conecte-se conosco


Cuiabá

Secretária alerta que sistema em breve ficará saturado e destaca que responsabilidade de evitar colapso na saúde é de todos

Publicado

Ozenira Félix pede disciplina por parte de cada cidadão para evitar colapso da rede de saúde

 

Com o número de casos de Covid-19 em crescimento, tem aumentado também a procura da população por atendimento na rede pública e privada de saúde, o que tem superlotado algumas unidades. De acordo com a secretária municipal de Saúde, Ozenira Félix, isso é reflexo do comportamento de parte da sociedade, que optou por participar de festas no final do ano e também viajar neste período de férias. 

Por CELLY SILVA – “Os reflexos das aglomerações são os que a gente mais consegue identificar e medir. É batata! Você viu acontecendo, em seguida o nosso pessoal faz as projeções e acontece. A gente tem tentado organizar o sistema da melhor maneira possível, mas, com os aumentos, fica muito difícil. A população precisa entender que nesse momento agora nós precisamos que as pessoas saiam apenas para aquilo que é necessário. Só o necessário, não podemos mais ter essa questão de festa, essa questão de ‘vou ali’ para aquilo que você não precisa. Você precisa trabalhar, vai sem aglomeração. Se a gente não tiver essa consciência, nós vamos perder muito mais pessoas, tanto que agora tivemos de novo uma subida de mortes”, afirmou.

Leia mais:  Renivaldo sugere utilizar emendas para compra de vacinas contra covid

Após quase um ano da chegada da pandemia de Covid-19 em Cuiabá, com uma série de ações tomadas pela Prefeitura para preparar a rede de saúde, informar a população e reduzir a circulação de pessoas, através de decretos com restrições de funcionamento dos estabelecimentos, a secretária afirma que, agora, a responsabilidade maior é de cada indivíduo em tomar os cuidados necessários e se preocupar com as pessoas com quem convive para evitar o contágio.

“Nós chegamos à conclusão que não adianta ficar editando tantos decretos, mandando todo mundo ficar em casa e o pessoal continuar tentando burlar isso. As pessoas têm que entender que a responsabilidade não é só do poder público, é de cada pessoa. Cada pessoa tem que saber a sua responsabilidade. No início, o prefeito Emanuel Pinheiro editou decretos, criou todas aquelas exceções porque a gente precisava organizar a rede. Hoje, a gente tem a rede organizada, temos leitos, estamos nos preparando para a vacina, mas, neste momento, a responsabilidade tem que ser da população”, aponta Ozenira.

Conforme a gestora da Saúde municipal, as unidades de saúde já estão com a capacidade de atendimento prejudicada em sua integralidade porque muitos procedimentos eletivos foram suspensos durante a pandemia, mesmo assim, diversas patologias e agravos continuam ocorrendo e gerando demandas urgentes. “Nós temos que cuidar das outras patologias também. Nós temos gente sofrendo, gente precisando de cirurgia, de acompanhamento, mas nós temos os profissionais todos correndo atrás de Covid”, explica.

Leia mais:  Edna cobra sistema de informações da SMS sobre vacinados contra Covid

Ozenira Félix complementa ainda que a situação dos leitos no interior já está saturada, fazendo com que Cuiabá receba pacientes oriundos de outros municípios e até mesmo de outros estados em suas Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s), policlínicas e hospitais. Diante disso, ela pede que os usuários do SUS que tenham sintomas leves procurem as unidades básicas de saúde mais próximas de suas casas para evitar aglomeração nas unidades de atenção secundária, evitando contágio (pois esses locais são mais propícios à contaminação) e contribuindo com o fluxo mais assertivo da rede, com menos tempo de espera. A secretária explica que essa disciplina é necessária porque “não é possível funcionar com superlotação” e que, caso a população não faça sua parte, “logo nosso sistema estará saturado também”, alerta.

Fonte: PMC

Comentários Facebook

Cuiabá

Ouvidoria monta posto de atendimento no Centro de Vacinação para facilitar recebimento de manifestações

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

Visando facilitar o processo de recolhimento das manifestações da população, relacionadas à campanha municipal de imunização “Vacina Cuiabá – sua vida em primeiro lugar”, a Ouvidoria Geral do Município (OGM) montou um posto de atendimento no Centro de Eventos do Pantanal. No local, o munícipe tem total acesso ao exercício da cidadania, podendo formalizar sugestões, reclamações, elogios ou denúncias sobre o serviço ofertado.   

O atendimento na estrutura itinerante funciona durante os sete dias da semana, no período das 7h às 22h. Para garantir que o local conte sempre alguém disponível para o recebimento da demanda, a Ouvidoria Geral montou um escala de trabalho com sete servidores. Além disso, seguindo a determinação da Lei de Acesso à Informação (LAI), Lei nº 12.527, é garantido total anonimato ao cidadão.

Somado a esse posto de atendimento, a OGM continua também recebendo as manifestações dessa e de outras áreas pelo 0800 645 01 56, WhatsAPP (65) 9-9263-9779, e-mail: ouvidoria.cuiaba@cuiaba.mt.gov.br, e em sua sede, localizada Av. Mato Grosso, nº 453. O secretário de Governo, Luis Claudio, reforça que a gestão está atuando em parceria com outras entidades para garantir a transparência, controle e, principalmente, respeito ao cidadão.

Leia mais:  A pedido de Emanuel, vice-prefeito articula com senador Fávaro e garante R$ 12 mi à Saúde

“Estamos facilitando o recebimento de denúncias, para que possamos apurar a veracidade do fato. Nada mais justo que esse procedimento tenha início pela Ouvidoria, que já se instalou no local e ainda mantém seus outros canais ativos. A população aguarda ansiosa pelo seu momento de se vacinar. Então, não vamos admitir que nenhum servidor burle o cronograma e, se assim o fizer, todas as providências serão tomadas”, afirma o secretário.

Em relação às denúncias de pessoas que, supostamente, estariam ‘furando fila’ no plano de imunização, a titular da Secretaria de Saúde, Ozenira Félix, afirmou em entrevista concedida na segunda-feira (25) que o trabalho é feito com total transparência e que, caso alguma irregularidade seja constatada, as sanções cabíveis serão aplicadas ao infrator. De acordo com a Pasta, até ontem, 4.134 pessoas foram vacinadas pela Prefeitura de Cuiabá. 

“Está muito bem definido no plano nacional que são trabalhadores da saúde, e isso envolve o recepcionista, o pessoal de limpeza, o médico, a enfermeira, enfim, todos são trabalhadores da saúde. Os trabalhadores que foram denunciados até agora, são porque não são profissionais de saúde com formação, mas sim trabalhadores na Saúde. Mas vamos apurar qualquer desvio e dar sanções em caso de irregularidade”, disse. 

Leia mais:  Vice-prefeita de Santo Antônio destaca trabalho desenvolvido pela Sala da Mulher da Câmara

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Secretaria trabalha no fortalecimento do turismo da capital, diz Iracilda Botelho

Publicado

Diante do cenário de pandemia da COVID-19, a Secretaria de Turismo trabalha para fomentar o setor

 

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Turismo, vem trabalhando para o fomento ao setor na capital e associa comodidade a prestação do serviço por meio da criação dos Centros de Atendimento ao Turista, batizados como CAT Móveis. 

Por Carolina Miranda – Duas vans equipadas com computador, internet, ar-condicionado e espaço para atender os turistas  serão disponibilizadas pela capital e comunidades próximas, podendo ser também um instrumento de captações de novas guias turísticos da região.

“Estamos elaborando uma agenda de circulação desses veículos, e em breve estaremos divulgando os locais onde eles estarão presentes. A proposta é a realização de visitas técnicas in loco para levantamento das necessidades e interesses dos moradores das localidades em participarem das capacitações”, disse a secretária municipal de Turismo”, Iracilda Dantas Botelho.

Além dos CAT Móveis Cuiabá, revitalizar os pontos de atendimento físico é outra ação importante para 2021. A ideia é reformar o Centro de Atendimento ao Turista da Praça Rachid Jaudy, no Centro da Capital e do Aeroporto em parceria com a cidade vizinha, Várzea Grande.

Leia mais:  Vice-prefeita de Santo Antônio destaca trabalho desenvolvido pela Sala da Mulher da Câmara

Dentre as propostas previstas está também a revitalização do Museu do Rio, já em fase de execução. “Quando pronto, como forma de movimentar o turismo local, reiniciaremos as feiras gastronômicas e artesanais, bem como apresentações de shows regionais e peças teatrais”, acrescentou Iracilda.

Diante do cenário de pandemia da COVID-19, a Secretaria de Turismo trabalha para fomentar o setor, seguindo todas as recomendações de biossegurança, pensando sempre na saúde pública em primeiro lugar.

“Trabalhar com turismo é trabalhar com sonhos. Os serviços não vendem só produtos. Vendem expectativas, vendem experiências e por isso temos que pensar na renovação constante, tendo sempre uma nova perspectiva. Estamos focados em ações que possamos aproveitar o que já temos, de equipamentos públicos e também o que o povo cuiabano tem de melhor para oferecer, a nossa cultura que é muito rica. Temos muito a explorar e estamos colocando as ideias no papel para num futuro breve as colocarmos em prática”, concluiu Iracilda.

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262