conecte-se conosco


Brasil

Governo vai manter o Bolsa Família, diz Bolsonaro

Publicado

“Até 2022, no meu governo, está proibido falar a palavra Renda Brasil”

O presidente Jair Bolsonaro declarou hoje (15) que o governo não vai suspender reajustes das aposentadorias e do Benefício de Prestação Continuada (BPC) – auxílio pago a idosos e pessoas com deficiência de baixa renda. O presidente descartou também a criação do programa Renda Brasil até 2022 – iniciativa que estava em estudo para expandir o alcance e suceder o Bolsa Família, que é pago a famílias que estão em situação de pobreza extrema e miséria.

Por Andreia Verdélio –Em vídeo publicado nas redes sociais, Bolsonaro citou notícias que dizem que a intenção do governo é congelar as aposentadorias para garantir recursos para o Renda Brasil. “Eu já disse que jamais vou tirar dinheiro dos pobres para dar para os paupérrimos. Quem por ventura vier a propor para mim uma medida como essa, eu só posso dar um cartão vermelho para essa pessoa. É gente que não tem um mínimo de coração, não tem o mínimo de entendimento como vivem os aposentados do Brasil”, disse.

Leia mais:  TST determina fim da greve nos Correios

De acordo com o Bolsonaro, “pode ser que alguém da equipe econômica tenha falado sobre este assunto”, mas que seu governo “jamais” vai congelar salários de aposentados ou reduzir o BPC “para qualquer coisa que seja”. “Até 2022, no meu governo, está proibido falar a palavra Renda Brasil, vamos continuar com o Bolsa Família e ponto final”, destacou.

Em junho, o ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou a intenção do governo em criar o Renda Brasil após a pandemia do novo coronavírus, com a unificação de vários programas sociais. Desde então, a equipe econômica e o Palácio do Planalto têm discutido a fonte de recursos para financiar o novo programa social.

Na semana passada, Bolsonaro descartou o fim do seguro-defeso como forma de garantir o programa de renda permanente. Em agosto, ele também já havia anunciado que a criação do Renda Brasil estava suspensa porque não aceitaria eliminar, em troca, o abono salarial, espécie de 14º salário pago aos trabalhadores com carteira assinada que recebem até dois salários mínimos.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Leia mais:  Bolsonaro recebe alta após cirurgia para retirada de cálculo na bexiga

Comentários Facebook

Brasil

Bolsonaro recebe alta após cirurgia para retirada de cálculo na bexiga

Publicado

por

O presidente desembarcou em Brasília ainda ontem

Depois de passar por cirurgia para retirada de cálculo na bexiga, o Presidente da República Jair Bolsonaro recebeu alta do Hospital Israelita Albert Einstein no início da tarde de ontem (26). Segundo boletim divulgado pelo hospital, Bolsonaro recebeu alta hospitalar às 13h30. De acordo com a Secretaria Especial de Comunicação Social do Ministério das Comunicações, Bolsonaro desembarca em Brasília ainda neste sábado.

 Por Luciano Nascimento – “O Presidente da República Jair Bolsonaro, internado desde a manhã desta sexta-feira (25), no Hospital Israelita Albert Einstein, recebeu alta hospitalar nesta tarde às 13h30”, disse o boletim assinado pelos médicos Leandro Santini Echenique, cardiologista, Leonardo Lima Borges, urologista, e Miguel Cendoroglo, Diretor-Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein.

Bolsonaro estava internado desde a manhã desta sexta-feira (25) no hospital, onde se submeteu a uma cirurgia para retirada de cálculo na bexiga. Boletim médico divulgado hoje pela manhã informou que foi retirada a sonda para que ele urine normalmente.

“O Excelentíssimo Presidente da República Jair Bolsonaro segue com ótima evolução clínica e sem complicações cirúrgicas. Não apresenta sangramentos e está afebril. Foi retirada a sonda vesical para que ele urine espontaneamente. O paciente está recebendo hidratação oral e caminhando fora do quarto”, disse o boletim.

Leia mais:  Bolsonaro diz que país está em fase final de “grande provação”

Dia do Surdo

Logo depois da alta hospitalar, o presidente fez homenagem pelo Dia do Surdo em rede social.

Edição: Aline Leal

Comentários Facebook
Continue lendo

Brasil

Bolsonaro apresenta ótima evolução clínica, diz equipe médica

Publicado

por

Presidente fez cirurgia para retirada de cálculo na bexiga

O presidente Jair Bolsonaro “apresenta ótima evolução clínica” após passar por cirurgia para retirada de cálculo na bexiga, hoje (25) pela manhã, no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo (SP). O boletim médico foi atualizado nesta tarde.   

Por Pedro Rafael Vilela –  De acordo com a equipe médica, ele segue sem febre, utilizando sonda vesical e sem sangramentos. O presidente também já iniciou dieta por via oral e caminhou pelo quarto. O boletim é assinado pelo cardiologista Leandro Santini Echenique, pelo urologista Leonardo Lima Borges e pelo diretor-superintendente do hospital Miguel Cendoroglo.

Bolsonaro foi diagnosticado com cálculo na bexiga no fim de agosto, após ser submetido a ultrassonografia no departamento médico do Palácio do Planalto.

Edição: Liliane Farias

Comentários Facebook
Leia mais:  Bolsonaro diz que país está em fase final de “grande provação”
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262