conecte-se conosco


CIDADES

Botelho considera retrocesso extinção de municípios

Publicado

Parlamentar espera sensatez do Congresso sobre essa ideia

A proposta de fusão de municípios com baixa sustentabilidade financeira sugerida pelo Governo Federal preocupa o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM). Ele considera que a iniciativa será ruim para Mato Grosso atingido pelo menos 30 municípios. 

Por ITIMARA FIGUEIREDO – Botelho falou com a imprensa nesta quarta-feira (06), após a sessão ordinária e alertou sobre a necessidade da criação de uma força-tarefa junto à bancada federal de Mato Grosso e de governadores para não deixar a ideia prosperar.

“Temos que mobilizar a bancada federal e conversar com governadores. Acho que isso não vai prosperar no Congresso. Tenho essa convicção pois o impacto será muito grande. Lutamos para criar esses municípios que já estão estruturados, funcionando e acabar com eles, hoje, seria um retrocesso. Acredito que o Congresso vai ter sensatez, sensibilidade e não vai aprovar isso”, afirmou o presidente.

Previdência – Outra preocupação do parlamentar refere-se ao debate ampliado da previdência dos estados. Ele ressalta urgência da matéria e diz que já cobrou do governador Mauro Mendes (DEM) o envio dessa proposta para análise na ALMT.

Leia mais:  Painel de casos de Covid-19 em Cuiabá desta quinta-feira (28)

Conforme Botelho, a previdência do estado tem déficit exponencial, que vem crescendo muito e, dentro de dois anos, deverá chegar em torno de dois bilhões de reais.

“Precisamos criar um Fethab só para cobrir o déficit. É preciso discutirmos agora a responsabilidade. Estou cobrando do governo para provocarmos essa discussão dentro da Assembleia Legislativa. Acho que é um assunto, talvez desgastante, mas importante para a economia do Estado e garantia do futuro de servidores que ingressarão no serviço público e garantia do pagamento da Previdência. É importante fazê-la com urgência. Afinal, todos os estados já estão fazendo”, alertou Botelho.

Comentários Facebook

CIDADES

Comitê esclarece recentes óbitos por Covid-19 em Várzea Grande

Publicado

por

O Comitê reforça o empenho da Administração Municipal para o atendimento daqueles que necessitam do Sistema Único de Saúde – SUS

O Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (Covid-19) e a Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande, lamentam informar o oitavo e nono óbitos ocorridos no Município de Várzea Grande.

Da Secom/VG – O oitavo óbito referente a morador de Várzea Grande, ocorrido na terça-feira, 26 de maio, no início da madrugada, mas só confirmada no dia 27 em virtude de avaliação clínica e teste rápido para Covid-19.

O paciente Maurício Apolônio da Silva, 42 residente na Vila Arthur, era técnico em telecomunicações e tinha doença cardiovascular crônica e estava internado na Amecor em Cuiabá.

Já o nono (9º) óbito se trata da paciente Gabrielle Aparecida Araujo Bastos, 17, que estava internada desde o dia 17 de maio na UTI do Hospital Sotrauma em Cuiabá e era residente em Várzea Grande, mais precisamente na Cohab Canellas.

Segundo relato, Maurício Aparecido Apolônio, começou a ter sintomas nos últimos 08 dias, como dores nas costas e febre durante dois dias, além da perda de apetite e paladar. No último fim de semana apresentou quadro de melhora, mas no domingo apresentou mal-estar pelo corpo. De segunda para terça-feira iniciou quadro com falta de ar quando procuraram o Hospital Amecor e veio a óbito no início da madrugada de ontem, (terça-feira, 26 de maio).

Leia mais:  Audiência Pública sobre as metas fiscais de Várzea Grande será transmitida pela internet

Já a paciente Gabrielle Aparecida Araújo Bastos de 17 anos, era obesa e apresentava quadro de rinite alérgica.

A paciente apresentou sintomas de febre, tosse, desconforto respiratório, dispneia, ausência de olfato e paladar sendo atendida no Hospital Santa Rita onde foi constatada infecção pulmonar que levou a mesma a ser transferida para a UTI do Hospital Sotrauma.

O Comitê de Enfrentamento e a Secretaria Municipal de Saúde, ambos de Várzea Grande, voltam a reafirmar a necessidade do isolamento social para aqueles que podem realizar trabalhos em casa Home Office e medidas de segurança como distância de 1,5 metros entre as pessoas, uso de máscara constantemente e de luvas quando necessários, além de meios de higienização rigorosos como forma de debelar o COVID-19.

Lembram ainda a necessidade do alerta para qualquer sintoma e a busca de tratamento urgente.

Reforça o empenho da Administração Municipal para o atendimento daqueles que necessitam do Sistema Único de Saúde – SUS, que é gratuito, e a vigilância constante na propagação da pandemia. A Vigilância Epidemiológica irá promover o acompanhamento dos parentes próximos da vítima.

Leia mais:  Várzea Grande acelera obras e amplia atendimento em unidades de saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

Painel de casos de Covid-19 em Cuiabá desta quinta-feira (28)

Publicado

por

Por ROBERTA PENHA – Nesta quinta-feira (28), Cuiabá tem 655 casos confirmados de residentes no município e 183 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Destes, 192 já estão recuperados da doença e houve 8 óbitos de residentes e 13 de não residentes. Na rede hospitalar há 80 pacientes confirmados com Covid-19 internados, sendo 45 na UTI e 35 em enfermaria. Também estão internados 86 pacientes com suspeita da doença, sendo 16 na UTI e 70 em enfermaria.

O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho lamentam o óbito confirmado nesta quinta-feira na capital. A vítima era homem, tinha 73 anos e faleceu na segunda-feira (25) em casa. Apesar dos sintomas, ele não procurou atendimento médico. O material para o exame foi colhido e o resultado ficou pronto hoje, confirmando o óbito por COVID-19.

Comentários Facebook
Leia mais:  Casos de Covid-19 em Cuiabá desta segunda-feira (25)
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262