conecte-se conosco


Policial

Disque denúncia é ampliado para nove municípios de Mato Grosso

Publicado

Hérica Teixeira | Sesp-MT

Nove delegacias do Estado receberam o sistema de armazenamento do disque denúncia do 197. Anteriormente, somente Cuiabá e Várzea Grande detinham desta ferramenta. No interior, as denúncias eram armazenadas de forma manual. O incremento foi efetivado na segunda quinzena do mês de março deste ano e vai possibilitar um melhor gerenciamento e checagens das informações recebidas. Qualquer cidadão pode denunciar nos canais de emergências das forças de segurança e a identidade é mantida em sigilo.

Os municípios contemplados são Barra do Garças, Campo Verde, Chapada dos Guimarães, Juína, Tangará da Serra, Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde e Nova Mutum.

Dados da gerência operacional do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) apontam que em Cuiabá e Várzea Grande, no período de janeiro de 2004 a 30 de junho de 2019, os números 197 e 181 receberam mais de 107 mil denúncias.

Já no primeiro semestre de 2019 foram 3.637 denúncias. Dentre os crimes mais denunciados está o tráfico de drogas, com 1.587 chamados, seguido de uso ou porte de droga (214), roubo (152), homicídio (125), furto ou roubo de veículos (113), fugitivo (152), formação de quadrilha (155), dentre outros.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra idoso em Poconé e apreende arma de fogo

A gerente operacional do disque denúncia 197, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), Daise Beckmann Morel Luck, enfatiza que meta é expandir a ferramenta para todas as delegacias do Estado.

“Esse trabalho faz parte da política de ampliação de tecnologia para os municípios. O objetivo da instalação deste software é diminuir o tempo resposta das ações criminosas e auxiliar nas operações policias em Mato Grosso”, ressalta.

Além do disque denúncia 197, o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) é responsável pelo recebimento das chamadas de emergência da Polícia Militar (190), Corpo de Bombeiros (193), chamadas de trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana (118), Defesa Civil (199), Guarda Municipal (153) e denúncias de violência contra a mulher (180). A central também coordena o envio de pessoal e viaturas ao atendimento das ocorrências e o videomonitoramento.  

Fonte: PJC MT

Policial

Polícia Civil de Nova Mutum cumpre mandados contra autores de estupro de vulnerável

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Uma operação com objetivo de intensificar o combate a crimes de violência sexual contra crianças e adolescentes foi deflagrada pela Polícia Civil, na quarta-feira (17.07) em Nova Mutum (264 km ao Norte). A operação visa o cumprimento de vários mandados de prisão preventiva, expedidos contra investigados e condenados por crimes de estupro de vulnerável.

No primeiro dia de ação, duas ordens judiciais decretadas pela Comarca de Nova Mutum foram cumpridas resultando na prisão dos suspeitos, identificados em investigações da Polícia Civil. Outros mandados ainda serão cumpridos ao longo da operação.

Um dos procurados, C.A.M. de 40 anos, conhecido como “Maranhão”, foi localizado pelos policiais civis em uma propriedade agrícola nas proximidades da Comunidade São Manoel, zona rural do município. O segundo preso, E.J.B., de 56 anos, foi abordado pelos investigadores, na cidade de Lucas do Rio Verde, onde teve o mandado cumprido.

Os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Nova Mutum e ouvidos pelo delegado Rodrigo Costa Rufato a cerca dos fatos. Após interrogatório, a dupla foi colocada à disposição do Poder Judiciário.

Leia mais:  Operação integrada Agenda Nacional cumpre 70 mandados em Barra do Garças e região

As diligências continuam nesta quinta-feira (18.07) para cumprimento de outros mandados de prisão de natureza de estupro de vulnerável.

 

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Policial

Operação conjunta contra o tráfico prende sete traficantes na capital

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Sete traficantes foram presos nesta quinta-feira (18), em operação conjunta da Polícia Civil com a Polícia Militar, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), com o 1º Batalhão de Polícia Militar, 3º Batalhão, 24º Batalhão e a Força Tática.

Logo cedo, os policiais distribuídos em equipes nos bairros Pedra 90, Fortaleza, Lixeira, Praeirinho, Residencial Coxipó, Santa Terezinha, Jardim Paraiso e Maria de Lurdes, cumpriram 10 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Vara de Delitos de Tóxicos de Cuiabá, após averiguações de denúncias do comércio de drogas, nas chamadas bocas de fumos, instaladas nesses bairros.

O objetivo da operação foi o combate ao tráfico de drogas e aos crimes conexos de roubos, furtos e homicídios. Nos locais, foram apreendidos porções de drogas, dinheiro, caixas de cigarros e arma de fogo do tipo espingarda.  

O delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira destacou a integração das polícias no fortalecimento do combate ao tráfico de drogas na região metropolitana.

“Fizemos um levantamento e nesta manhã cumprimos em conjunto com a PM dez mandados de busca e apreensão. Agora o objetivo é dar continuidade nas investigações para que possamos identificar outros envolvidos nessa associação criminosa.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra idoso em Poconé e apreende arma de fogo

O tenente-coronel da Polícia Militar Avelino Neto também comentou o trabalho integrado realizado nesta manhã. “Essa é uma operação muito importante que destaca a integração entre as forças policiais no enfrentamento à criminalidade. Essas ações, além de serem repressivas, têm um impacto muito grande na questão da prevenção, porque demonstra que as forças policiais estão trabalhando em prol da criminalidade. A Polícia Militar e a Polícia Civil estão caminhando juntas para redução da criminalidade na Grande Cuiabá e em todo o Estado de Mato Grosso”, afirmou.

 

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana