conecte-se conosco


MT

Detran firma parceria com Prefeituras para ampliar oferta de serviços no Estado

Publicado


Para ampliar cada vez mais o acesso da população mato-grossense aos serviços do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), a Autarquia está expandindo os postos de atendimento no interior do Estado através de Termo de Cooperação Técnica firmado com as Prefeituras Municipais.

Os prefeitos das cidades de Itanhangá, Juscimeira, Matupá, Paranaíta, Querência, Tabaporã e Ponte Branca já assinaram a parceria com o Detran para ofertar os serviços de habilitação nesses municípios, que contavam apenas com os serviços de veículos.

Com o Termo de Cooperação, esses municípios vão realizar serviços de habilitação como: abertura de processo para primeira habilitação, renovação da CNH, segunda via da CNH, Permissão Internacional para Dirigir (PID), agendamento de prova teórica, acesso ao sistema de coleta de imagens e biometria, entre outros.

Outros nove municípios – Araguaiana, Porto Alegre do Norte, Gaúcha do Norte, Cotriguaçu, Ribeirão Cascalheira, Serra Nova Dourada, Tesouro, Acorizal e Nossa Senhora do Livramento – estão em fase final dos procedimentos administrativos para a assinatura do Termo de Cooperação e ampliação dos serviços do Detran para a população.

Leia mais:  Mato Grosso pode instituir Semana Estadual pela fim da Violência Contra as Mulheres

As prefeituras de outros 43 municípios do Estado, que não possuem agência própria do Detran, também foram contactadas pela Autarquia mas ainda não manifestaram interesse na parceria para ampliação dos serviços.

“O Governo de Mato Grosso, junto com o Detran, pensando em facilitar o acesso da população aos serviços do órgão, está firmando termos de cooperação com as prefeituras para aumentar o número de agências municipais da autarquia em todo Estado. Até o momento, sete municípios já firmaram a parceria e nove estão com o processo em andamento. Infelizmente os demais municípios ainda não manifestaram interesse no termo de cooperação, o que representa um atraso na prestação dos serviços para a população desses municípios”, destacou o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.

Para implantação do posto de atendimento nos municípios, o Termo de Cooperação prevê ao Detran a disponibilização do sistema e capacitação dos servidores das prefeituras que irão trabalhar no local.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

MT

Mato Grosso pode instituir Semana Estadual pela fim da Violência Contra as Mulheres

Publicado


Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Diversas organizações no mundo, como por exemplo as Nações Unidas (ONU) e também outras instituições que atuam em proteção a mulher, realizam a campanha do Laço Branco, esta ação é presente em mais de 55 países.

Diante disso, o deputado estadual Valdir Barranco (PT), apresentou o Projeto de Lei nº 1087/2021, que Institui a Semana Estadual de Mobilização dos Homens pelo fim da Violência Contra as Mulheres, a Campanha Laço Branco, à ser realizada na semana do dia 6 de dezembro, em alusão ao Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo fim da Violência Contra as Mulheres, instituído pela Lei Federal 11.489/2007.

O parlamentar explica que o projeto tem como objetivo promover a mobilização dos homens e toda a sociedade pelo fim da violência contra as mulheres, além de motivar o reconhecimento da existência do machismo, buscar concretizar ações protagonizadas pelos homens no enfrentamento a violência doméstica e familiar, além de fortalecer a aplicação da Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006 – Lei Maria da Penha.

Leia mais:  Governo vai investir R$ 12,5 milhões na manutenção das rodovias da Região Oeste

“Devemos enfrentar e combater frente à frente a violência contra a mulher com mudanças culturais profundas. Exigir, sobretudo, reflexão sistemática sobre os enormes prejuízos decorrentes de séculos de prática patriarcal, que contribuíram para a fragilização do lugar da mulher no mundo como sujeito social”, observou Barranco.

Ele também justificou que a data foi escolhida em razão ao Massacre de Montreal, ocorrido em 6 de dezembro de 1989 na Escola Politécnica de Montreal, em Quebec, no Canadá. Armado com uma espingarda Marc Lépine, de 25 anos, atacou 28 pessoas, matando 14, mulheres antes de cometer suicídio. Antes de atirar conta as mulheres, mandou que os 48 homens saíssem do recinto e deixou uma carta declarando que não aprovava a situação de mulheres cursando Engenharia.

Esse massacre mobilizou a opinião pública mundial, gerando amplo debate e dando origem a “Campanha do Laço Branco”, eleito como símbolo da luta dos homens pelo fim da violência de gênero.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

MT

Onze motoristas são presos por embriaguez ao volante em Várzea Grande

Publicado


Onze motoristas foram presos por embriaguez ao volante, na madrugada deste domingo (05.12), durante a 75ª Operação Lei Seca, realizada na Avenida 31 de Março, no bairro Manga, em Várzea Grande.

Durante a ação, foram realizados 106 testes de alcoolemia. Destes, 21 condutores foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool, sendo autuados pela prática e três se recusaram a fazer o teste.

Os agentes da segurança pública identificaram ainda outros 13 motoristas que não possuíam Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e 29 conduziam veículo sem registro ou não licenciado.

Nesta operação, foram registrados 86 Autos de Infração de Trânsito (AITs). Já outros 13 motoristas assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), na qual 12 não eram habilitados e outro por entregar veículo a pessoa sem possuir CNH.

Ao todo, 106 veículos foram fiscalizados, dentre eles, 48 foram removidos, sendo 39 carros e nove motocicletas e outros 56 autuados. Os agentes recolheram 28 documentos, sendo 21 CNHs e sete Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLVs).

Leia mais:  Fiscais e agentes do Indea são capacitados para combater praga que atinge lavouras em MT

Sobre a operação 

A Operação Lei Seca é uma ação integrada, coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (GGI-Sesp) e nesta edição contou com a participação do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário da Polícia Militar de Mato Grosso, da Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC-MT), do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), do Serviço de Operações Penitenciárias Especializadas (SOE) e da Guarda Municipal de Várzea Grande.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262