conecte-se conosco


MUNDO

Pacto da ONU pode facilitar mediação de disputas comerciais

Publicado

Por Deutsche Welle – Em plena disputa comercial entre os Estados Unidos e a China, 46 países-membros da Organização das Nações Unidas (ONU) assinaram hoje (7), em Cingapura, um acordo para resolver conflitos comerciais.

Além de China e EUA, entre os signatários da Convenção de Cingapura estão países como Coreia do Sul e Índia. A União Europeia (UE) ainda tem que se decidir se vai aderir ao acordo ou se os países-membros do bloco devem assinar individualmente o documento.

O objetivo da convenção da ONU é facilitar que disputas comerciais internacionais sejam resolvidas através de mediação, solução normalmente mais rápida e barata do que onerosos processos legais ou arbitragens.

Até agora, essa saída era legalmente difícil de ser implementada.

“O multilateralismo está sob pressão. Mas a solução é torná-lo melhor e não abandoná-lo”, afirmou o primeiro-ministro de Cingapura, Lee Hsien Loong.

A mediação já é usada para resolver disputas comerciais em jurisdições como os Estados Unidos e o Reino Unido, mas não é globalmente aceita.

Leia mais:  Papa abre Sínodo dizendo que Amazônia precisa do fogo de Deus

O secretário-geral assistente para Assuntos Legais da ONU, Stephen Mathias, exaltou o acordo como “convenção histórica” para a pacífica resolução de disputas.

“A incerteza em torno da implementação de acordos era o principal obstáculo ao maior uso da mediação”, finalizou.

Comentários Facebook

MUNDO

Papa abre Sínodo dizendo que Amazônia precisa do fogo de Deus

Publicado

por

ABr – O papa Francisco disse neste domingo (6), durante a missa de abertura da Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a Região Pan Amazônica, celebrada na Basílica de São Pedro, no Vaticano, que a Amazônia precisa do fogo de Deus e não do fogo ateado por interesses.

“O fogo ateado por interesses que destroem, como o que devastou recentemente a Amazônia, não é o do Evangelho. O fogo de Deus é calor que atrai e congrega em unidade. Alimenta-se com a partilha, não com os lucros.”

Na celebração, Francisco disse ainda que o fogo de Deus é também amor que ilumina, que aquece e dá vida; e não aquele que se “alastra e devora”.

“Quando sem amor nem respeito se devoram povos e culturas, não é o fogo de Deus, mas do mundo. Contudo quantas vezes o dom de Deus foi, não oferecido, mas imposto! Quantas vezes houve colonização em vez de evangelização! Deus nos preserve da ganância dos novos colonialismos.”

O papa pediu que o Espírito de Deus inspire o Sínodo para que renove os caminhos da Igreja Católica na Amazônia. “Reacender o dom no fogo do Espírito é o oposto de deixar as coisas correr sem se fazer nada. E ser fiéis à novidade do Espírito é uma graça que devemos pedir na oração. Ele, que faz novas todas as coisas, nos dê a sua prudência audaciosa; inspire o nosso Sínodo a renovar os caminhos para a Igreja na Amazônia, para que não se apague o fogo da missão.”

Leia mais:  Papa abre Sínodo dizendo que Amazônia precisa do fogo de Deus

O Sínodo da Amazônia ocorre até o dia 27 deste mês, com o tema Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral. A celebração de abertura do evento religioso começou com a entrada de 185 padres sinodais, sendo 58 do Brasil. Estavam presentes também representantes de comunidades indígenas.

*Com informações do Vatican News

Comentários Facebook
Continue lendo

MUNDO

Japoneses vão às compras antes do aumento do imposto sobre o consumo

Publicado

Várias pessoas no Japão têm corrido para lojas a dois dias do planejado aumento do imposto sobre o consumo, que pulará de 8% para 10%.

Lojas foram tomadas por consumidores no último fim de semana antes do reajuste. Muitos querem comprar tanto artigos de luxo quanto produtos de uso diário.

A loja de departamento Tobu, em Ikebukuro, um distrito de Tóquio, ficou lotada neste domingo (29). Clientes compraram grandes quantidades de produtos como loções e cremes hidratantes.

A seção de cosméticos chegou a prolongar uma campanha especial de pontos para o seu programa de fidelidade. As vendas de cosméticos da loja de departamento subiram 32% em setembro deste ano em comparação ao mesmo mês em 2018.

As vendas de roupa de cama aumentaram 50%, impulsionadas por fortes vendas de edredons que custam 700 dólares. Já as vendas de joias subiram cerca de 67%, catapultadas por colares de pérolas que custam aproximadamente dois mil dólares.

Fonte: EBC
Comentários Facebook
Leia mais:  Papa abre Sínodo dizendo que Amazônia precisa do fogo de Deus
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262