra de fertilizantes, medo do produtor de não ter acesso ao produto e protecionismo de países como EUA e China. “Tudo isso tem achatado a margem do produtor”, afirmou.

Sobre o Roadshow, técnicos do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) apresentaram o projeto piloto de Irrigação Baixio de Irecê.

A iniciativa conta com uma área total de 105 mil hectares sendo 48 mil irrigáveis, com potencial para beneficiar 250 mil pessoas e gerar 180 mil empregos na região entre os municípios baianos de Itaguaçu e Xique Xique.

Leia mais:  MILHO/CEPEA: Vendedor se afasta do spot, e preço segue em alta

“Um projeto como esse nos deixa feliz porque está promovendo o desenvolvimento da região com o crescimento da irrigação apoiado pelo governo”, afirmou Eduardo Veras, presidente da comissão.

“A criação de polos de produção irrigada são extremamente importantes para a irrigação privada no País”, disse.

A concessão das etapas 3 a 9 do Perímetro Público de Irrigação do Baixio de Irecê conta com uma área total de 50 mil hectares sendo 31 mil irrigáveis e segue para leilão no primeiro semestre de 2022.

A comissão também debateu os projetos de lei que estão em pauta no Congresso Nacional sobre barramentos e licenciamento ambiental para irrigação.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262