conecte-se conosco


SEGURANÇA

Profissionais da Segurança Pública serão vacinados contra a Covid-19

Publicado


Foto: SAMANTHA DOS ANJOS / Assessoria de Gabinete

O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) buscou, incansavelmente, garantir a imunização dos profissionais da segurança pública de Mato Grosso que atuam desde o início da pandemia da Covid-19. O parlamentarapresentou as Indicações de n.º 1.984/2021 e n.º 1.356/2019 que foram direcionadas à Presidência da República, aos Ministérios da Saúde e da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e para a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES) no intuito de garantir a vacinação. 

Além desses órgãos competentes, o parlamentar também solicitou, por meio de ofícios, ao deputado Dr. Leonardo (SD), coordenador da bancada federal de Mato Grosso, e ao presidente da Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga, para articular com os gestores das 141 cidades de Mato Grosso a inserção dos agentes da segurança pública no grupo prioritário de imunização devido ao Ministério da Saúde ter dado autonomia para essa definição por parte dos Estados, Distrito Federal e municípios do país.

Programa Nacional – A confirmação da categoria no Programa Nacional de Imunização foi dada, no dia 31, por meio de Nota Técnica de nº 297/2021, emitida pelo Ministério da Saúde. “Foi a melhor notícia que recebemos para as forças de segurança. Só para se ter uma ideia, um levantamento da minha assessoria jurídica, aponta que foram mais de 2 mil profissionais ativos infectados e cerca de 21 óbitos por causa da Covid-19. Já faz um ano que estamos na pandemia e essa categoria sendo linha de frente. Estes servidores são merecedores desta atenção! Afinal, trabalham em prol da sociedade e colocam as suas vidas em risco”, explica Claudinei.

Leia mais:  Profissionais da Segurança Pública são imunizados contra Covid-19 no interior de MT

Conforme o documento, os profissionais mais expostos às ações de combate à Covid-19 serão contemplados. Com isso, será antecipado o envio de um quantitativo de doses de vacinas, de maneira escalonada e proporcional, direcionado, exclusivamente, para a vacinação dos trabalhadores de segurança, e salvamento e forças armadas.

Governo – O governador Mauro Mendes (DEM) e o secretário de Saúde (SES), Gilberto Figueiredo, se posicionaram sobre a vacinação para as forças de segurança pública de Mato Grosso. “Acabamos de ser informados pelo Ministério da Saúde, nesta nota técnica, que já autoriza iniciar a imunização dos profissionais da segurança pública. Já existe um percentual de 6% destinados, para iniciarmos a imunização destes profissionais. É uma notícia boa, agora vamos nos preocupar em fazer as pactuações regionais para o encaminhamento destas doses”, disse o secretário.

 Mendes ressaltou que juntamente com outros governadores do Consórcio da Amazônia fizeram forte ação junto ao Ministério da Saúde para que houvesse essa liberação das vacinas. “Dialogamos, falamos com o ministro, organizamos este pleito, pedimos apoio da bancada federal e, assim, foi feita essa autorização que vamos iniciar, imediatamente, a vacinação das forças de segurança”, frisou o chefe de Estado.

Leia mais:  Subtenente do Corpo de Bombeiros é o primeiro a ser imunizado em Cuiabá

 As instituições beneficiadas serão a Polícia Judiciária Civil (PJC), Polícia Militar (PM), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Sistemas Penitenciário e Socioeducativo, Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e Departamento de Trânsito (Detran) de Mato Grosso.

Vacinas – O governo estadual anunciou também, no mesmo dia, a compra direta de 1,2 milhão de doses da vacina russa Sputnik V que possui eficácia comprovada de 91,6%, sendo preciso a aplicação de duas doses por pessoa para a devida imunização. Em Mato Grosso, já foram aplicadas 227.829 vacinas que estão relacionadas a 164.898 e 62.931, respectivamente, de pessoas que receberam a 1° e a 2° dose.

Pandemia – No Boletim Epidemiológico do Governo do Estado de Mato Grosso, do dia 31 de março de 2021, já são 310.337 casos confirmados de Covid-19, com 7.675 óbitos.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook

SEGURANÇA

Homem é preso em flagrante por violência doméstica e posse irregular de arma de fogo

Publicado


Um homem de 44 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Campo Novo dos Parecis, na região noroeste do estado, por crimes enquadrados na Lei Maria da Penha e também por posse irregular e porte ilegal de arma de fogo.

Na manhã de quinta-feira (08.04), a vítima de 36 anos procurou a Delegacia da Polícia Civil e e informou que foi agredida pelo companheiro, em seu local de trabalho. Durante a discussão, que culminou em lesões corporais, o suspeito quebrou o celular da vítima inutilizando totalmente o aparelho.

Em consultas aos sistemas policiais, a equipe da delegacia constatou que já havia outro registro da vítima contra o suspeito, por agressão praticada anteriormente. Na ocasião, a mulher solicitou medida protetiva de urgência, conforme consta no processo.

Os policiais também apuraram que havia um mandado de busca e apreensão contra o empresário relativo a outro processo em tramitação na Justiça.

Com as informações apuradas, a equipe de investigação realizou diligências e localizou o suspeito em seu estabelecimento comercial e cumpriu o mandado judicial apreendendo munições calibres 357, que estavam no veículo dele, e 11 munições calibre 9mm, localizadas no interior da empresa.

Leia mais:  Ação conjunta que contou com apoio do Gefron-MT apreende 579 kg de cocaína em RO

Questionado sobre a arma calibre 357, o suspeito informou que estava em outro local. A equipe seguiu com ele até a casa informada, onde o suspeito entregou o revólver aos policiais.

Os policiais localizaram um boletim de ocorrência registrado em 23 de novembro do ano passado, em que o empresário comunicou que o revólver teria sido furtado, o que configurou falsa comunicação de crime, pelo qual ele também foi autuado.

Diante dos crimes constatados, o delegado Honório Goncalves Neto autuou em flagrante o suspeito por posse irregular de arma de fogo de uso permitido, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, lesão corporal, dano qualificado e falsa comunicação de crime.

O delegado explicou que, apesar do suspeito possuir registro da arma apreendida, o revólver foi encontrado em local diverso da residência ou empresa dele, o que configura posse irregular, além das munições de calibre 9mm mantidas em sua posse, mesmo tendo informado que vendeu a arma de tal calibre.

Após o auto de prisão, ele foi encaminhado para a unidade prisional do município, onde aguardará audiência de custódia do Poder Judiciário.

Leia mais:  Subtenente do Corpo de Bombeiros é o primeiro agente da Segurança Pública a ser imunizado em Cuiabá
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

SEGURANÇA

Polícia Civil localiza mais R$ 150 mil em defensivos agrícolas em região de mata, em Diamantino

Publicado


Mais uma expressiva quantidade de defensivos agrícolas de origem ilícita foi encontrada pela Polícia Civil nesta quinta-feira (08.04), no município de Diamantino (208 km a médio-norte de Cuiabá), em continuidade à investigação da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCC0).

O material, avaliado em aproximadamente R$ 150 mil, foi encontrado escondido em uma região de mata, nas proximidades da fazenda que foi alvo da operação realizada na última terça-feira pela gerência.

Na ocasião, a equipe da GCCO apreendeu aproximadamente seis mil litros de defensivos agrícolas roubados de uma fazenda do município de Sapezal no dia 08 de março.

Em continuidade as investigaões, na manhã desta quinta-feira (08), os policiais da GCCO receberam informações de que haveria mais produtos de origem ilícita abandonados em uma região de mata nas proximidades da fazenda.

Com base na denúncia, as equipes foram até o local e conseguiram realizar a apreensão dos produtos. Ainda não é possível afirmar a origem do produto e se foi subtraído de alguma propriedade da região.

Leia mais:  Mais um fugitivo da Cadeia de São Félix é localizado; apenas um segue foragido

Segundo o delegado da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, há indícios de que parte do defensivo encontrado seja falsificado e outra parte possivelmente roubado de alguma fazenda da região.

“As investigações estão bem avançadas para identificar e prender esse grupo criminoso que vem atuando na região de Diamantino, Sapezal, Campo Novo e outras cidades do interior. O material apreendido será trazido para Cuiabá e vamos checar lote por lote e confrontar com registros de ocorrências de furtos ou roubos na região”, disse.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262