conecte-se conosco


MT

Complexo Arena Pantanal se consolida como espaço de múltiplo uso nesse fim de semana

Publicado

Campeonato Brasileiro série B, provas de natação, competição de karatê e festival de cerveja, foram alguns dos eventos acolhidos no espaço

Cida Rodrigues – Neste fim de semana, uma variedade de atividades esportivas e culturais consolida o Complexo Arena Pantanal como um espaço de múltiplo uso. A começar pelo estádio, que passou por um processo de troca parcial do gramado, e nesse sábado (05.10) recebeu mais uma partida do campeonato brasileiro da série B, com o duelo entre Cuiabá e Londrina. Mas o aproveitamento não parou por aí. Na área externa teve evento cervejeiro, realização de provas de natação dos Jogos Escolares na piscina, competição de karatê no Palácio de Artes Marciais e o ginásio Aecim Tocantins serviu como um dos alojamentos dos atletas da competição escolar, além de ter sido utilizado para treinamento das equipes.

O Governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, e o titular da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), Allan Kardec, fizeram questão de prestigiar parte dos eventos acolhidos pelo Complexo Arena Pantanal no fim de semana. Acompanhados do secretário da Casa Civil, Mauro Carvalho, e do adjunto de Esporte e Lazer, Jefferson Neves, eles torceram pelo clube cuiabano no Brasileirão série B ao mesmo tempo em que analisavam os avanços alcançados no espaço sob gestão do Governo do Estado.

“A Arena Pantanal foi um grande investimento feito pra Copa de 2014 e, a cada dia mais, precisamos encontrar formas e oportunidades para tornar esse espaço mais utilizado pela população. E não só com o futebol para o qual ele foi concebido, mas fazer em seu entorno e suas instalações uma série de atividades que possam justificar o investimento, que é da sociedade”, expôs o governador Mauro Mendes.

Leia mais:  Thiago Silva destina mais de 50% de suas emendas para a educação de MT

Para o secretário de Estado Allan Kardec, a ativação do uso pleno do Complexo Arena Pantanal se deve ao trabalho desenvolvido pela equipe da Secel, que, em pouco tempo de gestão, não mediu esforços para deixar o espaço em condições de funcionamento.

“Todo o Complexo Arena se mostra totalmente funcional. E é isso que pretendemos para esse grande espaço, que ele esteja sempre ocupado, com diferentes eventos. Temos condição de operação para atendermos várias atividades. Mesmo com uma equipe reduzida, porém é uma equipe que tem trabalhado muito, deixamos o estádio com alvarás sanitário e de funcionamento, hoje temos todo o espaço mais limpo, mais arejado, mais iluminado.  Isso tem trazidos os resultados, com o espaço sendo utilizado de maneira correta, atendendo eventos e públicos diversos”, enaltece Allan.

Campeonato Brasileiro – série B

O jogo entre Cuiabá x Londrina pela série B do Campeonato Brasileiro ocorreu regularmente na Arena Pantanal nesse sábado (05.10). Infelizmente, o time cuiabano foi derrotado por 1 a 0, com um gol ainda no primeiro tempo.  O Dourado está agora na 10ª colocação na tabela.

Espaço próximo ao gol que teve o gramado trocado – Foto por: Ahmad Jarrah

Antes da partida, durante a semana, a Secel trocou aproximadamente 2 mil metros quadrados de grama de uma área que estava danificada no estádio. A operação ocorreu dentro do cronograma informado à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e foi a primeira troca de grama desde que o estádio foi inaugurado em 2014.

Leia mais:  Na Espanha, Mato Grosso defende inclusão social para valorização da floresta em pé

“Conseguimos cumprir o cronograma dentro do prazo. E hoje o gramado está em condições perfeitas de jogo. O visual ainda não é o ideal pois a grama passou 48 horas em cima de um caminhão pra chegar até aqui, mas nos próximos 15 dias a coloração vai estar bem uniforme”, explicou Maurício Dias Mendonça, superintendente de infraestrutura esportiva da Secel.

De acordo com o superintendente, a CBF acompanhou e aprovou os trabalhos de troca do gramado. “O engenheiro agrônomo da CBF acompanhou todo o processo e só foi embora após a finalização, segundo ele estava tudo dentro do esperado e, inclusive,  acima de suas expectativas”, concluiu Maurício.

Ainda na sexta-feira (04.10), a Diretoria de Competições da CBF comunicou as definições na tabela original do Campeonato Brasileiro Série B, com os próximos jogos do Cuiabá na Arena Pantanal.  Na sexta-feira (11.10), o Dourado enfrenta o Vitória/BA e no dia 29 de outubro o Coritiba/PR.

Outros eventos

A 4ª edição Oktoberfest Cuiabá foi realizada na área externa do setor leste da Arena Pantanal no sábado (05.10). O público pode conferir a maior festa da cultura cervejeira de Mato Grosso,  com Foodpark temático, vila germânica, trajes típicos e mais de 10 tipos de chope.

Já a piscina do Complexo Arena Pantanal acolheu as competições de natação da etapa estadual dos Jogos Escolares. No total, 260 estudantes de todo o Estado disputaram no sábado (05.10) os diversos estilos da modalidade, buscando vaga para representar Mato Grosso na etapa nacional da competição escolar que acontecerá em novembro, em Blumenau/SC.

No domingo (06.10), as provas de natação prosseguem na piscina durante a manhã.

Comentários Facebook

MT

Confraternização de fim de ano reúne mais de 300 servidores no Palácio Paiaguás

Publicado


Em clima de descontração, os servidores públicos do Palácio Paiaguás tiveram um momento de confraternização na tarde desta sexta-feira (13.12). O evento foi cuidadosamente pensado e executado pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes e a equipe da Unidade de Atendimento à Família (Unaf).

A confraternização lotou o auditório Clóves Vettorato, contando com aproximadamente 300 pessoas. Na abertura, uma celebração cristã, conduzida pelo servidor da Casa Civil, Tony Rachidi, emocionou os presentes, relembrando o verdadeiro significado do Natal, que é o nascimento de Jesus Cristo.

O governador e a primeira-dama fizeram questão de levar uma das filhas do casal, a caçula Maria Luiza para participar. Essa inclusão da família nos eventos públicos já é uma marca desta gestão.

O evento ainda contou com a apresentação musical do servidor público Rafael Rosa, da dupla Anselmo e Rafael e o show do ator e comediante, André D’Lucca, interpretando Comadre Nhara. Como presente, todos os servidores ganharam um panetone, fruto de doação, além do sorteio de mais de 150 brindes dos parceiros da Unaf.

Um destes sortudos foi um dos mais antigos servidores da Casa Civil, Rosinaldo Almeida, carinhosamente conhecido como Chiquinho. O servidor, que atua no Estado há 38 anos, se sentiu muito grato com o gesto de carinho da primeira-dama com os trabalhadores.

“É inédito essa festividade de final de ano aos servidores públicos. Estamos fechando com chave de ouro o ano de 2019, juntamente com todos os colegas de trabalho e isso é muito gratificante”, disse Chiquinho.

E foi exatamente a gratidão que a primeira-dama do Estado quis demonstrar a todos os servidores com o evento. “Este é nosso primeiro ano de gestão e já percebemos o carinho e o empenho destes servidores conosco. A nossa intenção com este evento era devolver um pouco deste empenho e amor”, disse Virginia.

Leia mais:  Thiago Silva destina mais de 50% de suas emendas para a educação de MT

Na oportunidade, o governador Mauro Mendes fez questão de agradecer o empenho dos servidores ao longo do ano, lembrando que este foi um ano de grandes lutas, mas também de muitas conquistas. 

“Esta é uma forma de dizermos o nosso ‘muito obrigado’ para aqueles que realmente estiveram ao lado de Mato Grosso para mudar a realidade que encontramos. Se Deus quiser, nós teremos em 2020 um ano ainda melhor para os servidores e os mato-grossenses, com o governo cumprindo seu papel perante o cidadão”, disse o governador.

O evento também contou com a presença dos deputados Dilmar Dal Bosco e Max Russi, da empresária Margareth Buzetti, do ex-deputado federal, Fábio Garcia e do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho e sua esposa, Mônica Carvalho.

O titular da Casa Civil elogiou o cuidado e o carinho de Virginia no preparo da confraternização para os servidores e lembrou do papel que cada servidor tem ao longo do ano.

“Hoje é um dia de confraternização, mas nos outros 364 dias do ano estamos aqui cada um com sua missão e cada um com sua função para ajudar as famílias e toda a sociedade mato-grossense. Este dever tem sido feito por vocês de uma forma espetacular, com empenho, dedicação e comprometimento de todos”, destacou Mauro Carvalho.

Leia mais:  Proposta prevê instalação de câmeras de vigilância nos transportes de passageiros intermunicipais

Parceiros

Todos os brindes foram doados por parceiros da Unaf, a quem Virginia Mendes agradeceu o apoio. “A união de esforços é que tornou este evento possível. Por isso eu gostaria de agradecer imensamente a cada empresa e pessoa que colaborou com este evento. E não poderia deixar de agradecer a maravilhosa equipe da Unaf, que se desdobrou em cuidados e em muito trabalho para tornar este evento inesquecível”, pontuou Virginia.

São eles: Águas do Manso, Antonio Bernardes Joias, Aquarela Multimarcas, Ariani Maluf – Mahallo, Baba de Moça, Bamboo Óculos, Belviso, Big Lar, Bistrô Paris 6, Boi Grill, Casa Prado, Cerverjaria Louvada, Claudia Goreth, Cozinha a Dois, Crepaldi SPA, Cupim Bar, D’Villa Pizzaria, Ditado Popular, Dr. Elson Adorno, Dra. Anelise Felippo, Dra. Claudia Goureth, Dra. Natasha Crepaldi SPA, Emily Interiores, Escola Fato Concursos, Êxtase Kits, Farmácia Belflora, Farmácia Criativa, Gato Mia, Great House, Guidare Car Service, Haras Santa Rita, Hotel Odara, Isabella Girotto, KrisCake, La Provence, Le Soffist, Letícia Malheiros, Loja de Cosméticos La Belle, Martinello Móveis, Mirante das Águas, Personal Nilton César, Pneulandia, Princess Joias, Pró Ótica, Rede Gil Modas, Restaurante Xômano Bistrô, Salão Shez, Santa Oliva, Scotch Store, Sedeme, Simoni Klauk, Suco Pratz, Vila Konceito, Voluttá Acessórios e Zellos Boutique.

Também fizeram a doação de brindes para o sorteio a empresária Margareth Buzetti, o deputado Max Russi, o secretário da Casa Civil e a esposa, Mauro e Mônica Carvalho e o próprio governador Mauro Mendes.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MT

Visita a uma aldeia faz alunos mudarem o conceito que tinham dos indígenas

Publicado


Ao menos 35 alunos do ensino fundamental e médio da Escola Estadual Francisco Saldanha Neto, localizada no município de Tabaporã (643 quilômetros a médio-norte de Cuiabá) participaram de uma aula prática visitando a Aldeia Salto da Mulher, da etnia Paresi, em Campo Novo do Parecis, distante 570 quilômetros de Tabaporã.

As professoras de geografia Ana Paula Dourado e Edvânia Olímpio Leandro, que coordenaram a aula de campo, levaram também duas mães de alunos para conhecer a realidade indígena.

Segundo as professoras, todos foram muito bem recebidos na aldeia sendo recepcionados pelo cacique e demais indígenas. A cordialidade fez com que os alunos se encantassem  e mudassem a ideia de como é a estrutura e vida numa aldeia indígena.

Para a aluna Helen, o passeio foi interessante, sendo que para ela, a novidade é a forma como as crianças são alfabetizadas, sendo até o 5ºano do ensino fundamental com a língua indígena e o português na própria aldeia, seguindo depois para uma escola regular.

A forma de ensino também chamou a atenção do aluno Giovani Fávaro. “É muito maneiro. É uma forma de preservar a cultura deles que passa de geração a geração”, ressalta.   

Leia mais:  PM prende seis suspeitos e frustra roubo a motorista por aplicativo

Regiane Cristina do Nascimento, mãe de uma das alunas, ficou impressionada com a agilidade a agilidade de um guia e caçador da aldeia que levou todos para uma trilha de 600 metros até a cachoeira.

“É um local de beleza extraordinária, onde os alunos puderam estar mais próximos da natureza, interagindo com as crianças indígenas com um banho nas águas límpidas”, descreve a mãe.

Durante a visita, o cacique explicou a história do surgimento do nome da aldeia. Segundo o cacique, reza a lenda que uma índia e seus dois filhos desceram na Cachoeira para lavar louça e roupa, segundo a tradição indígena dessa aldeia, a mulher quando se encontra no seu período menstrual, ela não poderia tomar banho na cachoeira.

Contrariando a tradição, a índia tomou banho. Horas depois, quando seus dois filhos foram procurá-la não a encontraram, os índios acreditam que a sereia ou mãe d’água levou ela para si, desaparecendo o corpo, ficando o nome da aldeia em memória da índia.

A colega dela, Ana Carolina achou interessante a religião dos Paresi, que sempre deixam a primeira colheita para os seus deuses, como forma de evitar coisas ruins para a família.

Leia mais:  Cerca de 7 mil pessoas visitaram a Arena Encantada na noite de estreia

Para a aluna Kettler Maria, as pinturas têm significados marcantes. “Aprendi que os homens desenham cobras cascavéis que são símbolos da guerra”, frisa. Outra aluna, Gabriele, gostou dos esportes praticados pelos índios como a peteca, cabeçobol e arco e flecha. “A cultura deles é maravilhosa. É uma experiência que vamos guarda para a vida toda”, comemora.

Professora Ana Paula frisa que a iniciativa de levar os alunos a uma aldeia indígena nasceu conforme a lei 11. 645/2008 que exige o estudo da história e cultura afro brasileira e indígena.

Professora Edvania classifica a organização da aldeia como impecável, pois as ocas deixaram todos encantados. “É um local sagrado, um ambiente de muitas histórias, um local de respeito, onde seus entes queridos são enterrados”, assinala.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262