conecte-se conosco


CIDADES

Saúde investe na Rede de Frio e muda estratégia de vacinação em Várzea Grande

Publicado


13/02/2020    8

A Secretaria de Saúde inicia a nova fase da campanha nacional de vacinação contra o sarampo. Crianças e jovens de 5 a 19 anos devem tomar a vacina contra esse vírus que iniciou em 10 de fevereiro de 2020. A 1ª etapa da Campanha Nacional contra o Sarampo se estende até o dia 13 de março de 2020. Já a 2ª etapa será realizada no mês de agosto tendo como público alvo na faixa etária de 30 a 59 anos. Com o tema “Mais proteção para a sua família”, a campanha visa sensibilizar pais e responsáveis sobre os riscos de não vacinar os filhos. O alerta é para reforçar que o sarampo é uma doença grave e que pode matar.

Segundo o secretário de Saúde, Diógenes Marcondes a Campanha tem por finalidade a atualização do cartão vacinal contra o sarampo, portanto o grupo etário que ainda não foi imunizado com a Tríplice Viral (Sarampo, Caxumba e Rubéola), será vacinado. Em relação a essa Campanha as Unidades de Saúde estão intensificando ações de imunização, em cada unidade se elaborou plano de ação focado no público alvo, ressaltando que o estoque do imunobiológico é suficiente para atender toda demanda da população.

“A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) criou um plano estratégico de intensificação da vacinação contra o sarampo na cidade. A estratégia possui frente de atuação com a realização de uma campanha para verificar a situação vacinal in loco de cada comunidade, e o aumento das ações para atingir a faixa etária recomendada para imunização, com isso, se exclui “Dia D” da campanha de vacinação contra o sarampo na cidade de Várzea Grande”, frisou o secretário.

A vacina está sendo realizada em todas as 19 unidades de saúde do município, que funcionam das segundas as sextas-feiras das 07h às 11h e das 13h as 17h, com o objetivo de atender toda a população de Várzea Grande.

Leia mais:  Campanha ‘Liga Anti Mosquito’ reforça combate ao Aedes aegypti em Cuiabá

“Vale ressaltar que a Tríplice Viral é realizada durante todo o ano na Atenção Primaria da Saúde de acordo com o Calendário Nacional de Imunização. Essa campanha se faz necessária devido ao grande número de casos de Sarampo no Brasil. O município não tem nenhum caso da doença, porém a imunização é para manter esta estatística positiva atual. Para receber a vacina é necessário estar portando cartão de vacina. O momento também é uma oportunidade para atualização do cartão de vacina,  para assim prevenir doenças que são imunopreviníveis e garantir a saúde, pois vacinar é um ato de amor”, explicou o secretário.

Rede de Frio: Integrando as políticas públicas da Vigilância em Saúde, a Secretaria de Saúde investiu na Rede de Frio Nível Central com acomodações modernas e sofisticadas das vacinas do município e  na aquisição de equipamento de ultima geração.

“Ao investir na compra de equipamentos modernos que vão proporcionar um controle maior dos imunobiológicos (vacinas), passando a ser acondicionados e monitorados com mais eficiência, a nova estrutura de Rede de Frio contempla todas as etapas do processo que vão desde o armazenamento, conservação, distribuição e transporte dos imunobiológicos até as unidades de saúde. O objetivo final da Rede de Frio é assegurar que todos os imunobiológicos  administrados mantenham suas características iniciais, a fim de conferir imunidade, haja vista que são produtos termolábeis, isto é, se deterioram depois de determinado tempo quando expostos a variações de temperaturas inadequadas à sua conservação. O calor acelera a inativação dos componentes imunogênicos. Nossos equipamentos contam com tecnologia de ponta de monitoramento e controle de temperatura,que garantem a qualidade da vacina,possuem alarmes audiovisuais que alertam para eventuais variações indesejadas de temperatura e também com bateria recarregável com capacidade de 48 horas a 72 horas de funcionamento, ou seja, na falta de energia tem capacidade de manutenção até o problema ser reestabelecido”, enfatizou Diógenes Marcondes, dizendo ainda o secretário que em  2019 o município fez a aquisição de conservadoras de vacinas que são equipamentos preconizados pelo Ministério da Saúde e se destinam ao armazenamento e conservação de grande quantidade de imunobiológicos.

Leia mais:  Coleta de lixo domiciliar será feita em três turnos a partir de março

“As medidas adotadas garantem a qualidade do armazenamento dos imunobiológicos dentro dos quesitos padronizados pelo Ministério da Saúde, que reforçou melhorias na garantia da qualidade de armazenamento  do imunobiológico, o qual passou a operar dentro dos parâmetros de temperatura recomendados pelo Ministério da Saúde; além de  melhoria na organização do processo de trabalho dentro das unidades de saúde com a padronização de todas as salas de vacina  do município”, sublinhou o secretário.

De acordo ainda com secretário, no âmbito estrutural da Rede de Frio Nível Central, a estrutura física e operacional receberam reformas em geral para armazenamento dos imunobiológicos e insumos, que são distribuídos para as salas de vacina do município. Considera-se que as mudanças estruturais realizadas representam avanço expressivo na área demandada que tem contribuído e garantido a qualidade das vacinas ofertadas à população.

A Rede do Frio de Nível Central conservadora possui aporte de aproximadamente 150 mil doses de vacinas. “Vale destacar que todos os profissionais que atuam nas salas de vacinas foram qualificados quanto ao manuseio dos equipamentos na garantia do uso adequado dos equipamentos”, afiançou Diógenes Marcondes.

A Rede de Frio está localizada na Secretaria Municipal de Saúde na Avenida da FEB e também nas 19 salas de vacinas (nível local) distribuídos por toda cidade.   Atualmente, o nível local funciona nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município.

 

Por: Cláudia Joséh – Secom/VG

Comentários Facebook

CIDADES

RedeSim de Cuiabá recebe representantes de unidades de Várzea Grande e Rondonópolis para cooperação

Publicado


A equipe da RedeSim de Cuiabá recebeu na manhã da última quinta-feira (20), representantes das unidades de Várzea Grande e Rondonópolis para uma momento de formação e troca de experiências. Com sete anos de funcionamento, a RedeSim da capital mato-grossense é referência em agilidade e desburocratização na emissão de alvarás e agora também na orientação para abertura de MEI.

“A RedeSim é um mecanismo centralizado na sobreloja da Prefeitura que tem tido sucesso nos últimos seis meses dobrando o número de licenciamentos, dando mais agilidade ao processo de emissão de alvarás, que hoje é emitido em 48h ao contribuinte, esta é a determinação do prefeito Emanuel Pinheiro. Integração é sempre um aprender com o outro, nós de Cuiabá temos a RedeSim há mais tempo, mas cada um tem algo a contribuir para melhorar o andamento dos trabalhos e beneficiar os contribuintes de seus municípios. Agradeço a presença de todos e desejo um bom encontro aos colaboradores”, declarou o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Juares Samaniego.

A Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim) é um programa federal, implementado em Cuiabá em 2013. O Município foi o primeiro de Mato Grosso a implantar o sistema, facilitando o atendimento aos empresários com serviços como abertura de estabelecimentos, emissão de alvarás e afins.

Leia mais:  Secretaria recebe computadores para Escola do Servidor; atividades começam neste ano

“Quero agradecer a presença de todos e dizer que a nossa secretaria está à disposição para trocar ideias e que seja um bom curso para todos nós”, ressaltou o secretário-adjunto de Fazenda, Carmindo de Campos Neto.

A RedeSim é um convênio entre a Secretaria de Fazenda, Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano e Secretaria de Ordem Pública. Recentemente, a Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico se juntou as demais Pastas para maior comodidade do contribuinte em resolver o máximo de processos burocráticos em um único local.

 “A RedeSim é uma ação integrada de várias secretarias e recentemente a Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico se juntou ao grupo. As aberturas de MEI e orientação que ficavam na nossa sede veio para a agência da RedeSim. Estamos com dois técnicos para dar todas as orientações necessários sobre a empresa MEI. Nós estamos formalizando as pessoas, um trabalho para sensibilizar os ambulantes, por exemplo, para que formalizem seus negócios. Além de fornecermos capacitação em parceria com outras instituições, para gerar emprego e renda à nossa Capital. Gostaria de parabenizar a Secretaria de Meio Ambiente e Fazenda por ser referência nos serviços da RedeSim”, pontuou a secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Débora Marques.

Leia mais:  Semob e parceiros trabalham em campanha de prevenção a acidentes no período de carnaval

Durante o dia os profissionais das três unidades compartilharam suas experiências e modos operacionais sobre a Lei de Liberdade Econômica e como facilitar a vida do contribuinte, aumentando assim os investimentos em seus municípios.

“Para nós é um prazer estar aqui nesta oportunidade que Cuiabá nos proporciona em discutir ideias sobre a Leia da Liberdade Econômica, é uma gentileza de vocês, muito obrigada”, disse o representante da RedeSim de Várzea Grande, Maxwel Silva Alves. O representante de Rondonópolis também agradeceu pela receptividade e abertura na troca de informações. Nós todos somos público, Estados e Municípios, estamos aqui para desenvolver um trabalho de qualidade e queremos aprender com a experiência de vocês. Agradeço sinceramente ao senhor secretário e ao senhor Dioclides pela recepção”, finalizou o representante da Vigilância Sanitária de Rondonópolis, Edson Wander Pina.

O atendimento na agência da RedeSim Cuiabá, localizada na sobreloja da Prefeitura de Cuiabá acontece de segunda-feira à sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

Alunos da rede pública municipal de Educação começam a receber kits escolares em março

Publicado


Os quase 53 mil alunos matriculados na rede pública municipal de Ensino de Cuiabá começarão a receber em março a reposição dos uniformes e os kits escolares. A ação faz parte do programa iniciado em 2018 com a distribuição de material escolar para os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA).  

Ao longo dos últimos anos a gestão municipal por meio da Secretaria de Educação vem ampliando o alcance do programa. Em 2020 serão entregues aos alunos matriculados nas 164 unidades educacionais tênis, a reposição dos uniformes escolares (para os alunos que já estavam matriculados em 2019) e, para os novos, kit uniforme e o kit escolar.

O anúncio já havia sido feito pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, em várias ocasiões uma delas, na abertura do ano letivo 2020 em janeiro, durante a aula inaugural.  Emanuel Pinheiro, disse que a entrega de uniformes e material escolar gratuitamente aos estudantes matriculados na rede é a realização de um sonho que sempre o acompanhou, desde quando era deputado estadual. “Sempre entendi que o uniforme escolar, além de uma identidade, é também o resgate e a valorização da criança. Este ano, estamos ampliando o programa que teve inicio com a entrega de material escolar para os alunos da Educação de Jovens e Adultos, com a entrega dos kits para todos os cerca de 53 mil alunos da rede, da Educação Infantil até a Educação de Jovens e Adultos. Os kits dependendo da idade da criança contêm agendas, cadernos, lápis, canetas, borrachas, lápis de cor, réguas, esquadros e outros itens. E isso vai acontecer até o último dia da minha gestão, para avançarmos ainda mais no cuidado com as nossas crianças”, disse o prefeito.

Leia mais:  Secretaria recebe computadores para Escola do Servidor; atividades começam neste ano

A secretária adjunta de Educação, Edilene Machado explicou como será feita a entrega dos kits.  “Vamos começar pelos tênis, em seguida os uniformes de reposição, e os kits de material escolar, finalizando com os uniformes para os alunos novos. Como é um volume muito grande de itens, eles serão entregues nas unidades educacionais e posteriormente aos alunos”, disse a secretária-adjunta lembrando que a reposição do kit uniforme para os alunos que já estudavam na rede no ano passado será de um short ou short-saia e uma camisa.

Os kits uniforme (para os alunos novos)  são compostos de , mochila, duas camisetas e dois shorts ou dois shorts-saias para os alunos de 0 a 5 anos.  Os alunos do 1ª Ciclo (de 6 a 9 anos) duas camisetas, dois shorts ou dois shorts-saias, e alunos do 2º Ciclo (de 9 a 14 anos), inclusive os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA), duas camisetas.

Já o kit escolar é composto por uma agenda para as crianças de 0 a 1 ano e para as crianças de 2 anos, uma agenda e uma garrafa squeezze. A partir de 3 anos, de acordo com o Ano escolar, o kit passa a incorporar outros itens como apontador, caixa de lápis de cor, cola, tesoura sem ponta, caderno de desenho A3, caixa de gizão de cera, estojo, conjuntos de régua e esquadros e cadernos de espiral. As garrafas squeeze serão entregues a todos os alunos. Para as crianças de 4 e 5 anos e do 1º Ciclo, os kits escolares reúnem 12 itens e do 2º Ciclo e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), 18 itens.

Leia mais:  Prefeitura de Cuiabá convoca aprovados nas funções de professor e TDI

O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos, falou sobre o programa continuado de uniforme e material escolar.  “Temos uma série de frentes de trabalho e, tão importante quanto adequar a estrutura física da rede, onde avançamos muito, com a entrega em 2019 de 47 grandes obras, é avançarmos também no pedagógico e nas condições para que os nossos alunos possam se desenvolver cada vez mais. Por isso temos trabalhado muito nos vários programas implementados na rede como o Climatizar é Humanizar, de Inteligência Emocional, de Alfabetização e também no programa dos kits uniforme e material escolar. É um conjunto de ações  que estão sendo ampliadas com um unico objetivo,  os  alunos”, destacou.   

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262