Connect with us

MT

Disque-denúncia animal criado por Ulysses Moraes ajuda a combater o maus-tratos em Mato Grosso

Published

on


Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Em2021,o deputado Ulysses Moraes lançou o projeto “Disque-Denúncia Animal” para ajudar a causa animal no Estado de Mato Grosso. O projeto foi criado após demandas de voluntários da causa; dessa forma, a plataforma tem como objetivo combater os maus-tratos aos animais e fazer a faz a interlocução com os órgãos competentes. ,

Dezenas de denúncias foram recebidas pelo disque-denúncia e as fiscalizações pelos órgãos competentes foram feitas graças a interlocução de Moraes. 

Em junho, o deputado fez ainda o resgate e uma cadela no município de Várzea Grande. O parlamentar recebeu vídeos e fotos que mostravam a situação do animal, pelo canal e com ajuda dos policiais fez o socorro e encaminhou até o veterinário para ter o devido tratamento e emissão do laudo. A cadela, chamada de Lessi ficou internada durante cerca de três meses recebendo o devido tratamento veterinário, custeado pelo deputado e então foi após a divulgação do parlamentar foi adotada por uma moradora de Cuiabá. 

“Hoje, a Lessi está super saudável e recebe muito carinho. A Isadora Samira foi quem adotou e ela sempre nos envia foto. Conseguimos dar uma vida melhor para a cadela e fico muito feliz com esse resgate, agradeço ainda aos policiais que estiveram conosco no dia do resgate, a atuação deles foi fundamental”, disse Moraes. 

Já em dezembro, o parlamentar realizou o resgate de três cães em situação de maus-tratos no município de Sorriso. O deputado contou com o apoio do Núcleo Integrado de Fiscalização (NIF) de Sorriso, coordenado pelo Reinaldo Nunes e com a atuação da Polícia Militar de Mato Grosso. 

Leia mais:  Mais de 1.500 pessoas competiram na Corrida do Legislativo (veja os ganhadores)

“Quando recebemos a denúncia e vimos as fotos com a situação dos cachorros, imediatamente fomos realizar esse resgate. Todos eles estavam muito magrinhos, uma verdadeira tristeza. Além disso, encontramos cascos de tartaruga na casa. A NIF faz um trabalho sério na cidade, inclusive com o resgate de animais até silvestres. O apoio deles nesse resgate foi fundamental”, disse Moraes.

Os três cães foram encaminhados para o abrigo municipal, farão exames e passarão por cuidados veterinários. Já o dono dos animais foi conduzido pela para a Polícia Civil de Sorriso e passará pela audiência de custódia. 

Em relação à plataforma, as denúncias de podem ser enviadas pelo número (65) 99967-8310 ou pelo site https://www.ulyssesmoraes.com.br/resgateanimal/. As imagens, fotos e vídeos poderão ser enviados por qualquer pessoa do estado, onde serão analisadas e repassadas aos órgãos competentes. “Trata-se de um canal de recepção de reclamação e denúncias de violência contra animais, interligando diretamente com os órgãos e autoridades competentes, e em caso de necessidade, vamos in loco averiguar a denúncia”, explicou o parlamentar. 

E ajudando ainda mais, Ulysses Moraes fez a destinação de três emendas de R$ 200 mil para que os municípios de Tangará da Serra, Primavera do Leste e Canarana possa adquirir uma unidade móvel adaptada para serviços de castração de animais, o castramóvel. O objetivo é ajudar no trabalho de castração de cães e gatos na cidade. 

Leia mais:  Governo de MT integra delegação brasileira em missão à Estônia e conhece novas tecnologias

“O castramóvel é essencial para ajudar a prolongar a vida do animal, fazer um controle populacional de cães e gatos na região, além de prevenir doenças como tumores. Estamos na luta pela causa animal, ajudando também a facilitar de alguma forma o trabalho dos voluntários de organizações-não governamentais. Já percorremos várias ongs pelo estado entendendo quais são as necessidades e o castramóvel irá ajudar bastante”, ressaltou o deputado.

Maltratar animais é crime – No Brasil, maltratar um animal é crime previsto em lei (9.605/98). A pena para quem for condenado vai de dois a cinco anos de prisão, além do pagamento de multa e inclusão do nome no registro de antecedente criminal. Além de animais silvestres, a lei protege os domésticos e domesticados. Mas se engana quem pensa que maus-tratos estão relacionados somente à violência física. Abandonar um cachorro ou gato também é classificado como maus-tratos pela lei.

“Então, se você tiver alguma denúncia, o canal de atendimento do disque-denúncia animal é via telefone (65) 99967-8310. E mesmo com a existência do número, em casos urgentes, as pessoas podem comunicar também à Polícia Militar pelo 190”, finalizou Ulysses Moraes.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook

MT

Governo de MT não participa de operação em Reserva Roosevelt

Published

on

O Governo de Mato Grosso não participa de operação na cidade de Colniza, na Reserva Roosevelt. A ação é toda desenvolvida pelo Ibama, ICMBio e Forças de Segurança nacional.

A secretária de Meio Ambiente de Mato Grosso (Sema), Mauren Lazzaretti, esclareceu que nenhum órgão estadual faz parte dessa ação.

“Não tem participação do Governo de Mato Grosso, Sema e nem das Forças de Segurança estaduais. É uma operação exclusivamente do Ibama, ICMBio e Força Nacional. Não tivemos participação no planejamento e ciência de qual a forma como está sendo realizada a operação em Colniza”, afirmou a secretária.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Governo de MT não participa de operação em Reserva Roosevelt
Continue Reading

MT

Secel prorroga para dia 31 o prazo de inscrições dos editais da Cultura

Published

on

A Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) prorrogou, para o dia 31 de maio, o prazo de inscrições dos editais Viver Cultura, Estevão de Mendonça de Incentivo à Literatura Mato-Grossense e Rede Pontos de Cultura de Mato Grosso.  Os três reúnem R$ 14 milhões de investimentos do Governo de MT.

Ao todo, as três seleções públicas irão selecionar 379 projetos de diversos segmentos e linguagens artístico-culturais, impulsionando o setor cultural em todo Estado. Além de propiciar o acesso da população a bens culturais, os investimentos amparam os profissionais do setor, que incluem produtores culturais, artistas e escritores, bem como os povos e comunidades que compõem a diversidade cultural mato-grossense.

As inscrições estão sendo feitas online, e todos os arquivos referentes aos editais estão disponíveis no site da Secel.

Edital Viver Cultura

O edital dispõe de R$ 10 milhões para investimento em 266 projetos culturais, classificados nas seguintes categorias: Criação e Desenvolvimento de Experiências Artístico-culturais, Ações Formativas, Práticas e Vivências Culturais, Cultura da Infância e da Pessoa Idosa.

A categoria Criação e Desenvolvimento de Experiências Artístico-culturais envolve projetos de trabalhadores da cultura, que atuam nos segmentos música, teatro, dança, circo, artes visuais e artesanato. As propostas devem focar em promoção de ações, pesquisas, intercâmbios, montagem, exposições ou apresentações artísticas.

Ações Formativas é a categoria que inclui cursos, oficinas, palestras, seminários e conferências. Aqui entram projetos dos setores ligados à infraestrutura de ações artístico-culturais, como iluminação, sonorização, edição, direção de palco, roadies, backstage e produção cultural e executiva, entre outros.

Leia mais:  Governo de MT não participa de operação em Reserva Roosevelt

A categoria Práticas e Vivências Culturais visa reconhecer e difundir a diversidade étnica e cultural em Mato Grosso, selecionando projetos que promovam ações direcionadas a culturas indígenas, ribeirinhas e de matrizes africanas, população LGBTQI+, povos ciganos, imigrantes e práticas urbanas, como hip hop e capoeira.

Cultura da Infância e da Pessoa Idosa tem demanda livre e a categoria é voltada à inclusão e valorização de crianças com até 12 anos ou pessoas acima de 60 anos, em diferentes manifestações, práticas, matizes e tradições.

Por fim, a categoria Circulação, Mostras, Exposições e Festivais é voltada aos projetos que buscam fortalecer, divulgar e descentralizar as práticas culturais em Mato Grosso, por meio de ações de circulação regional, nacional ou internacional.

Edital Estevão de Mendonça de Incentivo à Literatura Mato-Grossense

Com R$ 2 milhões de investimentos para 73 projetos, o Edital Estevão de Mendonça de Incentivo à Literatura Mato-grossense irá selecionar propostas nas categorias Publicação de Obras Literárias, Fomento à Criação e Fomento à Leitura.  

As obras de criação e publicação poderão ser escritas em diferentes expressões literárias, como poesia, prosa, contos, crônicas, romance, novelas, peças teatrais, roteiros audiovisuais e história em quadrinhos, entre outros.

Em relação aos projetos de fomento à leitura, serão selecionadas propostas de categorias contação de histórias e mediação de leitura, formação de mediadores e formação de escritores.

Edital Rede Pontos de Cultura

O edital Rede Pontos de Cultura irá selecionar 40 projetos desenvolvidos por organizações da sociedade civil, reconhecidas por desenvolverem ações socioculturais nas comunidades. Cada projeto selecionado receberá R$ 50 mil, totalizando um investimento de R$ 2 milhões.

Leia mais:  Governo credencia estabelecimentos com valores a receber de empresa que teve contrato rescindido

O Ponto de Cultura funciona como instrumento de articulação de ações e projetos já existentes nas comunidades, desenvolvendo, em rede, ações culturais continuadas nos segmentos e linguagens artístico-culturais relacionadas com as ações estruturantes da política nacional.

Para participar, as organizações precisam comprovar o desenvolvimento de atividade cultural de, no mínimo, dois anos e apresentar Certificação Simplificada de ‘Ponto de Cultura’, concedida pelo Ministério do Turismo. Ou estar em processo de formalização para receber o documento até o final da realização do projeto. Outro requisito é ter o trabalho de ações culturais explícito no estatuto social.

Plantão de dúvidas

Para quem ainda precisa de esclarecimentos sobre as seleções públicas, vale lembrar que estão disponíveis, no Facebook da instituição, o conteúdo de três encontros digitais, nos quais foram respondidas as principais dúvidas do público.

Live Viver CulturaLive Estevão de Mendonça de Incentivo à Literatura e Live Edital Rede Pontos de Cultura

Serviço

Edital Viver Cultura

Edital Estevão de Mendonça de Incentivo à Literatura Mato-Grossense

Edital Rede Pontos de Cultura de Mato Grosso

Prazo para inscrições: até 31 de maio de 2022

Informações Edital Viver Cultura: e-mail: viver.cultura@secel.mt.gov.br e telefones: (65) 3613-0233 / (65) 3613-0245

Informações Edital Estevão de Mendonça de Incentivo à Literatura Mato-grossense: edital.literatura@secel.mt.gov.br e telefone (65) 3613-9240

Informações Edital Rede Pontos de Cultura: pontosdecultura@secel.mt.gov.br e telefones (65) 3613-0233 / 3613-0245

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue Reading

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262