conecte-se conosco


MT

MT Gás ofertará gás natural para indústrias da Baixada Cuiabana

Publicado


A Companhia Mato-Grossense de Gás (MT Gás) apresentou aos municípios da Baixada Cuiabana a oportunidade de abastecimento de Gás Natural Comprimido (GNC), de acordo como a demanda, para as indústrias interessadas. Representantes dos municípios de Nobres, Rondonópolis, Primavera, e Cáceres conheceram as vantagens do uso do gás natural nesta quinta-feira (13.02), na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), em Cuiabá.

As cidades de Juscimeira, Jaciara, Campo Verde, Chapada dos Guimarães, Rosário, Jangada, Santo Antônio do Leverger e Poconé também possuem alta viabilidade para empreendimentos aderirem ao uso do gás natural. Na prática, o combustível apresenta uma rentabilidade até 50% maior.

“O gás natural é hoje o combustível mais econômico, e com menor custo de manutenção para indústrias. Estamos prontos para ir até as cidades, nos reunirmos para apresentar para os empresários da região o potencial do gás natural”, afirma o presidente da MT Gás, Rafael Reis.

Após restabelecer o fornecimento de gás natural para Mato Grosso por meio de um contrato firme, sem interrupção, com a estatal da Bolívia, a Companhia pretende ampliar o uso do gás natural no estado. Até o momento, veículos estão sendo abastecidos com Gás Natural Veicular (GNV) na Capital, e indústrias de Cuiabá, principalmente do Distrito Industrial, têm acesso ao gás com os custos baixos para operar.

Leia mais:  Condições ideias de solo e clima atraem pequenos produtores para o cultivo de flores tropicais em MT

O GNC é utilizado por indústrias que possuem equipamentos que produzem altas temperaturas, e substitui outras queimas menos vantajosas como a queima de carvão, de matéria orgânica, ou a opções ainda mais onerosas, como a energia elétrica.

A MT Gás elaborou um plano estratégico para expandir a cadeia do gás para atender inclusive veículos de transporte de cargas, por meio do Gás Natural Liquefeito (GNL), que pode substituir o Diesel no transporte rodoviário.

Além dos representantes dos municípios, estiveram presentes na agenda o Francisco Jammal de Almeida, engenheiro da GNC Brasil; o diretor Comercial da MT Gás, Juliano Calçada; Leandro Reyes Teixeira de Souza, superintendente de Política Industrial, Minas e Energia da Sedec; Gilberto Lemes do Nascimento, coordenador de Competitividade Industrial e Zona de Processamento de Exportação (ZPE); e os secretários de Industria, Comércio, Turismo e Desenvolvimento dos municípios.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

MT

Acidentes de trânsito lideram ranking de flagrantes de videomonitoramento

Publicado


Mais de 60% das imagens capturadas pelo sistema de videomonitoramento do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) resultaram em flagrante delito. No período de janeiro a dezembro de 2019, foram registradas 2.931 ocorrências. Destas, 1.786 foram em flagrante.

Dentre as ocorrências mais rotineiras nas ruas de Cuiabá e Várzea Grande estão os acidentes de trânsito com vítima de lesão corporal (537), seguidos de acidentes de trânsito sem vítima (288) e incêndios em terrenos baldios (171).

Somente em Cuiabá e Várzea Grande, 117 câmeras de monitoramento e OCR (sigla em inglês para Reconhecimento Óptico de Caracteres) estão instaladas em pontos estratégicos da região central e na periferia. Atualmente, seis operadores e quatro supervisores revezam em turnos – manhã, tarde e noite – para monitorar as imagens. Cada operador fica responsável por até 12 câmeras.

Uma das ocorrências de atropelamento captadas pelos operadores ocorreu em julho, no final da manhã, na avenida Lava Pés. Uma dupla seguia em uma motocicleta quando foi atropelada pelo veículo. A Polícia Militar (PM-MT) foi acionada e se dirigiu até o local para fazer o atendimento, conforme vídeo.

Leia mais:  Deputados limpam pauta de vetos em sessões realizadas nesta quarta

Outra ocorrência, também de atropelamento, envolveu uma mulher que tinha saído de um supermercado localizado na rua Barão de Melgaço. Ao atravessar na faixa de pedestre, um veículo que fazia a conversão à esquerda não conseguiu frear e atingiu a vítima, que foi socorrida por populares. Veja o vídeo.

“Os operadores estão aptos para identificar atitudes suspeitas e realocar as imagens para flagrar delitos criminais. Quando este tipo de imagem é captada, o operador comunica o supervisor e imediatamente a força policial é acionada”, destacou o coordenador do Ciosp, tenente coronel PM, Sizieboro Elvis de Oliveira Barbosa.

Prevenção e repressão

O secretário-adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM Victor Paulo Fortes, disse que a meta da atual gestão é ampliar o videomonitoramento. Para ele, as câmeras auxiliam na prevenção e repressão aos crimes.

“Vamos buscar parceria para garantir a ampliação, pois é um método de trabalho que traz benefícios para a segurança pública. A atuação impede a prática do delito criminal e também reprime”, avaliou.

Uma das ações repressivas ocorreu em abril passado na avenida Miguel Sutil, em Cuiabá. Durante monitoramento das câmeras OCR, os operadores verificaram que uma motocicleta com registro de roubo havia passado por um dos pontos de fiscalização. De imediato, a Polícia Militar foi acionada. A moto foi apreendida e o condutor encaminhado para a delegacia. Confira o vídeo.

Leia mais:  Em Cuiabá, Elizeu Nascimento reivindica construção de escola em residencial

Além do monitoramento nas vias públicas urbanas, o Ciosp e a Concessionária Rota do Oeste firmaram termo de cooperação para que as imagens capturadas ao longo de mais de 850 km de extensão na BR-163, por meio de 95 câmeras OCR, cheguem à central da Sesp.

A central do Ciosp está localizada na sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MT

Detran orienta foliões e condutores com dicas de segurança para o Carnaval

Publicado


É sabido que no período de Carnaval, o número de pessoas que pegam a estrada para aproveitar o feriado prolongado aumenta consideravelmente. Por isso, é importante que motoristas e passageiros fiquem atentos quanto às orientações básicas para manter a segurança no trânsito. 

Segundo a agente do Serviço de Trânsito, Kelli Lopes, a combinação do consumo de álcool e direção, excesso de velocidade e a condução de veículos por pessoas que não possuam a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) são as infrações mais recorrentes durante esse período.

“Importante ressaltar ainda que, durante o trajeto, ao visualizar uma blitz, o condutor deve manter a calma, reduzir a velocidade e ligar a luz interna do veículo, para facilitar a fiscalização pelos agentes da autoridade de trânsito”, destacou.

O Detran-MT também alerta para que os motoristas se atentem quanto a documentação do veículo, como o licenciamento, para evitar possíveis transtornos em abordagens de fiscalização.

Confira a seguir algumas dicas preciosas do Detran-MT para aproveitar bem o feriado prolongado! 

– Se for pegar a estrada, verifique antes a calibragem e balanceamento dos pneus, as pastilhas de freios, o funcionamento dos faróis e dos parabrisas;

Leia mais:  Xuxu Dal Molin acompanha andamento das obras de reforma e ampliação do Hospital Regional de Sorriso

– Use sempre o cinto de segurança;

– Nunca dirigir falando ou digitando no celular ou qualquer outro dispositivo móvel;

– Se for transportar crianças, utilize dispositivos de segurança como cadeirinhas e assentos de elevação, além do cinto de segurança;

– Nunca conduzir veículo quando estiver sob efeito de álcool, cansado ou com sono, fatores que reduzem a atenção no trânsito e aumentam as chances de acidentes;

– Fique atento ao fluxo de pedestres, pois o risco de atropelamento aumenta nesse período de carnaval;

– Sempre respeite os limites de velocidade e sinalização permitidos para a via em que for trafegar;  

– Usar o GPS somente no suporte do veículo e programá-lo antes de colocar o carro em movimento;

– Acender os faróis do veículo se for trafegar em rodovias, mesmo durante o dia;

– Se for transportar animais, estes deverão estar acondicionado em caixas de transporte ou com guia que os prendam ao sistema do cinto de segurança;

– Ao dirigir, utilizar sempre calçados firmes nos pés;

Leia mais:  Reeducandos realizam manutenção na Creche Estadual Maria Eunice

– Se for trafegar em motocicletas, utilizar sempre o capacete e não transportar crianças menores de 07 anos, e nunca ultrapassar a capacidade do veículo, que é para apenas duas pessoas;

– Não conduzir veículo com excesso de passageiro ou de carga, pois prejudica a visão do motorista e a estabilidade do veículo, sendo um risco à segurança dos próprios ocupantes;

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262