conecte-se conosco


CIDADES

Obra solucionará problema de alagamento no Jardim Industriário

Publicado


Um problema crônico de alagamento enfrentado pelos moradores do Jardim Industriário e de bairros circunvizinhos que transitam pela Avenida 30 começa a ser solucionado. Nesta quarta-feira (19), o prefeito Emanuel Pinheiro assinou a ordem de serviço para o início dos trabalhos de ampliação da rede de drenagem de águas pluviais e recomposição asfáltica da via. A obra deve beneficiar pelo menos 10 mil moradores da região, que passam pelo local diariamente.

A intervenção se faz necessária por conta da avenida possuir uma estrutura de drenagem antiga e que não tem sido mais suficiente para a vazão da água. A obra terá cerca de dois quilômetros e deve durar aproximadamente 120 dias. A atuação é coordenada pela Secretaria de Obras Públicas e executada pela empresa Borges e Junqueira Construções. No total, o Município investe R$ 736.030 para a recuperação completa.

“Essa é uma das mais movimentadas avenidas, com uma atividade comercial forte e muitas residências. Fizemos esse compromisso, juntamente com o vereador Orivaldo da Farmácia, e vamos resolver, de forma definitiva, um problema que há mais de 20 anos causa transtornos aos moradores. Além disso, a insuficiência no escoamento danifica constantemente a estrutura, causando prejuízos também para os cofres públicos”, comentou o prefeito.

Leia mais:  Lucimar Campos prorroga IPTU com desconto e anuncia pagamento de salários

O secretário de Obras Públicas, Vanderlúcio Rodrigues, explicou que a atual rede de drenagem continuará existindo. Dessa forma, paralelo a ela, uma nova será construída, utilizando manilhas de concreto armado de dois tamanhos. Segundo ele, em parte da obra serão empregadas tubulações de 40 centímetros e, em outra, de 1,2 metro de diâmetro. A expectativa é de que, a partir disso, a capacidade de escoamento seja triplicada.

“A drenagem existente não suporta mais o volume de água em dias de chuvas intensas. Então faremos uma nova tubulação e, após essa etapa, completaremos a com o recapeamento. Esse é um trabalho que estamos fazendo continuadamente. Ao longo da gestão detectamos vários pontos de alagamento e estamos trabalhando para solucionar. Já fizemos isso na Chácara dos Pinheiros, São Gonçalo Beira Rio, Santa Isabel e outras comunidades”, relata o secretário.

O presidente da Associação de Moradores do Jardim Industriário I, Samuel Alves Xavier, relatou que, quando chove na região, a água chega a atingir mais de um metro de altura, invadindo as casas edificadas na avenida. Ele destaca ainda que acompanhou de perto a elaboração do projeto e, agora, o mesmo será feito durante a execução, garantido que a obra seja de qualidade.

Leia mais:  Emanuel Pinheiro entrega kits da alimentação para alunos atendidos pelo Bolsa Família

“Há muitos anos sofremos com esse transtorno. Vários gestores já passaram pela Prefeitura de Cuiabá e prometeram fazer essa reconstrução. No entanto, como é uma obra que fica de baixo da terra, não tem visibilidade, todos não se interessaram. Por isso, agradecemos ao prefeito Emanuel Pinheiro por tomar essa iniciativa e resolver esse problema de calamidade pública”, disse o presidente.  

Comentários Facebook

CIDADES

Emanuel Pinheiro elabora plano de contingência para fase de mitigação do Coronavírus em Cuiabá

Publicado

por

Novo fluxo de atendimento nas unidades de Saúde e de contenção contra rápida propagação estão sendo construídos

 O Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro convocou toda a equipe gestora da Secretaria Municipal de Saúde, Vigilância Epidemiológica e do ‘Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus’ para definir novas estratégias de contenção e combate à doença. A reunião que aconteceu durante toda manhã deste sábado (28) 

Por OZIANE RODRIGUES – O objetivo principal foit a elaboração de novos fluxos e métodos que sejam ainda mais eficazes frente à fase de Mitigação do Novo Coronavírus – que é o período em que a doença poderá se propagar mais rapidamente e contaminar um número maior de pessoas.

“Em pleno sábado estamos aqui com todas as forças focadas na sequência do trabalho rigoroso e criterioso que estamos fazendo contra a Covid -19. Nessas próximas semanas estaremos vivendo a fase de Mitigação do Coronavírus e para evitar colapsos nos hospitais e demais unidades de Saúde determinei e estamos aqui deliberando sobre  a construção de um plano de contingência que será usado para achatarmos a curva de contágio do vírus protegendo ao máximo nossa população”, explicou o prefeito.

As medidas e estratégias que estão sendo usadas por Pinheiro seguem as orientações da Organização Mundial de Saúde – OMS, Ministério da Saúde e o modelo adotado pelo mundo inteiro para tentar frear o Coronavírus que consistem em três fases: A Contenção – adotadas no início de uma epidemia para evitar o contágio do resto da população onde os principais atos são o rastreamento, por meio de testes e isolamento social.

Leia mais:  Neurilan Fraga sugeriu aos governadores que peçam a liberação do FEX a Bolsonaro

A Mitigação – onde já não será possível evitar todos os contágios. Sendo necessárias medidas de intensificação de isolamento social para evitar colapsos nas redes de Saúde. E a Supressão – forma mais radical que  busca romper as cadeias de transmissão do vírus, com o distanciamento social de toda população, como fez a China.Conforme Pinheiro, seguir esses critérios técnicos preventivos serão cruciais para que Cuiabá não sofra com contaminações desenfreadas.

“A Covid -19 está fazendo vítimas pelo mundo todo. Por isso já tomei uma série de medidas para não propagá-la em Cuiabá e as intensificaremos nos próximos dias. E agora, frente à fase de Mitigação estamos redesenhando o pacote de ações, discutindo as medidas com muito critério respeitando as definições da OMS  e demais órgãos. Tudo isso, exatamente para estabelecermos na nossa rede de enfrentamento a nova forma que Cuiabá vai agir no atendimento e na assistência à população que esteja  infectada pelo novo Coronavíru com um único foco, preservar e proteger a Saúde e a vida da população cuiabana”, finalizou ressaltando que as medidas definidas devem ser concluídas e comunicadas no início da próxima semana.

Leia mais:  Emanuel Pinheiro autoriza o funcionamento de supermercados, mercearias, padarias e açougues aos domingos

Medidas

A Prefeitura de Cuiabá, pautada no cuidado com à população, vem adotando uma série de medidas drásticas para evitar que a propagação da infecção se alastre na capital, uma das medidas foi a criação de um comitê de enfrentamento ao Covid 19, suspensão das aulas na rede municipal, fechamento do comércio (à exceção de estabelecimentos citados no Decreto 7.851/2020), a proibição do corte de fornecimento de água por 60 dias, suspensão das atividades em grupo nos CRAS e CREAS, limitação do Restaurante Popular a 50 pessoas por vez, suspensão do passe livre e da tarifa social de 23/03 a 05/04, suspensão do transporte público, higienização dos ônibus no ponto final de cada linha e disponibilização de álcool em gel nos terminais e estações, fechamento de feiras e ainda a determinação para execução do home office para os servidores públicos, excetuando-se os profissionais da Saúde.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

Lucimar Campos prorroga IPTU com desconto e anuncia pagamento de salários

Publicado

por

Medidas visam ajudar na circulação de recursos na economia local e estimula contribuintes. 100% da arrecadação vai para a Saúde.

Por determinação da prefeita Lucimar Sacre de Campos (DEM) o IPTU 2020 que venceu no último dia 13 de março com descontos de 15%, foi prorrogado até 17 de abril e manteve o desconto como forma de estimular o contribuinte, além de autorizar a destinação total do valor arrecadado para a área de Saúde.

Por Marianna Peres –  “Já vamos pagar os salários dos servidores públicos municipais nesta semana para despejar mais de R$ 31 milhões na economia local e assegurar que o comércio e a indústria tenham um mínimo de circulação neste momento de dificuldade”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos após reunião com a equipe econômica com os secretários, de Gestão Fazendária, Lucinéia dos Santos Ribeiro; de Planejamento, Edson Silva; Governo, Kalil Baracat; Administração, Pablo Gustavo Pereira; Saúde, Diógenes Marcondes; Educação, Silvio Fidélis; Promoção Social, Flávia Omar e Procuradoria Geral, Sadora Xavier.

A chefe do Poder Executivo da segunda maior cidade de Mato Grosso sinalizou ainda que na medida do possível e sem comprometer as ações da saúde pública vai acelerar liberação de recursos de obras públicas em execução pela iniciativa privada para diminuir o impacto da crise econômica na cidade.

Leia mais:  Lucimar Campos decreta emergência, reduz frota de ônibus e fecha comércio

A Secretária de Gestão Fazendária, Lucinéia dos Santos Ribeiro sinalizou que as prioridades da prefeita Lucimar Sacre de Campos, são todas voltadas, para a saúde e para o atendimento da população neste momento de dificuldades.

“Estamos colocando em prática toda uma operacionalização para atender as demandas dos contribuintes de forma online, não presencial e vamos utilizar, e-mails, SMS, WhatsApp entre outros meios de comunicação das mídias sociais para facilitar a comunicação e para analisar caso a caso, pois existem compromissos a serem honrados pelo Poder Público com a própria cidade, com a população e com o comércio e a indústria”, disse a secretária de Gestão Fazendária.

O secretário de Saúde, Diógenes Marcondes fez um retrospecto de todas as ações adotadas pela prefeita Lucimar Sacre de Campos desde 2015 quando assumiu a gestão municipal para assegurar que “todos os investimentos feitos na construção de duas Unidades de Pronto Atendimento – Upas Ipse e Cristo Rei, ambas funcionando, no Hospital Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande, nas cinco Clínicas de Apoio a Família (antigas Policlínicas) que foram reformadas, ampliadas e melhoradas e nas duas Unidades Básicas de Saúde do São Simão e Região e do Aurilia Salles Curvo que está assegurando um atendimento da área de saúde para todos que necessitam”.

Leia mais:  Emanuel Pinheiro elabora plano de contingência para fase de mitigação do Coronavírus em Cuiabá

O secretário de Saúde de Várzea Grande, lembrou que Várzea Grande está em uma situação de atendimento na área de saúde melhor que a grande maioria das cidades de Mato Grosso e que a tendência é que a média de 45% até 55% de atendimentos de pacientes de outras cidades e até mesmo Estados seja ampliada e será preciso garantir o atendimento pois Várzea Grande atende via SUS e sem nenhum tipo de cobrança.

“A prefeita Lucimar Sacre de Campos já mantém um nível de investimento da ordem de 30% na área de saúde e a tendência neste momento de crise é que este percentual seja ampliado, sendo que para isto, se faz necessário melhorar a entrada de dinheiro público para fazer frente aos compromissos públicos”, sinalizou.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262