conecte-se conosco


Várzea Grande

Lucimar e Kalil anunciam salário de novembro e diferença para professores

Publicado

Prefeita confirmou datas do calendário salarial e a circulação de mais de R$ 105 milhões neste final de ano

Os servidores públicos municipais de Várzea Grande recebem nesta sexta-feira, 27, os salários referentes ao mês trabalhado de novembro enquanto os professores da Educação Pública Municipal recebem amanhã, 25, a diferença da correção do piso federal. No total serão investidos cerca de R$ 37,5 milhões aproximadamente, entre salários e o retroativo nos salários dos professores da segunda maior cidade de Mato Grosso entre março até novembro.

Da Secom/VG – O anúncio foi feito pela prefeita Lucimar Sacre de Campos que estava acompanhada pelo prefeito eleito, Kalil Baracat e pela futura primeira-dama, a promotora de Justiça, Januária Dorilêo, que visitaram as instituições públicas municipais da Secretaria de Promoção Social e as políticas sociais de inclusão das pessoas consideradas em vulnerabilidade social ou que estão sendo profissionalizadas.

As três folhas de pagamento que ainda restam ser quitadas em Várzea Grande somam juntamente com a diferença salarial dos professores algo em torno de R$ 105 milhões que vão circular neste final de ano na economia da cidade.

Lucimar Sacre de Campos reafirmou o compromisso com os servidores públicos municipais e garantiu o pagamento das três folhas que ainda restam neste ano de 2020, referentes aos salários de novembro e dezembro e do 13 salário para todo o funcionalismo, além de ajudar o comércio e a indústria para se planejarem neste final de ano e preverem uma atuação calcada em possível incremento de vendas.

Leia mais:  Várzea Grande: Alvará com descontos de 20% e 10% e parcelado em até três vezes sem juros

“Lembro que no início do ano, como sempre, remetemos à apreciação dos vereadores a correção do piso nacional dos professores, e entre desentendimentos quanto ao alcance da proposta, somente em outubro foi aprovada a proposta e agora estamos pagando o retroativo de março até novembro e inserindo o valor corrigido nos salários que ainda restam serem pagos neste ano”, disse Lucimar Sacre de Campos.

Ela frisou que mesmo com queda temporária na arrecadação de impostos por causa da pandemia ao longo deste ano, a receita voltou a se recuperar e não atrapalhou o cumprimento do Calendário Salarial que está sendo cumprido rigorosamente e em alguns meses até mesmo antecipado, em uma clara demonstração do nosso compromisso com o funcionalismo público municipal.

A prefeita disse também que as obras e ações municipais serão mantidas até que o novo prefeito e seu staff assumam a gestão e adotem as medidas que considerarem necessárias, “É claro e óbvio que existem medidas a serem tomadas, pois a administração pública é dinâmica e exige uma série de inovações a cada momento, a cada dificuldade a ser vencida, mas a futura gestão sob o comando de Kalil Baracat e José Hazama terá plenas condições de fazer o enfrentamento dos problemas e buscar as soluções necessárias para vencer os obstáculos”, ponderou Lucimar Campos.

Leia mais:  Kalil Baracat assina protocolo para aquisição da Coronavac

Já para o prefeito eleito, Kalil Baracat é um privilégio assumir uma administração municipal, através da vontade popular e das mãos de uma gestora pública que transformou todos os conceitos de administração pública. “Lucimar Sacre de Campos está sendo uma prefeita além do seu tempo e todos os esforços empreendidos irão permitir que nossa gestão a partir de 2021 possa avançar, melhorar ainda mais a qualidade de vida da população e continuar transformando Várzea Grande, colocando a mesma como cidade acolhedora e terra de oportunidades. Várzea Grande será daqui para melhor graças ao empenho, dedicação, transparência e eficiência da prefeita Lucimar Sacre de Campos que juntamente com o senador Jayme Campos vai continuar nos ajudando e aperfeiçoando todas as políticas públicas”, disse o prefeito eleito, Kalil Baracat.

 

 

Comentários Facebook

Várzea Grande

Sociedade civil organizada é convidada a participar do Conselho da Cidade

Publicado


Legenda:

Entidades representantes da sociedade civil organizada com atuação no município de Várzea Grande podem se inscrever para integrar o Conselho da Cidade, o Concidade, e assim contribuir com o desenvolvimento urbano e social do município. O edital de convocação para o preenchimento de 13 vagas da categoria foi publicado nesta quinta-feira, 21 de janeiro, no Diário Oficial dos Municípios. 

A inscrição deve ser realizada na Secretaria Municipal de Planejamento, em horário comercial das 8h às 12h e das 14h às 18h entre os dias 21 e 29 de janeiro. A audiência pública que escolherá os representantes será realizada no dia 09 de fevereiro, às 8h, no ginásio “Complexo Esportivo Júlio Domingos de Campos – Fiotão”. 

Estão convocadas a participar do processo de escolha entidades oriundas dos segmentos: classe trabalhadora, movimentos sociais, classe empresarial, classe de profissionais acadêmicos, de pesquisa e de conselhos de classe, além de Organizações Não Governamentais (ONGs).  

De acordo com o edital é impreterível que as entidades tenham atuação fim na área de desenvolvimento urbano e social. Das 13 entidades representativas da sociedade civil organizada 05 membros devem ser oriundos dos movimentos sociais; 02 da classe trabalhadora; 02 da classe empresarial, 03 das classes de profissionais acadêmicos, de pesquisa e de conselhos de classe; e, um das organizações não governamentais.  

Leia mais:  Kalil baixa decreto, restringe aglomerações e endurece na fiscalização

O secretário de Planejamento e presidente do Conselho, João Carlos Cardoso, informou que cada entidade poderá se inscrever para um único segmento representativo da sociedade civil organizada. 

“No ato da inscrição é necessário apresentar o requerimento de inscrição da entidade, o estatuto da entidade alem de: ato constitutivo, inscrição no cadastro nacional de pessoa jurídica, ata de eleição vigente, posse de diretoria, documentos pessoais dos membros da diretoria, além do nome do conselheiro titular e suplente que serão representantes da entidade junto ao Concidade”, enfatizou lembrando que todos os detalhes do processo está disponível na Resolução 01/2012/Concidade, publicada nesta quinta-feira. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Várzea Grande

Capacitação será ofertada a produtores rurais de Várzea Grande

Publicado


Legenda:

Pequenos produtores rurais de Várzea Grande terão a oportunidade de ampliar sua produção e competir no mercado comercial, a partir da capacitação e profissionalização. A Prefeitura de Várzea Grande, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável, firmou parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). De janeiro a junho deste ano, ao menos 300 produtores rurais do município serão contemplados com 17 cursos de capacitação.   

“O Senar-MT atua muito fortemente junto à agricultura familiar e a parceria com a Prefeitura vai proporcionar uma melhor qualificação dos produtores rurais da nossa cidade”, afirmou o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável, Célio Santos.

Segundo o gestor, a parceria vai beneficiar diretamente os produtores através de oficinas com conhecimentos e estratégias para a maximização produtiva e minimização de seus custos, melhoria da gestão empresarial, aumentando seu faturamento e o número de mercados acessados através de capacitações empresariais.

“Várzea Grande já possui produções importantes vindas da agricultura familiar que tem papel fundamental para o abastecimento e movimentação da economia local como é caso da região do Limpo Grande que produz maxixe, pimentão, folhas e uma cooperativa que produz derivados de leite como mussarela, queijo, iogurte e compra boa parte da produção de leite dos pequenos produtores da baixada cuiabana. Nesse contexto, essa parceria com o Senar-MT, será muito importante para a agricultura familiar e vem somar, pois temos essa carência de capacitação, treinamento e acompanhamento dos nossos agricultores. Queremos proporcionar o crescimento da agricultura na cidade”, disse o secretário Célio Santos.  

Leia mais:  Várzea Grande: Alvará com descontos de 20% e 10% e parcelado em até três vezes sem juros

O primeiro curso será de produção caseira de conservas vegetais e hortaliças no período de 25 a 27 de janeiro, e o segundo será de produção de derivados do leite – requeijões, doces, iogurte e manteiga, de 25 a 29 de janeiro. Em fevereiro os cursos serão de relacionamento interpessoal, de 01 a 03; manutenção de tratores agrícolas, de 08 a 12; e jardinagem de 22 a 26. Em março serão oferecidos os cursos de inclusão digital rural (intermediário), de 01 a 05; olericultura básica, de 01 a 05; primeiros socorros, de 15 a 17; e, atendimento ao cliente de 22 a 24.

O calendário ainda prevê os cursos de “Negócio Certo Rural”, de 05/04 a 26/05; confecção de artesanato em ponto cruz, de 12 a 14/04; vacinação contra brucelose, de 19 a 20/04; artesanato com fibras sintéticas de 19 a 21/05; Mutirão Rural dia 19/05; produção de tomate, pimentão, pimenta, berinjela e jiló, de 24 a 28/05; avicultura básica (sistema caipira) de 14 a 18/06 e o Cine Senar, dia 19/06.

Conforme explica o coordenador de Desenvolvimento Rural Sustentável da pasta, Everton Jupirani Navarro, os cursos serão ministrados nas comunidades próximo dos produtores com toda estrutura necessária. “O Senar-MT irá disponibilizar toda estrutura para as capacitações como material didático, uniformes, e insumos, além dos professores, o município também contribui com o aprendizado e acompanhamento da implantação das técnicas aprendidas e a solução de dúvidas na prática. Também continuamos fazendo levantamento das necessidades desses produtores para novos cursos que serão disponibilizados durante o ano. E, todo amparo que esses pequenos produtores necessitarem antes, durante e depois dos cursos estaremos à disposição para atendê-los com acompanhamento permanente”, detalhou.   

Leia mais:  Kalil Baracat assina protocolo para aquisição da Coronavac

Para o prefeito Kalil Baracat, a parceria com o Senar-MT é importante para melhorar a renda do produtor rural. “Nosso produtor melhor qualificado poderá expandir seus negócios, gerar empregos e ampliar a renda. O propósito do programa é capacitá-los para que possam atuar no mercado de maneira competitiva, além de incentivar o desenvolvimento sustentável e econômico de nosso município”, avalia o chefe do Executivo Municipal.

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262