conecte-se conosco


CIDADES

Segunda etapa de festival de arte urbana abre espaço para músicos LGBT+

Publicado

Assessoria Rota em Movimento

Clique para ampliar

Nesta sexta-feira (08), a Praça Santos Dumont será mais uma vez ocupada com arte urbana. A 6ª edição do festival “Rota em Movimento-Street Art Cuiabá” acontece a partir das 19h30 e abre espaço para músicos LGBT+. Na programação, Hendson Santana, Sophie, Lucas Tomaz, Flor de Lis, Monyzze e Fabrício Reys. O festival é promovido pelo Urbe Coletiva e foi dividido em quatro eventos com a proposta de um circuito cultural. A participação é gratuita.

A abertura da 6ª edição do “Rota em Movimento-Street Art Cuiabá” ocorreu, 11, de outubro na Praça Santos. O Urbe Coletiva foi um dos vencedores do edital do Fundo Municipal de Cultura de 2019, dentro do Segmento de Artes Visuais Coletivas.

Uma das atrações da noite, DJ Yohan Matheus é mais conhecido nas noites cuiabanas como ‘Flor de Lis’. Para o evento seu setlist terá pop, funk e eletrônica. Já o jovem Lucas Tomaz, que também anima a noite, prefere os estilos R&B, Hip Hop, Trap e Soul. Ele foi um dos artistas que cantou no lançamento do Miss Gay 2019.

Leia mais:  Painel de casos de Covid-19 em Cuiabá desta quinta-feira (28)

Tomaz aponta a importância de ter um espaço com a proposta do festival de que todos os gêneros possam ocupar e sentir que são aceitos. “Na real, o que mais vejo é balada direcionada ao meio gay o que às vezes exclui o resto da comunidade, como as lésbicas e Trans. Eu acho muito importante, termos os nossos lugares e mostrar que existimos, dando oportunidade para o resto da comunidade. Esse tipo de evento do “Rota em Movimento-Street Art Cuiabá” é muito importante porque ajuda os artistas LGBT+ trabalharem em sua própria temática LGBT+”, comenta Tomaz.

Exposição de quadros, brechós, artesanatos e um espaço gastronômico, que contará com o “Espeto da Mortari”, fazem parte da programação. Os participantes poderão acompanhar os artistas Túlio Fernandes, goiano, formado em Design Gráfico, que tem como inspiração xilogravuras de cordel e o universo colorido e alegre dos circos. Na área de ilustrações já fez cartazes para as bandas Heróis de Botequim, Carne Doce, Vida Seca, Grace Carvalho e Porcas Borboletas. Além de Túlio, o público também poderá acompanhar ao vivo as intervenções Hermano, Agnes, Leh Perondi, Luiz Pirata, Victor Guma, Presto23, Bruna Ferreira, Jean Siqueira (SIQ), Eliz Haddad, Gabriela Mello e Mia Brandão.

Leia mais:  Painel de casos de Covid-19 em Cuiabá desta terça-feira (26)

**com assessoria Rota em Movimento

Comentários Facebook

CIDADES

Com queda de 23,5% do FPM em maio, municípios devem receber R$ 2 bilhões de recomposição

Publicado

por

A parcela de junho da recomposição do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) deve chegar a R$ 2,37 bilhões. A estimativa é da Confederação Nacional de Municípios (CNM) com base nos valores do FPM de maio deste ano e do ano passado. De acordo com a Medida Provisória (MP) 938/2020, de 2 de abril de 2020, os Entes municipais irão receber da União uma complementação do FPM, referente aos meses de março a junho, quando houver queda na arrecadação.

Da AMM – Dessa forma, os gestores terão garantidos, pelo menos, os mesmos valores de 2019. A medida tem como objetivo mitigar os impactos econômicos negativos da pandemia do novo coronavírus nos cofres públicos. As parcelas, que são depositadas como Apoio Financeiro, caem até o 15º dia útil do mês posterior ao mês de variação.

Para o cálculo do valor esperado para junho, a CNM considerou que, em maio de 2019, os Municípios receberam um FPM bruto de R$ 10.094.663.856,35. No mesmo período deste ano, foram R$ 7.722.429.076,66. Segundo os dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o acumulado do mês de maio de 2020 registra, portanto, queda de 23,50%.
Vale destacar ainda que, do total de cidades brasileiras, apenas 10 não terão recomposição do Fundo porque não sofreram queda no FPM de maio. Essa já é a terceira e penúltima parcela prevista na MP. Em abril, os gestores receberam o montante no dia 14; em maio, o depósito ocorreu no dia 7; e, para junho, espera-se que isso ocorra nos próximos dias. A CNM reforça que, por se tratar de auxílio, não há desconto para o Fundeb; e os valores não compõem a base de cálculo para repasse ao Legislativo local a título de duodécimo.

Leia mais:  Municípios aguardam hoje a sanção do projeto de lei que garante auxílio emergencial

Veja quanto seu Município deve receber de complementação do FPM em junho.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

Painel de casos de Covid-19 em Cuiabá desta segunda-feira (1º)

Publicado

por

 Nesta segunda-feira (1º), Cuiabá tem 795 casos confirmados de residentes no município e 257 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Destes, 216 já estão recuperados da doença e houve 11 óbitos de residentes e 16 de não residentes. Na rede hospitalar há 104 pacientes confirmados com Covid-19 internados, sendo 57 na UTI e 47 em enfermaria. Também estão internados 109 pacientes com suspeita da doença, sendo 45 na UTI e 64 em enfermaria.

Por ROBERTA PENHA – O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho lamentam o óbito confirmado nesta segunda-feira na capital. A vítima era homem, tinha 76 anos e faleceu na segunda-feira (1º) no Hospital de Referência para COVID-19. Ele estava internado no hospital desde 19/05.

Comentários Facebook
Leia mais:  Painel de casos de Covid-19 em Cuiabá desta quinta-feira (28)
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262