conecte-se conosco


GERAL

Ministério da Saúde amplia atendimento a doenças cardíacas

Publicado


O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assinou, na manhã desta terça-feira (7), em evento no Hospital no InCor, na capital paulista, portaria que amplia a Linha de Cuidado do Infarto Agudo do Miocárdio.

De acordo com o ministro, o controle epidemiológico da pandemia de covid-19 fez com que as doenças cardiológicas voltassem à liderança entre as principais causas de morte entre os brasileiros. Segundo ele, o novo coronavírus impactou, ainda, no aumento desse tipo de enfermidade.

Com a assinatura da portaria, a linha de cuidado de atenção para doenças do coração contempla inovações que já existem, como o tratamento pré hospitalar. “Já existia, mas não funcionava de maneira adequada. Vamos ampliar em três vezes o investimento em trombolitíco [medicamento para dissolver coágulos]”, esclareceu o ministro.

Além disso, a rapidez no atendimento aos pacientes será priorizada. “Ainda tem pacientes que chegam aos hospitais tardiamente, mesmo que o hospital tenha logística [para atendimento]”, disse. Serão criados novos leitos coronarianos e uma parceria com as universidades públicas vai permitir que especialistas auxiliem, por telecardiologia, os médicos em atendimento.

Leia mais:  Governador do Rio detalha ações do programa Cidade Integrada

Outra correção feita pelo ministério foi realinhamento de preços dos materiais usados. “É um dever do ministro corrigir essas distorções e realocar os recursos de maneira apropriada”, disse Queiroga.

O presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Celso Amodeo, avaliou que a portaria “é um marco dentro do atendimento”, disse ele. “O projeto vem para uniformizar o atendimento básico”, acrescentou. O médico explicou que quanto mais precoce a intervenção médica na doença, menor a chance de óbito.

Para o presidente do conselho diretor do InCor, Roberto Kalil Filho, a pandemia foi uma tragédia com milhares de vítimas, mas o infarto também é alta causa de mortes há décadas. “Um programa como este salvará milhares de vidas”, disse.

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook

GERAL

Masp inaugura iluminação noturna no aniversário de São Paulo

Publicado


O Museu de Arte de São Paulo (Masp) irá inaugurar no próximo dia 25, aniversário de 468 anos da capital paulista, a nova iluminação externa do edifício, um dos símbolos da cidade de São Paulo. O novo sistema de iluminação vai destacar a estrutura arquitetônica do prédio por meio da instalação de luminárias de alta eficiência energética. O vão-livre também terá um aumento na iluminação.

“Pela primeira vez o prédio do Masp, tão integrado à vida da cidade, vai poder ser apreciado em toda a sua imponência e com seus traços únicos também durante a noite”, destaca o diretor-presidente do Masp, Heitor Martins. A partir do acionamento do novo sistema, o prédio ficará iluminado de domingo a domingo no período noturno.

No dia da inauguração, o acesso ao museu será gratuito, com horário de funcionamento estendido das 10h às 21h. No fim da tarde, a partir das 18h, as persianas da galeria do 2º segundo andar do museu, que normalmente permanecem fechadas para preservação das obras, serão abertas. Dessa forma, quem estiver no interior do prédio poderá apreciar a vista do entardecer, e quem passar pela avenida Paulista poderá ver as obras expostas nos cavaletes de vidro projetados por Lina Bo Bardi, uma das marcas características do Masp.

Leia mais:  Entre microscópios e telescópios, brasileira descobre 25 asteroides

Os ingressos gratuitos, para o dia 25, têm de ser reservados pelo site https://masp.org.br/ingressos.

Fachada do Museu de arte de São Paulo Assis Chateaubriand - Masp, na Avenida Paulista. Fachada do Museu de arte de São Paulo Assis Chateaubriand - Masp, na Avenida Paulista.

Fachada do Museu de arte de São Paulo Assis Chateaubriand – Masp, na Avenida Paulista, durante o dia. – Rovena Rosa/Agência Brasil

Edição: Bruna Saniele

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Continue lendo

GERAL

Mutirão retira mais de 100 quilos de lixo da orla do Rio de Janeiro

Publicado


Um mutirão de limpeza nas praias do Leme, Copacabana, Ipanema e Leblon, na zona sul do Rio recolheu 106 quilos lixo, uma média de 15kg por ponto de apoio espalhados na orla. A ação, que começou às 10h deste sábado, além de manter as praias limpas para o verão, serve para educar e conscientizar frequentadores e turistas sobre o descarte correto dos resíduos. De acordo com a concessionária Orla Rio, que organizou a iniciativa, os objetos mais inusitados coletados serão expostos na Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema.

A limpeza de hoje faz parte do projeto de sustentabilidade e reciclagem de resíduos, o Recicla Orla. O presidente da Orla Rio, João Marcello Barreto, disse que o trabalho de conscientização é muito importante e o descarte correto do lixo já vem sendo feito. “Há dois anos, a Orla Rio criou o projeto Recicla Orla, que já conta com 56 pontos de entrega voluntárias espalhados pela orla. Temos o dever de cuidar das nossas praias, especialmente no verão, quando elas se tornam o principal point dos cariocas e turistas que visitam a cidade”, contou.

Leia mais:  Código de Trânsito Brasileiro completa 24 anos hoje

O público foi convidado a participar e teve a oportunidade de saber mais sobre a importância do descarte correto de resíduos e como isso contribui para o ecossistema. A ação teve apoio da Secretaria Municipal de Esportes, e participação de escolinhas esportivas.

“Conscientizar a população sobre o descarte correto de resíduos será sempre o melhor caminho. Nosso meio ambiente precisa de todo o cuidado possível para que a nossa e as próximas gerações vivam em um ambiente sustentável”, destacou o secretário municipal de esportes, Guilherme Schleder.

A Orla Rio é responsável por administrar e revitalizar os 309 quiosques e 27 postos de salvamento da orla marítima da cidade. Em 2019, a concessionária passou a realizar programas de Environmental, Social and Corporate Governance (ESG). Um deles é o Recicla Orla, que é um projeto de sustentabilidade de coleta e reciclagem de resíduos sólidos, criado em parceria com a Polen, startup de sustentabilidade. Desde o início do projeto já foram reciclados mais de 609 toneladas de materiais como plásticos, papéis, vidros e metais.

Edição: Claudia Felczak

Fonte: EBC Geral

Leia mais:  Mega-Sena deve pagar R$ 22 milhões neste sábado

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262