Connect with us

GERAL

Hoje é Dia: Tom Jobim e Bossa Nova são destaques

Published

on


Nesta semana, do dia 23 ao dia 29 de janeiro, o Hoje é Dia relembra um dos maiores nomes da música popular brasileira: Antônio Carlos Jobim, o Tom Jobim. Além do maestro, o pintor norte-americano Jackson Pollock, o Dia Nacional da Bossa Nova e o Dia da Visibilidade Trans também são destaques.

Nascimento de Tom Jobim

Neste dia 25 de janeiro, o maestro Antônio Carlos Jobim, mais conhecido por Tom Jobim, faria 95 anos. Sendo um dos expoentes da bossa nova, Tom marcou a música brasileira com elementos do jazz e composições que até hoje são lembradas por muitos no mundo. Entre elas estão Águas de Março, Só Tinha de Ser com Você, ambas com a saudosa Elis Regina, e a eterna Garota de Ipanema, regravada inclusive pelo norte-americano Frank Sinatra, que o considerava um gênio.

Vítima de uma parada cardíaca, Tom Jobim faleceu aos 67 anos de idade, em 1994. Confira abaixo o primeiro de três episódios do programa De Lá Pra Cá, da TV Brasil, dedicado à vida e à obra desse gênio da música brasileira.

Dia Nacional da Bossa Nova

Também no dia 25 de janeiro é comemorado o Dia da Bossa Nova. O gênero musical é derivado do samba e surgiu na década de 1950 a partir das demandas de uma geração de jovens que estava em busca de uma música mais de acordo com o que eles viviam no Rio de Janeiro daquela época. Idealizada por Antônio Carlos Jobim, Vinícius de Moraes e João Gilberto no ritmo, a bossa nova trouxe uma simplificação do samba carioca, com elementos do jazz norte-americano e composições com letras mais leves quando comparadas às do samba.

A música que marcou o começo da bossa nova é de autoria de Tom Jobim e Vinícius de Moraes e é conduzida pela belíssima voz de Elizabeth Cardoso, além de contar com João Gilberto no violão. Chega de Saudade, de 1958, foi regravada posteriormente na voz de João Gilberto, ganhando mais notoriedade. Na década de 1960, a bossa nova conquistou o Brasil e o mundo.

Confira abaixo o documentário feito pela TV Brasil na ocasião dos 60 anos da bossa nova.

Nascimento de Jackson Pollock

No dia 28 de janeiro é comemorado o aniversário de vida do pintor estadunidense Jackson Pollock. Ele é considerado um dos pintores mais influentes do século 20 com o seu estilo artístico um tanto quanto diferente dos padrões da época. Nesse contexto, as pinturas do norte-americano dependiam muito do seu movimento corporal, criando figuras dinâmicas e distintas. Ele é considerado um dos precursores do action painting, tipo de pintura derivada do surrealismo. Pollock faleceu aos 44 anos, em 1956, vítima de um acidente automobilístico enquanto dirigia alcoolizado.

Leia mais:  Cinemateca Brasileira reabre ao público na próxima sexta-feira

Dia Nacional do Combate ao Trabalho Escravo

Já em 28 de janeiro é lembrado o Dia Nacional do Combate ao Trabalho Escravo. A data faz memória a três auditores fiscais do trabalho que foram assassinados em uma fazenda de Unaí (MG) enquanto investigavam denúncias de trabalho escravo. Só em 2020, quase mil pessoas foram resgatadas de trabalho análogo à escravidão. Dessa forma, essa data vem lembrar e alertar que milhares de pessoas, de acordo com o Ministério Público, ainda são forçadas a fazer esse tipo de trabalho e que isso ainda é uma realidade no Brasil.

Dia da Previdência Social

O 24 de janeiro é o Dia da Previdência Social. Esta data foi instituída em homenagem à Lei Eloy Chaves, que foi aprovada em 24 de janeiro de 1923. A lei fundou a base do sistema previdenciário brasileiro a partir da criação da Caixa de Aposentadorias e Pensões para os empregados das empresas ferroviárias. Hoje, a cobertura previdenciária no Brasil é bastante elevada.

Confira abaixo a reportagem do Agro Nacional, programa da TV Brasil, sobre como o trabalhador rural pode usufruir de benefícios da Previdência Social.

Dia da Visibilidade Trans

No dia 29 de janeiro, é o Dia da Visibilidade Trans. A data foi instituída em 2004 por conta da campanha “Travesti e Respeito”. Esta iniciativa é um marco na luta pelo reconhecimento desta classe no Brasil. O Dia da Visibilidade Trans também foi criado para recordar a importância de criar oportunidades para a população trans e travesti. Recentemente o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) garantiu que o nome social poderá ser utilizado no título de eleitor nas próximas eleições, assim como é feito desde 2018.

*Com supervisão de Alessandra Esteves

Confira na tabela do Hoje é Dia outros fatos e datas que marcaram a semana

23 a 29 de Janeiro de 2022
24

Dia da Previdência Social – a data é uma homenagem à publicação da Lei Eloy Chaves, em 24 de janeiro de 1923, que instituía a base do sistema previdenciário brasileiro, por meio da criação da Caixa de Aposentadorias e Pensões para os empregados das empresas ferroviárias

Leia mais:  Mega-Sena acumula e próximo prêmio deve pagar R$ 45 milhões
25

Nascimento do advogado, professor, político e ex-presidente do Brasil, sul-mato-grossense Jânio Quadros (105 anos)

Nascimento do cantor fluminense Antônio Carlos Jobim, o Tom Jobim (95 anos)

Morte do gangster estadunidense Al Capone, Alphonse Gabriel Capone (75 anos)

Nascimento do jogador português Eusébio (80 anos) – considerado um dos melhores futebolistas de todos os tempos pela Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFHHS), especialistas e fãs. Recebeu a alcunha de “Pantera Negra”

Nascimento do ex-jogador de futebol mineiro Eduardo Gonçalves de Andrade, o Tostão (75 anos)

Dia do Carteiro – a data resgata a memória da criação em 25 de janeiro de 1663 do Correio-Mor no Brasil, cujo primeiro titular foi Luiz Gomes da Matta Neto, que já era o Correio-Mor do Reino, em Portugal

Dia da Bossa Nova

26

Morte do radialista fluminense Renato Murce (35 anos) – foi produtor da Rádio Nacional

27

Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto

Dia Internacional do Conservador Restaurador

28

Morte do político cearense José Linhares (65 anos) – foi presidente do Brasil durante três meses e cinco dias

Nascimento do pintor estadunidense Jackson Pollock (110 anos) – foi referência no movimento do expressionismo abstrato. Ele se tornou conhecido por seu estilo único de pintura por gotejamento

Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo – a data relembra a chacina cometida em Unaí – MG da equipe de auditores que estava indo investigar uma denúncia de trabalho escravo numa fazenda local

Dia Internacional da Privacidade de Dados

Dia Mundial dos Corais da Amazônia

Fundação no Recife do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano (160 anos)

29

Dia da Visibilidade Trans

Criação da Região Administrativa da Fercal – RA XXXI – por meio da Lei nº 4.745, de 2012 (10 anos)

Edição: Alessandra Esteves

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook

GERAL

Governo quer avançar em discussão sobre mercado de crédito de carbono

Published

on

O ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, disse nesta terça-feira (17) que o governo federal se prepara para dar mais um passo nas discussões relativas ao mercado de crédito de carbono. “Primeiro, criamos o mercado global. Agora, vamos criar o mercado regulado nacional, pra poder exportar créditos que tenham alta qualidade ambiental e que sejam importantes para gerar receitas a projetos de redução de emissões”.

Em entrevista ao programa A Voz do Brasil, Leite destacou que o país recebe o Congresso Mercado Global de Carbono, que acontece a partir de amanhã (18) no Rio de Janeiro. Segundo ele, o evento deve reunir 80 CEOs, mais de 100 casos empreendedores e cerca de 30 embaixadores nos próximos três dias. Durante o período, a pasta optou por transferir o gabinete para a capital fluminense.

“Não é só carbono. A gente vai falar de vários temas. Serão 24 painéis onde vamos poder debater com o setor privado um futuro verde pro Brasil, crescimento verde, geração de emprego e renda verde pro Brasil”, explicou.

Leia mais:  Brasil discutirá maneiras de implementar mercado de crédito de carbono

Vantagens

Para o ministro, dentre as vantagens que podem levar o Brasil a ser um grande exportador de crédito de carbono estão suas características naturais e econômicas, que permitem, gerar créditos de diversas formas. “Você pode gerar crédito baseado em resíduos sólidos, aves, suínos, açúcar e álcool, aterros sanitários. Você pode tratar esse lixo orgânico e gerar crédito, pode gerar crédito de proteção florestal, de recuperação e conservação florestal”.

Além disso, segundo Leite, o Brasil possui um custo para geração desse tipo de crédito muito abaixo que o praticado em outros países. “Por isso, o Brasil, com certeza, irá se beneficiar desse mercado global e, agora, estamos desenhando o mercado regulador nacional, para ser um país exportador de crédito e para trazer receita extraordinária para projetos de baixa emissão de gases de efeito estufa.

Desafios

Na avaliação do ministro, o grande desafio para que os setores apoiem essa mudança rumo à uma economia voltada para a sustentabilidade envolve a viabilidade econômica. “Quando você fala de energias renováveis, algumas ainda não são tão acessíveis”, destacou.

Leia mais:  Cinemateca Brasileira reabre ao público na próxima sexta-feira

Para ele, o primeiro setor que deve se beneficiar do mercado regulado de carbono é o de floresta preservada, que envolve a conservação e a recuperação de vegetação nativa. Por características naturais. Isso porque o Brasil possui 560 milhões de hectares de florestas, sendo 280 milhões de áreas públicas e 280 milhões de áreas privadas.

“Outro setor importante é o tratamento de resíduos, onde você tem possibilidade de uma criação de projetos de redução de emissão baseados em resíduos orgânicos, especialmente da agricultura. Aí, você teria o que estão chamando de pré-sal caipira ou pré-sal verde, onde você pode gerar o seu próprio combustível.”

Assista na íntegra:

Edição: Paula Laboissière

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Continue Reading

GERAL

Brasil discutirá maneiras de implementar mercado de crédito de carbono

Published

on

O ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, fala hoje (17) sobre os desafios e estratégias de implementação do mercado de crédito de carbono no Brasil. Leite é o entrevistado do programa A Voz do Brasil, e também fala sobre sustentabilidade, economia verde e os programas Recicla+ e Floresta+.

Assista ao vivo:

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Leia mais:  Inscrições para o Enem 2022 começam amanhã, terça-feira,10
Continue Reading

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262