conecte-se conosco


CIDADES

Cuiabá aguarda repasses do Ministério da Saúde para realizar ‘Drive Thru” na vacinação contra Influenza

Publicado

 A estratégia foi determinação do prefeito à equipe da Saúde para evitar aglomerações

Após ter pausado a Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza por ter recebido do Ministério da Saúde apenas 9,5 mil doses (esgotadas em duas horas) a Prefeitura de Cuiabá está aguardando o novo repasse do órgão federal para realizar um “Drive Thru” de vacinação.

Por OZIANE RODRIGUES – A ação foi delineada pela Secretaria Municipal de Saúde no fim da tarde desta terça-feira (24) após o prefeito Emanuel Pinheiro determinar a elaboração de um plano estratégico para evitar aglomeração contra o coronavírus.

“Estamos desenvolvendo uma série de medidas para evitar a disseminação do Coronavírus em Cuiabá e não poderia ser diferente na campanha contra a Influenza, especialmente na fase do nosso público mais vulnerável, que são os idosos e nossos profissionais da Saúde. Por isso, determinei a imediata confecção de um plano de ação à equipe da Secretaria de Saúde, e o formato “Drive Thru” onde bastará colocar o braço para o lado de fora do automóvel para receber a imunização foi uma medida contra a aglomeração que aprovamos e implantaremos em Cuiabá”, explicou Pinheiro.

Leia mais:  Várzea Grande vacina 3.500 pessoas contra H1N1 e aguarda nova remessa

O Drive Thru da Vacinação Contra a Influenza está previsto para ser realizado na próxima sexta-feira (27) em pontos estratégicos das quatro regionais de Cuiabá, tão logo o Ministério da Saúde repasse as 37 mil doses restantes para imunizar os idosos e servidores da Saúde, previstas para serem entregues à capital nesta quarta-feira (25).

“Sob determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, que não está poupando esforços para evitar a disseminação do Coronavírus na Capital, elaboramos o plano Drive Thru como uma das saídas para evitar aglomeração das pessoas nesta primeira fase da vacinação. Para isso aguardamos apenas o repasses das 37 mil doses por parte do Ministério da Saúde. Até  o momento recebemos apenas 9,5 mil doses que se esgotou em um único dia. Como o Ministério deve entregar as demais doses nesta quarta-feira teremos condições de fazer esta grande ação e deixar a população mais segura e imunizada”, enfatizou a diretora da Atenção Básica de Cuiabá, Miriam Naschenveng.

A capital mato-grossense vem adotando outras  inúmeras medidas de enfrentamento à disseminação da doença. Durante esse período de enfrentamento, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Verdão será utilizada como estrutura de apoio de leitos para internação Hospital Pronto Socorro Municipal de Cuiabá, para pacientes contaminados. Também estão suspensos os agendamentos e atendimentos dos procedimentos médicos eletivos nas Unidades Básicas de Saúde.

Leia mais:  Senado vota hoje, em sessão remota, antecipação de repasse do FPM: R$4,81 bi

Pinheiro explicou que este é o momento de adoção de medidas drásticas. “É preciso evitar que tenhamos um transporte coletivo cheio de pessoas, cinemas, academia, shoppings, bares, restaurantes… Entendo que a população fica incomodada, mas o rigor, nesse momento é fundamental para evitar a transmissão da doença. É muito importante lavar as mãos diversas vezes durante o dia. Também temos que redobrar os cuidados, como por exemplo, quando for tossir ou espirrar, fazer isso na dobra do braço, ou usar um lenço e descartá-lo imediatamente após o uso. Os esforços são necessários, mas sem que percamos a serenidade”, defendeu.

Comentários Facebook

CIDADES

Lucimar Campos prorroga IPTU com desconto e anuncia pagamento de salários

Publicado

por

Medidas visam ajudar na circulação de recursos na economia local e estimula contribuintes. 100% da arrecadação vai para a Saúde.

Por determinação da prefeita Lucimar Sacre de Campos (DEM) o IPTU 2020 que venceu no último dia 13 de março com descontos de 15%, foi prorrogado até 17 de abril e manteve o desconto como forma de estimular o contribuinte, além de autorizar a destinação total do valor arrecadado para a área de Saúde.

Por Marianna Peres –  “Já vamos pagar os salários dos servidores públicos municipais nesta semana para despejar mais de R$ 31 milhões na economia local e assegurar que o comércio e a indústria tenham um mínimo de circulação neste momento de dificuldade”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos após reunião com a equipe econômica com os secretários, de Gestão Fazendária, Lucinéia dos Santos Ribeiro; de Planejamento, Edson Silva; Governo, Kalil Baracat; Administração, Pablo Gustavo Pereira; Saúde, Diógenes Marcondes; Educação, Silvio Fidélis; Promoção Social, Flávia Omar e Procuradoria Geral, Sadora Xavier.

A chefe do Poder Executivo da segunda maior cidade de Mato Grosso sinalizou ainda que na medida do possível e sem comprometer as ações da saúde pública vai acelerar liberação de recursos de obras públicas em execução pela iniciativa privada para diminuir o impacto da crise econômica na cidade.

Leia mais:  Prefeitura de Cuiabá atende decisão judicial e elabora plano para o transporte público

A Secretária de Gestão Fazendária, Lucinéia dos Santos Ribeiro sinalizou que as prioridades da prefeita Lucimar Sacre de Campos, são todas voltadas, para a saúde e para o atendimento da população neste momento de dificuldades.

“Estamos colocando em prática toda uma operacionalização para atender as demandas dos contribuintes de forma online, não presencial e vamos utilizar, e-mails, SMS, WhatsApp entre outros meios de comunicação das mídias sociais para facilitar a comunicação e para analisar caso a caso, pois existem compromissos a serem honrados pelo Poder Público com a própria cidade, com a população e com o comércio e a indústria”, disse a secretária de Gestão Fazendária.

O secretário de Saúde, Diógenes Marcondes fez um retrospecto de todas as ações adotadas pela prefeita Lucimar Sacre de Campos desde 2015 quando assumiu a gestão municipal para assegurar que “todos os investimentos feitos na construção de duas Unidades de Pronto Atendimento – Upas Ipse e Cristo Rei, ambas funcionando, no Hospital Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande, nas cinco Clínicas de Apoio a Família (antigas Policlínicas) que foram reformadas, ampliadas e melhoradas e nas duas Unidades Básicas de Saúde do São Simão e Região e do Aurilia Salles Curvo que está assegurando um atendimento da área de saúde para todos que necessitam”.

Leia mais:  Cuiabá e Várzea Grande unificam ações contra o Coronavírus e criam rede de atendimento

O secretário de Saúde de Várzea Grande, lembrou que Várzea Grande está em uma situação de atendimento na área de saúde melhor que a grande maioria das cidades de Mato Grosso e que a tendência é que a média de 45% até 55% de atendimentos de pacientes de outras cidades e até mesmo Estados seja ampliada e será preciso garantir o atendimento pois Várzea Grande atende via SUS e sem nenhum tipo de cobrança.

“A prefeita Lucimar Sacre de Campos já mantém um nível de investimento da ordem de 30% na área de saúde e a tendência neste momento de crise é que este percentual seja ampliado, sendo que para isto, se faz necessário melhorar a entrada de dinheiro público para fazer frente aos compromissos públicos”, sinalizou.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

Emanuel Pinheiro autoriza o funcionamento de supermercados, mercearias, padarias e açougues aos domingos

Publicado

por

 O ato foi publicado no Diário Oficial de Contas que circula nesta quinta-feira (26)

A Prefeitura de Cuiabá publicou nesta quinta-feira (26) a retificação dos decreto nº 7.851, assinado na quarta-feira (25) pelo prefeito Emanuel Pinheiro. Conforme o decreto nº 7.853, que circula no Diário Oficial de Contas, está permitido o funcionamento de estabelecimentos do setor varejista de gêneros alimentícios também aos domingos, no período das 8h às 19h. 

Por BRUNO VICENTE – “Nossa gestão é pautada no diálogo. Nos reunimos com a Associação de Supermercados de Mato Grosso e o Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de Cuiabá e nos comprometemos a fazer esse ajuste. Estamos tomando as providências necessárias para combater essa pandemia e, nessa caminhada, é importante contamos com o apoio de toda a sociedade”, comenta o prefeito.

O decreto nº 7.851 dispõe sobre medidas emergenciais e temporárias relacionadas exclusivamente aos supermercados, mercearias, padarias açougues e similares. O documento, que tem como objetivo garantir a prevenção de contágio pelo novo coronavírus (Covid-19), estabelece diretrizes quanto aos horários de funcionamento e os procedimentos no atendimento ao cliente.

Leia mais:  Lucimar Campos decreta emergência, reduz frota de ônibus e fecha comércio

Segundo a publicação, deve ser adotado o controle de acesso ao público, permitindo a entrada de no máximo 10 pessoas a cada 100 m² de área disponível para exposição de produtos. Além disso, é determinado o distanciamento de no mínimo 50 cm dos balcões de atendimento e 1,5 m entre uma pessoa e outra. Também está fixada a disponibilização de álcool em gel e/ou produtos similares de esterilização, para utilização dos consumidores.

Para evitar aglomerações de pessoas, conforme recomendação da Organização Mundial de Saúde(OMS), a normativa recomenda ainda o deslocamento de apenas uma pessoa por família até os estabelecimentos. Aos integrantes do grupo de risco e crianças de até 12 anos a orientação é de que evitem ir aos comércios.

Confira  a íntegra a retificação.  

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262