conecte-se conosco


SEGURANÇA

“O governo está olhando para o futuro, para o que é importante para desenvolver o Norte de MT”, destaca prefeito de Marcelândia

Publicado


Principais beneficiados com a execução do Programa Mais MT, prefeitos de mais de 50 municípios participaram da assinatura da ordem serviço para a realização das obras de pavimentação asfáltica, troca de bueiros e pontes de madeira pelas de concreto. Alguns deles ressaltaram o que muda no município a partir de agora e a preocupação do Governo do Estado em cumprir o cronograma das obras. 

De acordo com o prefeito de Marcelândia, Celso Padovani, no município há 4.800 mil quilômetros de estrada de chão por vias estaduais, municipais e vicinais.

“O governador Mauro Mendes vem mostrando um dos melhores governos dos últimos 20 anos. Marcelândia já recebeu mais de R$ 20 milhões em obras e, hoje, fomos beneficiados com mais uma ponte de concreto que dá acesso ao município. O governo está olhando para o futuro e para o setor agrícola que é muito importante para o Norte de Mato Grosso”, afirmou.

A prefeita do município de Aripuanã, Seluir Peixer, conta que a população está ansiosa pela pavimentação de 41 quilômetros da MT-208 (Passagem do Loreto), manutenção de outros 90 quilômetros da MT-208 (trecho entre Aripuanã e Conselvan), além da finalização da ponte sobre o Rio Aripuanã.

Leia mais:  Estudante ganha fardamento para viver ‘Dia de Policial Militar Mirim’ em Alta Floresta

“A manutenção destes quilômetros é onde sai o centro da nossa economia. Aripuanã tem 76 anos e muitos moradores não acreditavam que isso aconteceria. O município está agraciado e gostaria muito de agradecer ao governo pelo empenho. Para o nosso município está prevista também a troca de 37 cerca de pontes – bueiros e pontes por alvenaria”, disse.

O município de Cotriguaçu também receberá a obra de pavimentação na MT-170 entre o Rio Juruena e Cotriguaçu. A rodovia é uma das principais rotas do noroeste do Estado usada para a pecuária. Devido às intensas chuvas na região, a estrada vira atoleiro.

“Temos hoje quase 3 mil quilômetros de estrada e a dificuldade se torna maior no período de chuvas, principalmente para os caminhoneiros que param em lugares baixos e serra”, relatou o prefeito da cidade, Olirio Oliveira.

A contratação de serviços de elaboração e revisão de estudos, projetos básicos e executivos para 1.057,78 quilômetros de novas pavimentações e 51 pontes de concreto foram apresentados pelo Governo do Estado na última quinta-feira (18.02), no Palácio Paiaguás.

Leia mais:  Homem é preso por ameaçar desafeto com revólver na porta de delegacia em Alto Garças

Também foram emitidas ordens de serviço para o início de obras de pavimentação em uma extensão de 775 quilômetros e a construção de 40 pontes de concreto.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

SEGURANÇA

Novo comandante do 7º Batalhão da PM em Rosário Oeste assume nesta quinta-feira

Publicado


Nesta quinta-feira (25.02), as 16h, o tenente-coronel Rodrigo Eduardo Costa, de 45 anos, assume o comando do 7º Batalhão de Polícia Militar de Rosário Oeste (a 128 km de Cuiabá), unidade do 2º Comando Regional da PMMT.

TC Eduardo substitui a também tenente-coronel Jane de Souza Melo, que na semana passada assumiu como comandante do 9º BPM ‘Guardião do Coxipó, com sede no bairro Tijucal, em Cuiabá.

Além das ações de prevenção e repressão à criminalidade no município de Rosário Oeste, na nova função o TC Eduardo também terá sob sua liderança o policiamento de outros três municípios (Acorizal, Nobres e Jangada) e de diversos distritos, entre os quais Bom Jardim e Bauxi.

Com 23 anos de carreira na PMMT, TC Eduardo já desempenhou inúmeras funções de comando, entre as quais de comandante do 19º Batalhão da PM em Tangará da Serra, do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental e de coordenador de Segurança Institucional da Casa Militar. Atualmente ele ocupa a função de Ajudante Geral do QCG (Quartel do Comando Geral da PM).

Leia mais:  Dois Batalhões e a Companhia Palácio de PM têm novos comandantes em Cuiabá

No campo da formação profissional, depois de concluir o curso de ingresso na PM, o Curso de Formação de Oficiais (CFO), TC Eduardo expandiu seus conhecimentos fazendo a faculdade de Administração de Empresas na UFMT e outros cursos específicos da área da Segurança Pública. Em seu currículo estão, entre outros, a especialização em Políticas Públicas e de Direitos Humanos (UFMT) e os cursos de Gestão em Tecnologias Educacionais (PM-Paraíba) e Proteção de Autoridades (PM do Distrito Federal).

A solenidade de troca de comando será presidida pelo subchefe de Estado Maior da Polícia Militar, coronel Carlos Eduardo Pinheiro da Silva.  

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

SEGURANÇA

Reeducandos de Mato Grosso fazem prova do Enem

Publicado


Em todo o estado, 1.665 reeducandos farão a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para o ingresso a um curso superior. As provas começaram a ser aplicadas nesta terça-feira (23.02) e serão concluídas nesta quarta-feira (24.02). O certame contempla Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) de 39 unidades penais.

As provas foram aplicadas em dois dias para garantir as normas de biossegurança no enfrentamento ao coronavírus, como por exemplo, o distanciamento entre os reeducandos e os profissionais da educação.

Uma das unidades que tem recuperandos participando do certame é a Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira (Ferrugem), no município de Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá). Ao todo, 66 pessoas fazem as provas.

“A educação é um importante instrumento na ressocialização de homens e mulheres e a Secretaria tem dado esta oportunidade aos reeducandos que querem continuar estudando”, destacou o diretor do Ferrugem, Adalberto Dias de Oliveira.

O exame é aplicado desde 2010 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública e do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

Leia mais:  Gefron e PM recuperam carreta em Porto Esperidião e prendem suspeito

Em Mato Grosso, a gestão da educação nas unidades penais é feita pelo Núcleo de Educação nas Prisões (NEP), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), onde é ofertado ensino regular nos níveis fundamental, médio e superior.

Ao conseguirem aprovação, as pessoas privadas de liberdade são inscritas nos programas de Ensino Superior e aguardam autorização judicial para começarem a estudar.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262