conecte-se conosco


Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá atende OAB e revoga exigência do cartão vacina para hospitais e órgãos públicos municipais

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, atendendo a uma solicitação da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT), assinou nesta quarta-feira (07) um novo decreto revogando a exigência de apresentação de passaporte sanitário em hospitais públicos e privados e nos órgãos públicos. A medida é válida apenas para esses dois itens. 

“Não vamos em hipótese alguma cercear o direito do cidadão cuiabano. Por meio de união como essa com a OAB-MT que vamos avançando cada vez mais em melhorias para nossa querida cidade. Recebemos a visita da nova diretoria eleita da OAB-MT, liderada para presidente Gisela Cardoso, acompanhada do atual presidente Leonardo Campos. Entre varias discussões de assuntos de interesse da sociedade, debatemos sobre o passaporte sanitário”, disse.

O prefeito destacou também que prezando pelo constante diálogo, ouviu outros segmentos da sociedade, que ajudaram a tomar a decisão. “Ouvindo também outros segmentos da sociedade chegamos a um denominador comum. A OAB reforçou esse pedido e estamos revogando a exigência do passaporte sanitário para hospitais públicos e privados e também nos órgãos públicos em geral”, completou. 

Leia mais:  Brizola: um símbolo eterno do político por vocação e convicção

Veja o decreto na íntegra

Comentários Facebook

Cuiabá

Brizola: um símbolo eterno do político por vocação e idealismo

Publicado


Neste sábado (22), o eterno Leonel Brizola, um dos maiores nomes da democracia brasileira, chegaria aos 100 anos de idade, caso ainda estivesse vivo. Detentor do título Herói da Pátria, que foi conferido pelo Congresso Nacional por sua trajetória de luta pelo país, Brizola é a personificação exata da frase que costumo dizer: “política é para políticos e não para aventureiros”.

Com uma história inspiradora, Brizola nos mostrou ao longo de carreira que, para fazer política, discursos bonitos e decorados não bastam, não se sustentam e muito menos consolidam. Para fazer política é preciso ter esse dom enraizado na alma. Somente aqueles que possuem essa vocação e convicção conseguem construir um caminho norteado pela essência de servir ao povo, colocando os interesses coletivos acida de tudo.

Foi isso que Brizola fez durante toda sua vida política. Não por menos, já aos 25 anos, conquistou a vaga para deputado estadual e, logo na sequência, emplacou ainda duas eleições como deputado federal. Nessa trajetória vitoriosa também exerceu a função de prefeito de Porto Alegre. E, para coroar, ainda entrou para a história como o único ser eleito governador por dois estados diferentes, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Leia mais:  MISC recebe Encontro de Choro com Orquestra Cuiabana

Um entusiasta e apaixonado por aquilo que fazia, é assim que Leonel Brizola pode ser resumidamente descrito. Muito mais que um nome, foi e eternamente continuará sendo um exemplo de estadista habilidoso, talentoso e com uma capacidade natural para o caminho que escolheu trilhar. Defensor inegociável da democracia, tem uma cadeira cativa entre os grandes símbolos da luta contra a ditadura militar no Brasil.

Diante de tantos feitos, tornou-se impossível contar a história da política brasileira sem dedicar uma longa parte dela para falar de Brizola. E isso é um privilégio que pouquíssimos conseguem conquistar. Nos dias atuais, onde aventureiros, que se colocam como grandes “salvadores da pátria”, surgem e desaparecem na mesma velocidade, esse fato é ainda mais raro de acontecer.

A trajetória de Leonel Brizola nos ensina que fazer política não é algo temporal, mas sim uma responsabilidade que alguém escolhe carregar com muita dedicação por toda sua vida. É uma responsabilidade que exige olhar para o outro mais do que para si mesmo. Fazer política é, igualmente, saber respeitar a história construída por aqueles que vieram antes e prepararam o caminho para novas lideranças surjam.

Leia mais:  Cavalgada e tropeirismo se tornam patrimônio cultural e histórico de Cuiabá

Obrigado, Leonel Brizola!

**No registro feito em 2002, a primeira-dama Márcia Pinheiro, Leonel Brizola, e o prefeito Emanuel Pinheiro que, na época, era deputado estadual e líder do PDT na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Sorp e Defesa Civil suspendem atendimento presencial ao público e mantém serviços online e de fiscalização

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

O secretário municipal de Ordem Pública e Defesa Civil, Leovaldo Sales, determinou por meio de uma portaria publicada nesta sexta-feira (21),  a suspensão temporária do atendimento ao público na forma presencial nas unidades administrativas vinculadas à Secretaria Municipal de Ordem Pública e Defesa Civil, mantendo o atendimento na modalidade remota, através de e-mails e/ou telefones institucionais. A medida é para conter o avanço da Covid-19.  Veja logo abaixo os canais disponíveis. 

“Enquanto perdurar a suspensão do atendimento presencial, a ação prioritária será destinada aos assuntos relacionados à Covid-19,  aos casos de risco iminente à saúde pública e ao meio ambiente, proteção e defesa do consumidor, proteção e defesa civil e da ordem pública. §2º – O horário de expediente dos órgãos e setores administrativos vinculados à Secretaria Municipal de Ordem Pública e Defesa Civil permanece inalterado, das 08h00 às 12h00 e das 14h00 às 18h00. Artigo 4º – O trabalho administrativo será realizado de forma presencial para todos os servidores públicos da SOPDC, obedecendo sempre às recomendações de biossegurança da Organização Mundial de Saúde, como a obediência de distância de 1,5 (um metro e meio) entre as pessoas, disponibilização de álcool em gel 70% e/ou outros produtos similares de esterilização, uso obrigatório de máscaras de proteção pelos servidores públicos, bem como pelos cidadãos que não puderem resolver sua demanda eletronicamente, através dos canais disponibilizados pela SOPDC. Parágrafo único. A jornada de trabalho diária dos servidores da SOPDC deverá ser cumprida integralmente, de acordo com respectivo concurso, contratação e/ou nomeação, submetendo-se, entretanto, às medidas de prevenção ao contágio da Covid19, conforme disposto no Decreto Municipal nº. 8.430, de 18 de maio de 2021, com as alterações dispostas no Decreto Municipal nº. 8.657, de 01 de outubro de 2021”, consta na portaria.
O serviço de protocolo da Ordem Pública e Defesa Civil, funcionará de segunda à sexta, das 08h às 12h para execução de processamento de atos administrativos inerentes à fiscalização; e das 12h às 18h para recebimento e protocolização de defesas administrativas e demais requerimentos de pessoa física ou jurídica relacionados a processos administrativos de fiscalização e/ou processos administrativos sancionadores, que envolvam aplicação de penalidades e medidas administrativas.
O serviço de recepção orientará os cidadãos que se dirigirem à sede da Secretaria Municipal, quanto às modalidades de atendimento remoto disponíveis e sobre a possibilidade de acesso aos serviços oficiais de consulta de processos e de emissão de guias de recolhimento de taxas e de multas através dos endereços eletrônicos transparencia.cuiaba.mt.gov.br e http://emissao.cuiaba. mt.gov/portal, respectivamente.
O atendimento do Disque Denúncia da Sorp será de segunda a sexta, das 08h às 18h, sendo que o registro de reclamações ou denúncias dar-se-á na modalidade remota, através do telefone 3616-9614; e, em se tratando de reclamações ou dúvidas relacionadas à proteção e defesa do consumidor, através do telefone 3632-6400, Whatsaap 3641-6400 e/ou por meio do aplicativo do PROCON CUIABÁ, disponível nas plataformas Android e IOS, exclusivamente para registro de denúncias consumeristas, bem como pelo e-mail: atendimento.procon@cuiabá.mt.gov.br
Os serviços públicos de fiscalização, de defesa civil e de apoio à segurança pública serão exercidos em regime de escala ou por meio da expedição de ordens de serviço, com observância das recomendações de segurança da Organização Mundial de Saúde.
As medidas desta portaria aplicam-se  aos servidores públicos, terceirizados e estagiários que possuam vínculo com a Secretaria Municipal de Ordem Pública e Defesa Civil.  Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação, e vigorará enquanto perdurar o estado oficial de emergência de saúde pública em razão da Covid-19. 

Leia mais:  Cavalgada e tropeirismo se tornam patrimônio cultural e histórico de Cuiabá

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262