conecte-se conosco


MT

Seciteci divulga a lista dos aprovados para trabalhar como professores temporários

Publicado


A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) divulga a lista com candidatos aprovados  no processo seletivo para a contratação de professores temporários.  O resultado final está disponível no Diário Oficial, publicado nesta terça-feira (23) AQUI.

Após análise curricular de 584 inscritos, 144 pessoas foram selecionadas para a etapa de entrevistas que foram realizadas de forma virtual e deste total, 122 foram escolhidas para atuar na conclusão de cursos técnicos que estão em andamento, mas foram suspensos por conta da pandemia.

Os professores vão trabalhar nas Escolas Técnicas Estaduais (ETE’s) de Sinop, Rondonópolis, Barra do Garças, Diamantino, Tangará da Serra, Lucas do Rio Verde, Alta Floresta e Poxoréu. Os primeiros classificados deverão ser convocados ainda em março de acordo com demanda de cada escola.

A base salarial é a mesma de professores efetivos e segue conforme a carga horária de cada profissional, que pode ser de 20, 30 ou 40 horas, portanto pode variar de R$2,4 mil a R$4,8 mil.

Leia mais:  Artista plástico homenageia personalidades mato-grossenses com exposição de bustos

Em breve será lançado um edital complementar para as vagas que não foram preenchidas, por falta de candidatos classificados.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

MT

Deputados aprovam projeto que institui Conselho Estadual de Direitos Humanos

Publicado


Foto: Marcos Lopes

Reunidos em sessão plenária nesta quarta-feira (24), os deputados de Mato Grosso aprovaram duas mensagens governamentais. Em segunda votação, os parlamentares aprovaram o Projeto de Lei 75/2021, mensagem 20, do Governo do Estado, que institui o Conselho Estadual de Direitos Humanos (CEDH/MT). Aprovado em segunda votação, o projeto vai ao expediente.

Os deputados também aprovaram o Projeto de Lei 77/2021, em primeira votação, que altera a Lei 8.620, de 28 de dezembro de 2006, que institui a cobrança de pedágio nas rodovias estaduais. O PL depende agora de segunda votação em plenário.

Em segunda votação, os deputados aprovaram o Projeto de Lei 108/2021, de autoria da Mesa Diretora, que dispõe sobre os subsídios da carreira dos Procuradores da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, sem aumento de despesas e em conformidade com a ADI n° 6436/MT, julgada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Em seu artigo 1º, o PL 108/2021 diz que os cargos de provimento efetivo da carreira de Procurador da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso serão remunerados por subsídio, nos termos da parte final do inciso XI do Art. 37 da Constituição da República e do §3º do Art. 45-A da Constituição do Estado de Mato Grosso, escalonados conforme as respectivas classes, sendo a diferença entre uma e outra de 5% (cinco por cento). 

Leia mais:  Sede do Procon-MT em Cuiabá suspende atendimento presencial nesta quinta e sexta-feira (25 e 26)

Durante a sessão, o presidente da Casa de Leis, deputado Max Russi (PSB), leu requerimento de pedido de licença médica do deputado Thiago Silva (MDB), por 121 dias, que foi aprovado em plenário, determinando ainda a posse imediata do suplente Romoaldo Júnior (MDB).

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

MT

Estado notifica órgãos de controle sobre bloqueio de UTIs no Pronto Socorro de Cuiabá

Publicado

Supervisão constatou a indisponibilidade de leitos adultos e pediátricos por falta de medicamentos e profissionais. Unidade hospitalar municipal é referência para o tratamento da Covid-19 em Mato Grosso

Por Ana Lazarini  – A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou a Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, o Tribunal de Contas do Estado e o Ministério Público Estadual e Federal sobre o bloqueio de 38 leitos de Terapia Intensiva para o tratamento da Covid-19 no Hospital e Pronto Socorro Municipal da capital.

O Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá conta com 95 leitos de UTI pactuados, mas apenas 57 vagas estão disponíveis para a regulação – sendo que 56 já estão ocupadas nesta quarta-feira (24.02). O fato leva ao descumprimento do Plano de Contingência Municipal e Estadual e do Termo de Compromisso Emergencial, firmado junto ao Tribunal de Contas.

Dos 38 leitos indisponíveis, 23 estão na ala adulto e 15 na ala pediátrica. Conforme o relatório da supervisão, o bloqueio se dá por falta de medicamentos e falta de médico cirurgião pediátrico.

O bloqueio do alto número de leitos de Terapia Intensiva impacta diretamente na taxa de ocupação hospitalar das UTIs pactuadas pela rede do Sistema Único de Saúde (SUS) em Mato Grosso. Nesta quarta-feira (24.02), foi registrada a ocupação de 81,44% dos leitos para adultos, mas no dia anterior era de 72,85%.

Leia mais:  Mauro Mendes prorroga novamente o vencimento do IPVA em Mato Grosso

Também é importante ressaltar que os leitos de enfermaria do Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá registram 26% de ocupação, enquanto as enfermarias dos Hospitais Metropolitano e Santa Casa, também da Baixada Cuiabana, registram 81% e 58% respectivamente.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262