conecte-se conosco


CIDADES

Consultora da Unesco do Programa Criança Feliz esteve em Cuiabá para visita técnica

Publicado

A coordenadora responsável pelo Programa Criança Feliz no Centro-Oeste, Lisane Marques, da Unesco esteve em Cuiabá para uma visita técnica e avaliação do trabalho que está sendo desenvolvido pela Prefeitura, nesta sexta-feira (06). O programa é uma parceria do Ministério da Cidadania em parceria com os municípios.

“O objetivo da visita é fazer o monitoramento, o acompanhamento e a execução do Programa, que é desenvolvido dentro da política de assistência social. Estamos acompanhando, conversando e avaliando todas as equipes de referência, pois o programa conta atualmente com mais de 21.000 visitadores. Essa avaliação permanente é necessária para que os apontamentos sejam feitos e os serviços melhorados”, explicou Lisane Marques.

Na oportunidade, a coordenadora conheceu in loco os serviços da equipe pertencente à Unidade do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), do bairro Pedra 90, onde as famílias atendidas pelo Programa. “Fiquei muito satisfeita com o que pude presenciar. Um fator primordial para o sucesso do programa é o envolvimento de todos os componentes da equipe. Quem trabalha com esse programa tem que estar envolvido, conhecer a realidade de cada família para saber que tipo de suporte poderá ser ofertado. E isso ficou visível. Cuiabá está de parabéns. As famílias visitadas demonstraram satisfação pelo atendimento prestado”, comentou a representante da Unesco.

Leia mais:  Fundos têm R$ 46,3 bilhões para Norte, Nordeste e Centro-Oeste

Na Capital, o programa que é coordenado pela Secretaria de Assistência Social é realizado em sete das 14 unidades existentes dos Centros de Referência, sendo eles: Planalto, Pedra 90, CPA, Jardim União, Jardim Araçá, Pedregal e Jardim Nova Esperança. A metodologia utilizada é de visitas domiciliares realizadas nas residências das famílias cadastradas no Programa Bolsa Família e Benefício de Prestação Continuada (BPC), inserida no CRAS de referência em que o Programa Criança Feliz atua.

Durante a explanação, a coordenadora do Programa Criança Feliz em Cuiabá, Michelle Santos Machado informou que cerca de 986 crianças de 0 a 3 anos, 54 famílias contempladas com o auxílio do BPC e 94 gestantes estão sendo acompanhadas pelo programa. “Desde que assumi a coordenação sabia do grande trabalho a ser desempenhado, mas que, sem dúvida nenhuma, o retorno satisfatório estava garantido. Temos pela frente muitos desafios, mas estamos no caminho certo. Nosso objetivo é incluir cada vez mais famílias e melhorar a qualidade de vida dessa população”, disse ela.

“Aos poucos já estamos recebendo o retorno das famílias atendidas pelo programa em Cuiabá. A principal declaração é de que a vida delas mudou depois que começaram a receber a visita da equipe, e isso nos motiva a continuar e trabalhar ainda mais por essa nobre causa que é a primeira infância”, comentou.

Leia mais:  A Prefeitura de Cuiabá divulga a lista dos classificados para vagas em creches, CEICs, CMEIs e CEEIs

O secretário municipal de Assistência Social, Wilton Coelho agradeceu a visita, pois segundo ele, trocas de informações e novas orientações são fundamentais para o progresso do Programa. “Quem ganha com isso é a população que necessita do apoio e dos serviços ofertados pela administração pública. O nosso objetivo é trabalhar para oferecer qualidade de vida a população cuiabana. É com muita satisfação que podemos afirmar que o trabalho está tendo resultados positivos e fazendo a diferença na vida das pessoas”, concluiu o secretário de Assistência Social, Wilton Coelho.

PROGRAMA CRIANÇA FELIZ- O programa prioriza crianças e famílias em situação de vulnerabilidade e risco social, como: gestantes, crianças de até 36 meses e suas famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família; crianças de até 72 meses e suas famílias beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada; crianças de até 72 meses afastadas do convívio familiar em razão da aplicação de medida de proteção prevista no Art. 101, caput, incisos VII e VIII, da Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990, e suas famílias.

Comentários Facebook

CIDADES

Lucimar confirma calendário salarial e injeta mais de R$ 30 milhões na economia

Publicado


28/01/2020    128

Reafirmando o compromisso assumido em 2015 com o funcionalismo público, quando se tornou prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos, após reunião de avaliação da situação econômica do Tesouro Municipal com a equipe econômica, confirmou o pagamento dos salários para essa quinta-feira, 30, do mês de janeiro.

“O calendário salarial é prioritário para nossa gestão. Os servidores públicos, cada um com sua profissão, seja médico, professor, engenheiro, guarda municipal, merendeira, agente administrativo, fiscal de tributos são aqueles que asseguram o atendimento a população que é o patrão de todos nós e que espera serviços públicos de qualidade e eficiente”, sinalizou Lucimar garantindo que enquanto prefeita da segunda maior cidade de Mato Grosso, salários não serão atrasados e serão pagos no mês trabalhado e se possível até mesmo antecipados.

Várzea Grande estará quitando nesta quinta-feira, dia 30, a primeira folha salarial de 2020, aos seus mais de 7 mil servidores da administração direta e indireta. A 56ª folha paga pela atual gestão vai injetar pouco mais de R$ 30 milhões na economia local e mantém a tradição dos últimos cinco anos de ser quitada antes da virada do mês.

Além da Prefeitura de Várzea Grande também quitam os salários dos servidores públicos municipais a Previdência de Várzea Grande – PREVIVAG e o Departamento de Água e Esgoto – DAE/VG.

Leia mais:  Piso dos professores causará impacto de R$ 8,7 bilhões nos municípios em 2020

Mais do que em qualquer outro do mês do ano, como frisa a prefeita Lucimar Sacre de Campos, o mês de janeiro é complicado e parece ser o mais longo de todos. “É um período que sucede as festas de final de ano quando as despesas aumentam, as pessoas viajam, recebem visitas, os filhos estão de férias e os compromissos de início de ano surgem como impostos, matrículas e lista de materiais escolares. Sabemos como isso pesa no orçamento. Poder contar com o salário em dia é uma segurança para o planejamento de qualquer família. No comércio, o dinheiro novo começa a circular e a movimentar a nossa economia. Mais que uma obrigação com nosso servidor, pagar em dia é uma via de mão dupla para o desenvolvimento da nossa cidade”.

Com a quitação dessa primeira folha salarial de 2020, a prefeita segue a risca o calendário de pagamento dos servidores públicos, anunciado no início desse mês. O novo cronograma estabelece todas as datas e – de janeiro a dezembro, incluindo o abono do 13º salário – mantém a determinação do Executivo em pagar salários antes da virada do mês. “Entramos no nosso último ano de gestão mantendo nossa política de trabalho que não abre mão de manter esse compromisso com o servidor e um planejamento de investimentos que nos permita manter a máquina pública em plena atividade com obras e serviços de toda natureza para atender cada vez mais as demandas da população e as necessidades da cidade”, defendeu a prefeitura Lucimar.

Leia mais:  Vigilância em Saúde investiga casos de suposta intoxicação alimentar de clientes de restaurante em Cuiabá

Este é o segundo ano consecutivo em que a administração municipal define antecipadamente um calendário de pagamento dos salários. “Tivemos um resultado exitoso com essa experiência no ano passado e vamos seguir pagando nosso servidor dentro do mês trabalhado. Fazemos isso sem engessar a saúde financeira e os investimentos previstos para a cidade”, destacou a secretária de Gestão Fazendária, Lucinéia dos Santos Ribeiro.

Assim como ocorreu por mais de uma vez no ano passado, o pagamento chegou a ser antecipado, ficando disponível antes mesmo da data prevista no calendário.

Considerando o valor médio da folha de pagamento, em cerca de R$ 30,8 milhões ao mês, somente com o pagamento do funcionalismo, o poder público municipal injeta mais de R$ 400 milhões ao ano na economia local. Levando em conta os cinco anos da atual gestão e apenas as 13 folhas mensais, foram cerca de R$ 2 bilhões em salários circulando na economia de Várzea Grande de maio de 2015 a dezembro de 2019.

Por: Marianna Peres – Secom/VG

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

Escola Cívico Militar Profª Maria Dimpina Lobo Duarte conta com 82 vagas remanescentes

Publicado


A Secretaria Municipal de Educação abrirá nesta quarta-feira (29), das 8h às 23h59, o portal Matrícula Web para os pais ou responsáveis interessados em matricular seus filhos na Escola Cívico Militar Profª Maria Dimpina Lobo Duarte. No total, serão oferecidas 82 vagas para os 6º, 7º, 8º e 9º Anos, nos períodos matutino e vespertino.

“São vagas remanescentes, resultantes da não efetivação das matrículas que foram feitas entre os dias 13 e 14 de janeiro, para Escola Cívico Militar Profª Maria Dimpina Lobo Duarte, por meio do portal Matrícula WEB. Portanto, os pais ou responsáveis devem estar atentos ao número de vagas que ainda estão em aberto nessa escola”, ressaltou a secretária-adjunta de Educação, Edilene Machado.

De acordo com as informações da Comissão Permanente de Organização da Demanda Escolar (CPODE), existem na escola 31 vagas remanescentes para o 6º Ano do período vespertino; 8vagas para o 7º Ano do período vespertino; 23 vagas para o 8º Ano do período matutino; 11 vagas para o 8º Ano do período vespertino e 9 vagas para o 9º Ano do período matutino.

Leia mais:  Vigilância em Saúde investiga casos de suposta intoxicação alimentar de clientes de restaurante em Cuiabá

Segundo a secretária Edilene Machado, muitos pais solicitaram à Secretaria de Educação e foi aberta uma turma a do 6º Ano, vespertino, para atender essa demanda.

A orientação da Secretaria de Educação para os pais ou responsáveis é para que tenham toda a atenção ao preencher o formulário de informações inclusive no que diz respeito ao Ano solicitado.

Após fazer a matrícula o pai ou responsável deve efetivar a mesma levando na unidade educacional, seus documentos pessoais e dos estudantes, na quinta-feira (30).

A Secretaria de Educação informa que à medida que as vagas forem sendo preenchidas, as informações sobre elas saem automaticamente do portal.

SERVIÇO

MATRÍCULA WEB – EMEB Escola Cívico Militar Profª Maria Dimpina Lobo Duarte

Data: quarta-feira (29)

Horário: 8h às 23h59

Local: Portal Matricula WEB (matrícula somente via on line)

Vagas remanescentes:

6º Ano – vespertino – 31 vagas

7º Ano – vespertino – 8 vagas

8º Ano – matutino – 23 vagas

8º Ano – vespertino – 11 vagas

Leia mais:  A Prefeitura de Cuiabá divulga a lista dos classificados para vagas em creches, CEICs, CMEIs e CEEIs

9º Ano – matutino – 9 vagas

Total de vagas remanescentes disponíveis – 82 vagas

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262