conecte-se conosco


CIDADES

Projeto ‘Bairro Integrado’ leva segurança e ações preventivas ao bairro Jardim dos Estados

Publicado

Várzea Grande é mais uma vez contemplada com o projeto Bairro Integrado, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP-MT). Esta será a 9º Edição e acontecerá no  bairro Jardim dos Estados, no dia 20 de setembro, (sexta-feira), na Escola Estadual Ubaldo Monteiro da Silva .

A prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos, recebeu a visita oficial da equipe que coordena o evento, em seu gabinete ,na manhã desta terça-feira (10), e teve como finalidade integrar a Administração Pública as ações do Projeto, que segundo Lucimar Campos é de suma importância a participação do município, envolvendo a Guarda Municipal, secretarias de Assistência Social e Saúde em uma ação que visa fortalecer a presença das forças de segurança entre os jovens e promover serviços de cidadania à sociedade socialmente vulnerável.

A  prefeita Lucimar  Campos ressaltou que desde o início da sua gestão um dos objetivos foi integrar todas as forças de segurança, pois, para ela, mesmo que a prefeitura não seja responsável pela segurança da cidade, tem uma papel fundamental na união dos esforços para melhorar a segurança pública do município. “E foi o que ocorreu, com a integração e projetos também da Guarda Municipal ,houve uma melhora  da segurança pública da cidade, porém sabemos que há muito para avançar”, disse. A prefeita lembrou ainda que as secretarias municipais têm trabalhado de forma integrada para fazer com que as ações cheguem a toda a população e ofereçam perspectiva para que a juventude de Várzea Grande  possa seguir no caminho do bem.

Leia mais:  HMC participa de mobilização do Ministério da Saúde em prol da Segurança do Paciente

Como explica o coordenador da Polícia Comunitária da Sesp-MT, tenente-coronel PM Fábio Bastos, o evento ocorrerá no dia 20 de setembro, onde as instituições envolvidas ministram palestras sobre cidadania, prevenção às drogas, bullying, sociedade, respeito às leis, educação no trânsito, saúde, entre outros temas, além de atividades lúdicas e de cidadania.

“A intenção é que a difusão destes assuntos reduza o envolvimento de crianças e adolescentes com a criminalidade e as drogas. Queremos contribuir, por meio de serviços prestados à população, para que a segurança seja uma referência positiva para os jovens e, com isso, aumentar a confiança da sociedade nas forças de Segurança Pública”, explicou o tenente-coronel Fábio bastos.

Os jovens e comunidades de abrangência do bairro Jardim dos Estados vão poder neste dia conferir de perto como funciona cada força de segurança e as atividades exercidas por cada uma, além de terem a oportunidade de participarem de um concurso de redação sobre o que aprenderam com o projeto, após as palestras .

“O premio para as três melhores redações será um voo panorâmico com o helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). Nós queremos também que os jovens se inspirem, não só nas carreiras, mas nos bons exemplos que os agentes são. Porque nós acreditamos que a melhor forma de melhorar a sociedade é por meio do trabalho conjunto entre a família, escola, Poder Público e a Segurança Pública”, explicou o tenente-coronel Fábio Bastos.

Leia mais:  Secretaria Municipal de Saúde participa de caminhada de encerramento das atividades do Setembro Amarelo

Para o vereador Edilei Roque Cesario -Neni Chimarrão- que integra o Projeto por meio da Câmara Municipal de Várzea Grande ,defende a linha  do ‘Bairro Integrado’, e que as Forças de Segurança Pública do Estado  estão corretas quando aproximam a sociedade  com a polícia em uma integração social, sobretudo nos lugares que possuem maior vulnerabilidade social. “Nós da Câmara Municipal entendemos que levando a segurança pública para estes bairros com serviços de cidadania, com certeza provoca redução nos índices de criminalidade nestas localidades. Criamos Leis que incentivam políticas públicas sociais para serem executadas nas comunidades. E este projeto vem a somar com os já implantados no município, estendendo a cidadania a mais comunidades da cidade”,  afiançou o vereador

Nessa edição participaram do projeto agentes da Polícia Militar (PM-MT), PJC, Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), além de parceiros da Assembleia Legislativa (ALMT), Câmara Municipal, Prefeitura de Várzea Grande  e os projetos Rede Cidadã e Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd).

Durante todo o dia serão oferecidos serviços de orientação jurídica, confecção de documentos (RG, CRLV, Certidão de Nascimento, Casamento e Óbito), corte de cabelo, e Boletim de Ocorrência. Ainda na área interna da escola será montada pistas para brincadeiras lúdicas e atividades recreativas, todas com o envolvimento dos profissionais da segurança pública.

Por: Da Redação – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande

CIDADES

Gincana Ecológica estimula alunos à preservação do Meio Ambiente

Publicado

por

Uma iniciativa considerada relevante em âmbito estadual, a gincana ecológica desenvolvida pela Secretaria do Meio Ambiente, e em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Várzea Grande, reuniu aproximadamente 360 alunos, na manhã dessa terça-feira (03), na quadra poliesportiva da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Abdala José de Almeida, em comemoração ao Dia do Biólogo. Com o intuito de sensibilizar a comunidade sobre as questões que envolvem o Meio Ambiente, além disso, foram realizadas diversas apresentações culturais, exposições de tapetes ecológicos, objetos reutilizáveis e desfile de roupa ecológica. Prestigiaram o evento alunos de 10 escolas municipais.

A preocupação com o meio ambiente é atual e envolve toda a sociedade, além disso as questões envolvendo o lixo, reciclagem, reutilização e o reaproveitamento vem sendo considerado cada vez mais urgente e importante. Nesse contexto entra em cena o Projeto 3Rs que é uma medida que tem como principal foco conscientizar a população quanto a diminuição da produção de lixo.

Com o tema: Reciclar é Bom, reutilizar é Melhor e Reduzir é melhor ainda, o projeto 3R desenvolve nas escolas do município atividades ecológicas, onde busca estimular a reflexão sobre a coleta seletiva dos materiais recicláveis na comunidade escolar, e apresentar as fragilidades e os lados negativos e positivos da ação do ser humano.

Durante o evento, houve a apresentação musical, peças teatrais, desfile com roupas ecológicas, que foram produzidas por cada escola e que faz parte do programa 3Rs. A gincana tem como finalidade desenvolver desde cedo nas crianças a conscientização dos alunos quanto os valores da reciclagem para as gerações futuras, além de diminuir os impactos ambientais com o descarte irregular de matérias prejudiciais a natureza.

Leia mais:  Semob inaugura duas novas linhas de ônibus; confira

De acordo com a Superintendente Pedagógica, Gonçalina Auxiliadora Leite Rondon, é na escola que as crianças começam a ter a consciência de que deve-se preservar o meio ambiente, bem como abordar assuntos que possam produzir resultados ao alcance delas.  

“Nós temos que primeiro fazer o seguinte questionamento, o que é preservar o meio ambiente? Preservar é eu enquanto cidadão não colocar fogo em terrenos abandonados, é não jogar lixo fora do lixo, é não jogar lixo no chão, nós temos que fazer a diferença, portanto nós temos que fazer a nossa parte enquanto cidadão. Cada um de nós a temos que aprender com as atitudes”, pontuou Gonçalina Rondon.

Disse ainda a superintendente que é preciso investir nas crianças, oferecendo a elas uma Educação Ambiental de excelência, transmitindo os conceitos e valores, e ainda  colocando em contato direto com os problemas que o nosso meio ambiente vem enfrentando na última década. Com isso as crianças devem ser estimuladas desde cedo a demonstrar curiosidade e interesse pelo meio ambiente.

“Atitudes simples, como: desligar a torneira enquanto escovar os dentes, evitar banhos por períodos longos, devem ser ensinamentos transmitidos para as crianças enquanto pequenos, pois é nessa fase que se forma o consciente dos pequenos, fazendo com que eles repassem o que foi aprendido na escola, para o ambiente familiar. Além disso, devem ser orientadas quanto a importância da coleta seletiva, fazendo com que elas aprendam a diferenciar os materiais orgânicos (Papel, Metal, Vidro, Plástico)”, afiançou Gonçalina Rondon.

Leia mais:  AMM reivindica municipalização da regularização fundiária

Para Gonçalina a gincana mostrou que todos os estudantes estavam envolvidos, mostrando interesse pelo tema e resultado do aprendizado.

“Percebemos que todos os alunos estavam empenhados em aprender quais as formas corretas de descartar lixo, de reciclar, e ao final posso dizer todos aprenderam alguma coisa, seja o público, quanto os alunos. E posso afirmar que hoje os papeis se inverteram, os alunos se tornaram  professores, onde explicaram detalhadamente tudo o que aprenderam sobre o meio ambiente”,concluiu a superintendente.

As Escolas Municipais de Educação Básica – EMEBs que fazem parte do projeto 3R são: "Profª Irenice Godoy de Campos e Silva", "Faustino Antônio da Silva", "Manoel João de Oliveira", "Rita Auxiliadora de Campos Cunha", "Maria Joana da Silva Almeida", "Joaquim da Cruz Coelho", "Maria Barbosa Martins" e "Ednilson Francisco Kolling".

Por: Fred Nogueira – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Continue lendo

CIDADES

Novo Complexo Esportivo do Fiotão está em fase final de conclusão

Publicado

por

As obras do Complexo Esportivo “Júlio Domingos de Campos”, o Fiotão, entraram na reta final com a possibilidade de as mesmas serem entregues ainda neste mês de setembro.

A prefeita Lucimar Sacre de Campos acompanhada pela promotora de Justiça, Maria Fernanda Corrêa da Costa, da 4ª Promotoria de Justiça, pelo secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Várzea Grande, Silvio Fidélis, pela Procuradora Geral do Município, Sadora Xavier e de engenheiros e técnicos, visitaram as novas dependências do Fiotão que sempre foi palco de disputas esportivas, formaturas de cursos superiores, bailes, shows, Casamento Comunitário entre outras atividades.

A Obra física do ginásio consumiu cerca de R$ 8,4 milhões e a revitalização no entorno, que foi uma exigência do Ministério Público de Mato Grosso cumprida pela administração municipal, outros R$ 1,6 milhão.

“Foi uma visita de avaliação das obras que estão sendo finalizadas e que exigimos que sejam as melhores por causa da importância que o Fiotão tem na história de Várzea Grande e de sua gente”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos sinalizando que o novo Complexo Esportivo será um marco no lazer, no entretenimento e na prática esportiva da cidade e vai promover o que a cidade e sua gente necessita, integração e socialização, pois “somos uma cidade composta por gente de bem”, apontou a prefeita.

As obras do Complexo Esportivo, Júlio Domingos de Campos – Fiotão do entorno com uma praça de lazer e áreas serão complementadas ainda com a Biblioteca Municipal Farol do Saber, do Restaurante Municipal e a proteção da nascente do Córrego do Aeroporto que também está sendo urbanizado pela administração municipal.

“Por isso é importante integrar, verificar as finalizações das obras e que tudo fique dentro da lei e da ordem. Temos uma nascente, então é necessário estar dentro do estabelecido. O que queremos e entregar uma obra técnica e ambientalmente dentro das normas legais”, disse Lucimar Campos.

Leia mais:  AMM reivindica municipalização da regularização fundiária

Para a promotora de Justiça, Maria Fernanda Corrêa da Costa, a visita é importante pelo papel da justiça e dos órgãos de controle em promover e defender valores ambientais, urbanísticos que garantam um meio ambiente ecologicamente equilibrado para as presentes e futuras gerações.

“O diálogo é fundamental para que todos tenham ganhos, a Justiça, o Poder Público e a população. É uma obra de grande magnitude, que terá área verde de preservação da nascente do Córrego do Aeroporto, e o que queremos é que fique ambientalmente correta. Entendemos a preocupação da Administração Pública no que se refere ao meio ambiente. É uma grande obra que fará a diferença no contexto da cidade. Várzea Grande só tem a ganhar com o novo ‘Fiotão’. Almejamos o progresso da cidade’”, disse a promotora.

Lucimar Campos sinalizou toda sua expectativa com a obra que acabou acarretando alguns problemas como embargos ambientais, descumprimento por parte do Governo do Estado na liberação de emendas entre outras questões.

“Essa é uma das obras que estou ansiosa para entregar. Vai ser referência para a prática de esportes em toda a Baixada Cuiabana, Estado e um grande presente à cidade”. Além disso, como frisou a prefeita, “nada é mais importante do que o resgate da cultura de um povo. Nosso Fiotão foi o palco de importantes eventos como disputas internacionais de jogos de futebol de salão, Casamentos Comunitários, Formaturas de Universidades e Escolas, Concursos de Misses, posses de prefeitos e vereadores e inúmeros eventos. Agora, em 2019, vamos resgatar todas essas memórias e escrever novas histórias”, disse Lucimar Sacre de Campos.

As obras do Fiotão, conforme os técnicos da secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, atingiram 98% do projeto físico, englobando também a revitalização da Praça. Nessa etapa do cronograma, os serviços prestados são de pintura e ajustes que se fizerem necessários. A parte da rede elétrica e de iluminação do Ginásio já foi concluída, sendo interna e externa, toda em tecnologia LED, no entorno está sendo finalizados os serviços de urbanização e assentamento do pavimento das calçadas.

Leia mais:  “Dia D” dará agilidade ao atendimento de PCDs no Sine Municipal

Conforme o cronograma que vem sendo acompanhado pela secretaria de Educação, todo o complexo que integra a obra do ginásio será entregue ainda nesse segundo semestre. A revitalização da área externa vai transformar o acesso ao Fiotão em um grande espaço de lazer que será um novo cartão postal de Várzea Grande.

O secretário Silvio Fidelis, frisou que o complexo poliesportivo é uma obra moderna, representando a prosperidade e o respeito aos valores da família várzea-grandense. “A revitalização da área externa será uma forma carinhosa de acolher as famílias, os jovens e nossos atletas, sejam eles amadores ou não. O projeto arquitetônico, é ousado de padrão internacional, tudo novo desde telhado, pintura, piso, arquibancada, portas, janelas, sala de imprensa, calçadas, paisagismo, estacionamento, iluminação interna e externa com tecnologia em LED, além da revitalização de todo entorno do centro poliesportivo. As obras seguem em ritmo acelerado, para entregarmos dentro do planejado. É muito importante fiscalizar as obras nesta fase final, na verificação da qualidade e cumprimento do cronograma deste ano”, explicou o secretário.

“São tantas obras importantes que estão em andamento na nossa cidade, quer seja na saúde, infraestrutura, bem como as da educação. A nossa proposta de governo é trabalhar em conjunto, com as demandas da Câmara Municipal e obras apontadas pelos representantes das regiões. Esse trabalho integrado entre os vereadores, segmentos da sociedade e prefeitura é fundamental, pois são obras que irão impactar direto na vida do cidadão. O que queremos é o desenvolvimento e progresso de Várzea Grande. O novo Fiotão, representa tudo isso, a união e o resgate de nossas tradições, a história continuará sendo contada, a partir deste novo marco histórico”, finalizou a prefeita.

Por: Da Redação – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Continue lendo

Política MT

Policial

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262