conecte-se conosco


MT

Shows de humor e feira de mulheres empreendedoras agitam espaços culturais da Secel

Publicado

Para quem busca uma feirinha com programação cultural, artesanato e gastronomia, a dica da semana é a 4ª edição do Expomulheres – Feira de Empreendedoras, que ocorre neste sábado (09.11), no Centro Cultural Casa Cuiabana. A entrada é gratuita. A 4ª Expomulheres contará com 37 expositoras e apresentação de danças e MPB. 

No Cine Teatro Cuiabá, personagens do humor mato-grossense como Nico e Lau, Almerinda, Pitú, Xô Dito e outros, reúnem-se para alegrar as noites do público no show ‘Refestelá’. O espaço cultural ainda conta com o espetáculo ‘A última dança’, encenado por Sarah Mitch.

O mercado da música será foco do debate nesta terça-feira (12.11), às 19h30, no Palácio da Instrução, em Cuiabá. O evento ‘Afinando – Roda de Conversa’ é gratuito e voltado para profissionais do segmento da música de Mato Grosso, e as inscrições estão abertas.

Nas artes visuais, ainda dá tempo para conferir a exposição Sen[s]ação, na Galeria de Artes Lava Pés, com obras de Vitória Basaia, Gonçalo Arruda, Junne Fontenelle, Marcelo Velasco e Miguel Penha. A agenda cultural inclui opções de visitas mediadas ao Museu de História Natural Casa Dom Aquino, Museu de Arte Sacra e Residência dos Governadores. Todos os espaços culturais são geridos pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) e/ou mediante contratos de gestão compartilhada. 

No interior de Mato Grosso, Primavera do Leste transforma-se no palco do Festival Velha Joana, que contará com apresentações de teatro e dança, além de encontros, performances e intervenções artísticas. A 13ª edição do Festival Velha Joana começa nesta sexta-feira (08.11), reunindo 62 apresentações até 17 de novembro.

Confira a programação

Palácio da Instrução

Profissionais da cadeia produtiva da música reúnem-se na terça-feira (12.11), às 19h30, no Palácio da Instrução, em Cuiabá, para debater sobre o segmento, expor as principais demandas e desafios do setor. O evento ‘Afinando – Roda de Conversa’ é gratuito, e tem o objetivo de subsidiar o planejamento de ações da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) voltadas ao mercado da música em Mato Grosso. As inscrições estão abertas e podem ser feitas neste link.

Serviço: 
Quando: 12/11
Horário: 19h30
Onde: Palácio da Instrução. Rua Antônio Maria, 151, Centro de Cuiabá.
Ingresso: Gratuito
Inscrições: Gratuitas pelo link: www.sympla.com/matogrossocriativo
Informações: (65) 3613.0240

Casa Cuiabana

4ª edição do Expomulheres 

Artesanatos, moda afro, produtos importados, diferentes guloseimas e até produtos sensuais são algumas das ofertas da 4ª edição do Expomulheres – Feira de Empreendedoras, a ser realizada neste sábado (09.11), entre 16h e 21h, no Centro Cultural Casa Cuiabana, com entrada gratuita.

A 4ª Expomulheres contará com 37 expositoras, que se uniram para se fortalecerem e gerar oportunidades para as mulheres empreendedoras de Cuiabá e região. Na programação cultural, haverá apresentação de dança cigana, com o grupo Resgate de Ser Mulher, e de dança do ventre e dança cigana-árabe, com o grupo Hayat Dance. A dupla feminina “Dani e Jô” interpretará, ao vivo, o melhor da MPB e Pop Internacional. Ainda haverá um bate-papo com a enfermeira Beluci Soares, do Espaço Maternitá, sobre prevenção do câncer de mama.

Serviço:
Quando: 09/11
Horário: 16h às 21h
Onde: Centro Cultural Casa Cuiabana. Rua General Vale, 181, bairro Bandeirantes.
Entrada: gratuita
Informações: Instagram @expomulheres e pelos telefones (65) 9 8109-3100 e 9 99625-5350

Cuiabá 300 Cores

A Casa Cuiabana recebe a partir de 14 de novembro a ‘Exposição de Artes Visuais Cuiabá 300 Cores’, projeto que consiste na formação, produção e exposição de obras de artes contemporâneas nas linguagens de artesanato, pintura em tela, música e audiovisual.  

A proposta dessa exposição coletiva é difundir o trabalho de artistas renomados e divulgar os novos artistas, além de contribuir para o fortalecimento dos vínculos com a identidade cuiabana a partir da visibilidade de manifestações culturais da capital mato-grossense. A mostra contará com trabalhos dos artistas como  Victor Hugo, Dilson de Oliveira, Ariston de Souza, Neusa Barbosa Moura, Régis Gomes e Valdemar Souza. 

Serviço:
Quando: 14/11 a 14/12
Horário: 8h às 12h e 14h às 18h
Onde: Centro Cultural Casa Cuiabana. Rua General Vale, 181, bairro Bandeirantes.
Entrada:
Informações: (65) 99643-3001 / 99906-5449 / biapinheiroproducoes@gmail.com / https://www.facebook.com/Cuiab%C3%A1-300-cores-102485161168219/ 

Cine Teatro Cuiabá

Refestelá

É um show de risos proporcionados pelos personagens Nico e Lau, Almerinda, Creonice, Pitú, Xô Dito, Totó Bodega, Tchó e Béppi. O espetáculo será gravado para ir ar na grade da rede Centro América, mostrando a cultura mato-grossense com os famosos personagens do humor mato-grossense. Classificação 12 anos.

Leia mais:  Pesquisa prevê tendência epidemiológica de Covid-19 em Mato Grosso

Serviço:
Quando: 09 e 10/11
Horário: 20h
Onde: Cine Teatro Cuiabá – Av. Pres. Getúlio Vargas, 247 – Centro, Cuiabá – MT, 78005-600
Ingresso: R$ 20 (inteira) R$ 10 (meia)
Informações: (65) 2129-3848 e contato@cineteatrocuiaba.org.br / http://cineteatrocuiaba.org.br/programacao/

Palestra Empreendedorismo Cultural com Luciano Vendrame e Fábio Mezzacasa 

Os atores que interpretam os colonos italianos Tchó e Beppi apresentam, de forma descontraída, como foi a transição entre de simples brincadeira para o negócio que mudou as suas vidas. Classificação 16 anos.

Ficha Técnica – Produção Executiva: Ação Cultural. Produção: Ítalo Brasil Produções. Coordenação: Viviene Lozi. Direção: Eduardo Espíndola. Assistente de Produção: Walyson Oliveira.

Serviço:
Quando: 11/11
Horário: 19h
Onde: Cine Teatro Cuiabá – Av. Pres. Getúlio Vargas, 247 – Centro, Cuiabá – MT, 78005-600
Ingresso: Gratuito
Informações: (65) 2129-3848 e contato@cineteatrocuiaba.org.br / http://cineteatrocuiaba.org.br/programacao/

Fabiano Mezzacasa e Luciano Vendrame: Colonos Sim, baúco não!

Tchó e Béppi são descentes de italianos, migrantes do sul do Brasil e narram divertidos causos de como é a vida no campo e a importância da agricultura na vida de todos nós. Classificação livre.

Ingressos: Ficha Técnica – Atores: Fabiano Mezzacasa (Béppi) e Luciano Vendrame (Tchó); Produção Executiva: Ação Cultural. Produção: Ítalo Brasil Produções. Coordenação: Viviene Lozi. Direção: Eduardo Espíndola. Assistente de Produção: Walyson Oliveira.

Serviço:
Quando: 12/11
Horário: 20h
Onde: Cine Teatro Cuiabá – Av. Pres. Getúlio Vargas, 247 – Centro, Cuiabá – MT, 78005-600
Ingresso: R$ 20 
Informações: (65) 2129-3848 e contato@cineteatrocuiaba.org.br / http://cineteatrocuiaba.org.br/programacao/

Sarah Mitch – A Última Dança

Um show com referências internacionais, passando por temas como política, funk, cabaré e disco! Sarah comemora seus 20 anos e pretende dar um tempo em sua carreira depois de ‘A Última Dança’. Classificação 12 anos.

Ficha Técnica – Produção e Direção: Sarah Mitch. Direção Vocal: Jefferson Neves. Direção Musical: Eduardo Pesente. Co-produção: André D’Lucca e Menotti Griggi; Coreográfas: André Britney. Iluminação: Hiald. Figurinos: Nilsa Silva.

Serviço:
Quando: 14/11
Horário: 20
Onde: Cine Teatro Cuiabá – Av. Pres. Getúlio Vargas, 247 – Centro, Cuiabá – MT, 78005-600
Ingresso: R$ 40 (inteira) R$ 20 (meia) Meia solidária: R$ 20 + 1L de Leite
Informações: (65) 2129-3848 e contato@cineteatrocuiaba.org.br / http://cineteatrocuiaba.org.br/programacao/

Museu de História Natural Casa Dom Aquino

A Casa Dom Aquino foi construída em 1842 na beira do rio Cuiabá e abriga desde 2006 o Museu de História Natural Casa Dom Aquino, apresentando para toda população uma exposição permanente de arqueologia e paleontologia. 

Reaberto recentemente para visitação após mudanças estruturais e no acervo, o espaço conta agora com nova ala da exposição permanente, reserva técnica, cafeteria e loja de artesanato. A novidade do acervo é a ala de máscaras sagradas dos povos waurá e uma reserva técnica que segue os padrões internacionais de museologia.

A exposição paleontológica apresenta fósseis de animais da região, organizados cronologicamente, representando a evolução biológica através das Eras geológicas. Fosseis como o do tatu (Pampatherium humboldti) e Preguiça gigante (Eremotherium Iaurillardi), dinossauros (saurópoda), e animais marinhos do período que Chapada dos Guimarães foi mar. 

A exposição arqueológica conta a nossa história através de artefatos produzidos pelo homem desde a pré-história até os dias atuais. Fazem parte da exposição instrumentos do homem caçador-coletor e do homem ceramista, como: pontas de lança de pedra lascada, machadinhos de pedra polida e fragmentos de cerâmica. Encontram-se expostos também louças, cerâmicas neo-brasileira, moedas e outros objetos encontrados nos casarões de engenho de Mato Grosso.

O Museu de História Natural Casa Dom Aquino é gerenciado pelo Instituto Ecossistemas e Populações Tradicionais (ECOSS) juntamente com a Secretaria de Cultura do Estado de Mato Grosso e tem como parceiros o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Ministério da Cultura, Grupo Terna e as Usinas Hidrelétricas (UHE) Sinop e São Manoel.

Serviço:
Horário de funcionamento:  quarta a domingo, das 8h às 18h
Entrada: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia)
Endereço: Avenida Beira Rio, nº 2000, bairro Dom Aquino, Cuiabá (MT).
Informações: (65) 3634-4858 / 3052-8062 / casadomaquinomuseu@gmail.com 

Oficina de Dança Afrohouse – com Hermínio Nhantumbo

Início das aulas em 16 de novembro. Sempre aos sábados, das 17h às 18h. 

Entrada: Inscriçoes abertas pelo valor de R$ 20. Mensalidade do curso R$ 100.
Endereço: Museu de História Natural Casa Dom Aquino. Avenida Beira Rio, nº 2000, bairro Dom Aquino, Cuiabá (MT).

Informações: (65) 3634-4858 / 3052-8062 / casadomaquinomuseu@gmail.com 

Leia mais:  TCE-MT analisa monitoramentos de decisões referentes à gestão de saúde municipal

Oficina Asas à Imaginação: aspectos evolutivos e contemporâneos 

A Oficina Asas à imaginação: aspectos evolutivos e contemporâneos (ciência cidadã) será realizada nos dias 16 e 17 de novembro, períodos matutino e vespertino, nas dependências do Museu de História Natural do Estado de Mato Grosso Casa Dom Aquino. As inscrições encontram-se abertas e são 30 vagas.

Promover capacitação dos profissionais da educação a partir da vivência e percepção do ambiente do Museu Casa Dom Aquino, além da importância da observação de aves para o conhecimento do ambiente urbano da cidade de Cuiabá.

Inscrições abertas
Data: 16 e 17 de novembro
Vagas: 30
Público: Profissionais da educação
Entrada: Inscrições abertas.
Endereço: Museu de História Natural Casa Dom Aquino. Avenida Beira Rio, nº 2000, bairro Dom Aquino, Cuiabá (MT).
Informações: (65) 3634-4858 / 3052-8062 / casadomaquinomuseu@gmail.com

Galeria de Artes Lava Pés – Exposição Sen[S]Ação 

Com obras de Vitória Basaia, Gonçalo Arruda, Junne Fontenelle, Marcelo Velasco e Miguel Penha, a exposição coletiva Sen[s]ação está em cartaz na Galeria Lava Pés, de segunda-feira a sexta-feira, das 08h às 18h, com entrada franca e livre para todas as idades..

A curadoria da mostra é de Marcelo Velasco, e reúne pinturas, esculturas e instalações. Nela, os cinco artistas exibem seus trabalhos mais recentes, organizados num projeto de expografia que promete mexer com as sensações do público.

Serviço:
Quando: De segunda-feira a sexta-feira, em cartaz até dia 01 de novembro 
Horário: das 8h às 18h
Onde: A Galeria de Artes Lava Pés está localizada no piso térreo da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), na Avenida José Monteiro de Figueiredo (Lava Pés) nº 510, bairro Duque de Caxias, em Cuiabá. 
Ingresso: Gratuito
Informações: (65) 3613-0232

Museu de Arte Sacra

O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso funciona de quarta a domingo, das 9h às 17h, e oferece ao público uma exposição permanente composta por peças do período setecentista, remanescentes da antiga Catedral do Bom Jesus de Cuiabá, da Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, Nossa Senhora dos Passos, acervo pessoal do bispo Dom Francisco de Aquino Corrêa e peças adquiridas por doações particulares. Destaque para os famosos retábulos da antiga Catedral demolida em 1968 e a nova ala de instrumentos musicais da Igreja do Bom Jesus de Cuiabá do período colonial. 

O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso é considerado um dos mais importantes monumentos de estilo eclético que exibe combinações de elementos da arquitetura clássica, medieval, renascentista, barroca e neoclássica. Foi fundado em 10 de março de 1980. 

Serviço:
Quando: Aberto à visitação de quarta a domingo.
Horário: 9h às 17h. 
Onde: Praça do Seminário, na Rua Clóvis Hugney, 239, bairro Dom Aquino. O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso está localizado no prédio do Seminário Nossa Senhora da Conceição que fica ao lado da Igreja Nossa Senhora do Bom Despacho.
Ingresso: quarta a sábado: R$10 ou meia entrada R$ 5. Domingo: entrada gratuita
Mais informações: (65) 3646-9101 

Residência dos Governadores 

Primeira edificação de status oficial, a Residência dos Governadores foi inaugurada na década de 1940. Além de servir como morada a 14 governadores, serviu de hospedagem para o ex-presidente Getúlio Vargas, em 1941, quando ele fez sua primeira visita a Mato Grosso. 
 
A Residência dos Governadores está aberta para visitação com uma mostra permanente e didática, composta por itens do antigo mobiliário, como objetos, pratarias e louças.  

Serviço:
A Residência dos Governadores é um dos equipamentos culturais da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). Está localizada na rua Barão de Melgaço, nº 3565, Centro de Cuiabá. A entrada é gratuita. Aberto à visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às18h. Telefone: (65) 3613-0232. Email: equipamentos@secel.mt.gov.br 

Primavera do Leste – 13 Festival Velha Joana

Primavera do Leste se transforma nesta semana em um palco de espetáculos de teatro, dança, encontros, performances e intervenções artísticas. A 13ª edição do Festival Velha Joana começa nesta sexta-feira (08.11), reunindo 62 apresentações em um ambiente lúdico para as crianças e um espaço de entretenimento e cultura para jovens e adultos. O evento prossegue até o dia 17 de novembro, com um público estimado de 15 mil pessoas.

Mais informações: http://online.fliphtml5.com/zspyy/lfrg/ 

Comentários Facebook

MT

Mato Grosso registra 2.085 casos e 54 óbitos por Covid-19

Publicado

por

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (28.05), 2.085 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 54 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. As últimas sete mortes confirmadas envolveram residentes de Várzea Grande, Cuiabá, Alta Floresta, Jauru, Jangada e Rondonópolis. 

Por Ana Lazarini – Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão: Cuiabá (655), Várzea Grande (203), Rondonópolis (162), Tangará da Serra (98), Primavera do Leste (89), Barra do Garças (70), Lucas do Rio Verde (64), Confresa (64), Sorriso (59), Sinop (45), Rosário Oeste (38), Jaciara (36), Alta Floresta (36), Pontes e Lacerda (27), Nova Mutum (27), Peixoto de Azevedo (25), Cáceres (25), Campo Verde (24), Querência (15) e Nova Ubiratã (15).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado à essa matéria.

Nas últimas 24 horas, surgiram 177 novas confirmações em Alta Floresta (4), Aripuanã (1), Barra do Garças (3), Cáceres (3), Campo Novo do Parecis (4), Campo Verde (2), Confresa (15), Cotriguaçu (2) Cuiabá (44), Jaciara (2), Lucas do Rio Verde (5), Matupá (2), Mirassol D’Oeste (1), Nova Mutum (3), Nova Olímpia (1), Nova Ubiratã (9), Novo Mundo (3), Paranaíta (1), Pedra Preta (1), Pontes e Lacerda (5), Ponto Esperidião (2), Primavera do Leste (5), Rondonópolis (14), Santo Antônio (1), Sinop (2), Sorriso (10), Tangará da Serra (14), Várzea Grande (10), Vila Rica (1) e municípios de outros estados (4).

Leia mais:  TCE-MT analisa monitoramentos de decisões referentes à gestão de saúde municipal

O setor técnico informou que foi corrigido um caso de duplicidade em Campo Verde. Além disso, o óbito anteriormente notificado em Cuiabá passou a ser contabilizado em Várzea Grande, município de residência da vítima.

Dos 2.085 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.273 estão em isolamento domiciliar e 624 estão recuperados. Há ainda 134 pacientes hospitalizados, sendo 69 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 65 em enfermaria.

No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 256 leitos de UTI e 864 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,3% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,7% masculino; além disso, 598 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 6.718 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 405 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios.

Leia mais:  Pesquisa prevê tendência epidemiológica de Covid-19 em Mato Grosso

 

Comentários Facebook
Continue lendo

MT

Mato Grosso receberá R$ 1,346 bilhão da União para repor perdas de receita

Publicado

por

Primeira parcela de R$ 346 milhões só deve ser liberada em meados de junho

O Diário Oficial da União que circulou nesta quinta-feira (28.05) traz a sanção do presidente Jair Bolsonaro à Lei complementar nº 173, de 27 de maio de 2020, que estabelece o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus SARS-CoV-2 (Covid-19). A lei prevê que a União entregará R$ 60 bilhões aos estados e municípios, na forma de auxílio financeiro. Serão quatro parcelas mensais e iguais no exercício de 2020. O valor deve ser aplicado pelos poderes Executivos locais em ações de enfrentamento à Covid-19 e mitigação de seus efeitos financeiros.

Por Ademar Andreola – De acordo com a lei complementar Mato Grosso será contemplado com R$ 1.346.040.610,22. Esse total será dividido em quatro parcelas de R$ 346,04 milhões. Mato Grosso é o sétimo Estado em volume de recursos a serem repassados pela União.

Segundo o governador Mauro Mendes, Mato Grosso vai procurar cumprir sua parte no que prevê a lei e que os recursos trarão um alívio nas finanças, no momento em que a receita vem apresentando uma queda acentuada.

Leia mais:  Mato Grosso registra 1.594 casos e 42 óbitos por Covid-19

“Em abril nós já perdemos cerca de 140 milhões. Esse mês a expectativa é que a queda ultrapasse a 200 milhões. Esses recursos podem ajudar a repor uma parte dessas perdas que nós teremos em meses subsequentes”, disse o governador Mauro Mendes.

A sanção da lei pelo presidente da República não significa que os recursos serão liberados imediatamente. A expectativa da Secretaria da Fazenda era que isso poderia acontecer no mês de maio, mas não será possível. De acordo com o secretário Rogério Gallo, agora existem os trâmites burocráticos no Ministério da Economia e na Secretaria do Tesouro Nacional. O mais provável é que a primeira parcela seja liberada por volta do dia 15 de junho.

Para o titular da Fazenda os recursos chegarão em boa hora. Mas ainda não dá para se dizer se serão suficientes par repor as perdas de receita que vem ocorrendo a partir de abril, hoje já acima de 300 milhões de reais.

“Esses recursos entram em bom momento. Ainda é impossível mensurar o efetivo impacto sobre a economia nos próximos sete meses, ou seja até o final do ano. Receberemos os recursos federais com muita responsabilidade, porque ainda temos um longo caminho para percorrer até a superação da pandemia e dos seus efeitos sobre a economia”, ressaltou Rogério Gallo.

Leia mais:  Mato Grosso receberá R$ 1,346 bilhão da União para repor perdas de receita

O Programa

O programa prevê seguintes iniciativas: suspensão dos pagamentos das dívidas contratadas entre a União, os Estados, Distrito Federal e os municípios; reestruturação de operações de crédito interno e externo junto ao sistema financeiro e instituições multilaterais de crédito nos termos previstos no art. 4º desta Lei Complementar; e entrega de recursos da União, na forma de auxílio financeiro, aos Estados, ao Distrito Federal e aos municípios, no exercício de 2020, e em ações de enfrentamento ao Coronavírus SARS-CoV-2 (Covid-19).

Diz ainda a lei que de 1º de março a 31 de dezembro de 2020, a União ficará impedida de executar as garantias das dívidas decorrentes dos contratos de refinanciamento de dívidas celebrados com os Estados, Distrito Federal e  os municípios, e ainda  o parcelamento dos débitos previdenciários.

A lei determina ainda que os recursos deverão ser aplicados preferencialmente em ações de enfrentamento da calamidade pública decorrente da pandemia da Covid-19.

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262