Connect with us

Saúde

Voos são cancelados em meio a avanço de covid-19 e gripe

Published

on

Dispensas médicas por covid-19 entre pilotos e copilotos aumentaram

Centenas de voos nacionais e internacionais estão sendo cancelados nos aeroportos brasileiros por falta de tripulação, incluindo pilotos e copilotos. A situação tem sido provocada pelo aumento das dispensas médicas no mês de janeiro, por covid-19 e influenza.

Por Felipe Pontes  – As três principais companhias aéreas brasileiras – Azul, Gol e Latam – confirmaram o impacto nas operações. Procurada, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) disse que “está monitorando os casos de doenças respiratórias causadas em pilotos, comissários e demais profissionais do setor aéreo”.

A Latam, por exemplo, informou aos passageiros que já cancelou 1% de todos os voos domésticos e internacionais em janeiro. Na companhia, ao menos 111 decolagens foram canceladas entre hoje (10) e o próximo domingo (16).

“A Latam lamenta essa situação, totalmente alheia à sua vontade. Antes de se dirigir ao aeroporto, a companhia orienta que o cliente confira o status do seu voo diretamente em latam.com”, disse a companhia por meio de nota.

Leia mais:  SES promove encontro para debater sobre doença celíaca e alergia alimentar

A Gol também confirmou que houve “um aumento dos casos positivos entre colaboradores” nos últimos dias, mas disse que “nenhum voo foi cancelado ou sofreu alteração significativa por este motivo. Os funcionários que apresentam resultado positivo estão sendo afastados das funções para se recuperarem em casa com segurança”, diz nota divulgada pela companhia.

No caso da Azul, em janeiro houve aumento de 405% nos afastamentos por motivos médicos, em relação à média dos últimos 12 meses, segundo dados apresentados pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA). A situação levou a companhia a propor acordo coletivo aos empregados, no qual ofereceu gratificação em dinheiro a quem aceitar redução de folgas.

De acordo com Ondino Dutra, presidente do SNA, a Azul disse em reunião com o sindicato que pretendia cancelar “centenas de voos”, sobretudo na segunda quinzena de janeiro. Em nota, a companhia afirma que “90% das operações da companhia estão funcionando normalmente”.

A nota da Azul informou ainda que “por razões operacionais, alguns de seus voos do mês de janeiro estão sendo reprogramados. A companhia registrou aumento no número de dispensas médicas entre seus tripulantes – casos esses que, em sua totalidade, apresentaram um quadro com sintomas leves – e tem acompanhado o crescimento do número de casos de gripe e covid-19 no Brasil e no mundo”.

Leia mais:  Comprovante de vacinação agora pode ser acessado offline

No Aeroporto de Viracopos (SP), principal hub da companhia Azul, foram registrados ao menos 53 cancelamentos entre ontem (9) e hoje.

Orientação

Segundo as regras da Anac, em caso de cancelamentos com menos de 72 horas de antecedência, o passageiro tem direito a reembolso integral da passagem aérea ou reacomodação, sem custo, em outro voo, seja da própria companhia ou de outra empresa aérea.

Todos os direitos dos passageiros, inclusive em relação à contaminação por covid-19, podem ser encontrados na portal da Anac.

Edição: Denise Griesinger

Comentários Facebook

Saúde

Hospital Municipal São Benedito retoma consultas ambulatoriais na próxima segunda-feira (23)

Published

on

Em live, realizada nesta terça-feira (17), o prefeito Emanuel Pinheiro, anunciou a retomada das consultas no ambulatório do Hospital Municipal São Benedito – HMSB, na próxima segunda-feira (23). As cirurgias da ortopedia e da neurocirurgia são agendadas a partir de hoje (18). Informação sobre agendamento pode ser presencial ou pelos telefones (65) 3313-0701/ 3313-0715 / 3313-0727.

“Autorizei a retomada dos atendimentos ambulatoriais do Hospital Municipal São Benedito. As cirurgias ortopédicas dos pacientes do HMSB serão todas realizadas no HMC e as cirurgias neurocirúrgicas serão realizadas no HMC e Hospital Santa Casa, conforme necessidade e segurança do paciente, definida pela equipe médica”, informou o prefeito. “Aos poucos estamos voltando à normalidade e, essa retomada, é importante para os usuários do Sistema Único de Saúde – SUS de Cuiabá e de todo o interior do Estado de Mato Grosso, advindas da Central de Regulação”, completou. 

Sobre o incidente ocorrido no Hospital Municipal São Benedito, no domingo (15), o prefeito agradeceu os profissionais da saúde, voluntários que ajudaram na evacuação do prédio, e os primeiros a chegar ao local, Sargento Everson e equipe, 3º Sargento Felix, 3º Sargento Deivison, Cabo Coelho e Soldados J.Ferreira e Bolonhese, que garantiram a segurança e a ordem até a chegada do Corpo de Bombeiros. Ele agradeceu também as dedicadas equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar em geral Bope, Rotam, Força Tática, Samu, Secretaria Municipal de Saúde, Empresa Cuiabana de Saúde Pública, Hospital Jardim Cuiabá, Politec, ambulâncias do município, Rota do Oeste e outras ambulâncias privadas, além da sociedade em geral. 

Leia mais:  Estudo identifica doenças crônicas em grupos indígenas no Pará

“Graças à ação rápida de todos os envolvidos, foi possível controlar o princípio de incêndio e evitar uma tragédia maior. Não houve óbitos e nem feridos. Todos os pacientes continuam em atendimento de suas patologias em outras unidades hospitalares, sem maiores intercorrências. Ao todo foram 76 pacientes transferidos”, informou o prefeito.  “Foi um show de solidariedade e de amor ao próximo. Agradeço imensamente a nossa gente cuiabana, inclusive, teve um cidadão que distribuiu água para as pessoas envolvidas no socorro. É lindo, é de arrepiar toda essa união, que Deus abençoe a cada um”, completou. 

Nesta terça-feira (17), o diretor Paulo Rós, da Empresa Cuiabana de Saúde Pública e sua equipe e a Diretoria de Segurança Contra Incêndio e Pânico do Corpo de Bombeiros Coronel Luciana, Coronel Crivella, Major Poliana e Tenente Vilas Boas, reuniram-se para definirem protocolos e fluxos a serem seguidos. “O intuito é retomar os atendimentos aos pacientes do Hospital Municipal São Benedito, com segurança e tranqüilidade, humanização e respeito com a saúde e a vida da nossa população”, destacou o gestor. 

Leia mais:  Covid-19: Brasil tem 21,3 mil novos casos e 125 mortes em 24 horas

O foco de incêndio ocorrido no Hospital Municipal São Benedito, por volta das 18h30, de domingo (15), foi possivelmente ocasionado em um aparelho de ar-condicionado na enfermaria 25, localizada no 2º andar do prédio. A perícia técnica já foi realizada pela Perícia Oficial e Identificação Técnica – Politec, o laudo ainda não foi concluído. A ECSP, que administra o Hospital Municipal São Benedito, solicitou e aguarda nova vistoria por parte do Corpo de Bombeiros. 

Comentários Facebook
Continue Reading

Saúde

SES promove encontro estadual para debater experiências e desafios da saúde indígena em MT

Published

on

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio da Coordenadoria de Ações Programáticas e Estratégicas em Saúde (Coapre) e da Escola de Saúde Pública de Mato Grosso (ESP-MT), realizará, nos dias 19 e 20 de maio, o II Encontro Estadual de Saúde Indígena, que terá como tema “As experiências e os desafios da saúde indígena em Mato Grosso”.

Durante a programação, os profissionais da área da saúde e das comunidades indígenas irão debater questões como a importância dos territórios para a saúde e vida dos povos indígenas, o enfrentamento à Covid-19, o controle social na saúde indígena, a Saúde Mental e o Programa Saúde na Escola.

“Este evento, como o título bem anuncia, nos traz a possibilidade de conhecer as experiências vivenciadas na atenção à saúde indígena por vários atores deste e de outros estados do país”, explicou a técnica da Coapre, Silvana Gomes. “São experiências que vêm nos abrilhantar com aprendizado e com possibilidades de novos desafios e conquistas”, acrescentou a também técnica da Coapre, Viviane Francischini.

O II Encontro Estadual de Saúde Indígena contará com a contribuição de profissionais dos Estados do Rio Grande do Sul, do Amazonas, Distrito Federal e de São Paulo, além dos Distritos Sanitários Especiais Indígenas Kayapó, Xavante, Xingu em parceria com municípios e regionais de saúde mato-grossenses, com o Conselho da União das Mulheres Indígenas da Amazônia Brasileira e com a Federação dos Povos Indígenas de Mato Grosso.

Leia mais:  Covid-19: em 24 horas, Brasil teve 23,3 mil novos casos e 126 mortes

A programação dos dois dias poderá ser acessada por meio dos links:

  • Dia 19 de maio de 2022 (período integral)

Link do YouTube – https://youtu.be/BUbYXK9ZvA0 – Matutino

Link do YouTube – https://youtu.be/U22reeK4Yzo – Vespertino

  • Dia 20 de maio de 2022 (período matutino)

Link YouTube – https://youtu.be/N4XEa_Am8ag

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue Reading

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262