Connect with us

Várzea Grande

Artista de Várzea Grande conquista terceiro lugar em festival nacional de dança de rua

Published

on

Anderson Almeida, o Kuririn, dançou muito neste fim de semana! Com apoio e torcida da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), o atleta e artista do breaking, nascido em Várzea Grande, participou do Festival Quando as Ruas Chamam, realizado em Brasília, e conquistou o terceiro lugar.

“Esse terceiro lugar do Kuririn significa muito para o desenvolvimento, popularização e valorização do breaking em Mato Grosso. Trata-se de um dos mais representativos festivais de dança nacional e, com muito orgulho, Mato Grosso foi bem representado”, destaca Adilson, professor de Anderson.

O Festival Nacional Quando as Ruas Chamam é um dos maiores e mais importantes festivais de dança de rua do Brasil e em 2022 chega em sua 6ª edição. Nas edições anteriores o projeto teve grande repercussão, inclusive internacionalmente, sendo premiado como melhor evento no Prêmio de Breaking Latino Americano em 2015 e 2016.

“Anderson tem síndrome de Down, não consegue desenvolver bem a linguagem verbal, mas se expressa para o mundo por meio da dança e do movimento corporal. Estamos muito orgulhosos por essa conquista”, destacou Jan Moura, secretário adjunto de Cultura da Secel-MT.

Leia mais:  Vacina contra gripe é liberada para toda a população em Várzea Grande

O projeto é apresentado pelo Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal e busca a continuidade e desenvolvimento da iniciativa e a valorização do breaking.

“A programação busca promover a dança breaking, valorizando as heranças e fusões que determinam o estilo, sobretudo, suas raízes, destacando a qualidade artística desta manifestação de dança. Um espaço em que a arte se manifesta de forma muito natural”, conclui Jan.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Várzea Grande

Gestores da Rede Municipal participam do Programa de Formação de Lideranças Educacionais

Published

on

A formação tem duração de dois anos (360 horas), dividida em 6 módulos on-line e se ancora em três dimensões distintas: cultural, de visão e operacional

A formação continuada é uma das marcas da gestão Kalil Baracat. Exemplo disso é a parceria firmada pela Prefeitura Municipal de Várzea Grande, por meio da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer com o Centro Lemann de Liderança para Equidade na Educação, que possibilitou a adesão do Município ao ‘Programa de Formação de Liderança Educacionais’. O acordo de cooperação técnica está capacitando 86 gestores escolares, num curso cuja duração é de dois anos, que visa o aprimoramento da gestão escolar.

De acordo com o secretário Silvio Fidelis, o programa não exige qualquer repasse de recursos financeiros, sendo a contrapartida da Prefeitura apenas viabilizar a participação dos servidores em encontros presenciais, oportunidade em que, além do curso, entram em contato direto com gestores de Educação de várias cidades do Brasil, aprendendo e compartilhando experiências de sucesso. O encontro presencial foi realizado nos dias 23 e 24, na cidade de Goiânia (GO), com a participação de todos os gestores inscritos.

Leia mais:  Prefeitura leva assistência técnica de análise da água para pequenos piscicultores de Várzea Grande

Segundo o gestor do programa, Rogers Mendes, o Programa de Formação de Lideranças Educacionais do Centro Lemann tem o objetivo de fortalecer o compromisso e a capacidade de profissionais que acompanham escolas e diretores escolares em promover aprendizagem e desenvolvimento integral com qualidade e equidade em suas redes e escolas. “O programa é gratuito e busca provocar um processo profundo de transformação pessoal e profissional”, afirmou.

A formação oferece atividades estimulantes e ‘mão na massa’, para que cada liderança se sinta encorajada e apoiada a expandir suas crenças, assim como aprimorar suas atitudes, sua visão e suas práticas, de forma a transformar o contexto educacional à sua volta. Para tanto, buscamos sensibilizar e empoderar seus participantes para que enfrentem seus dilemas, compartilhem e aprofundem suas experiências e solucionem desafios que comprometem a qualidade e equidade da educação na escola.

A formação tem duração de dois anos – 360 horas -, dividida em 6 módulos on-line e se ancora em três dimensões, cultural, que trata da mudança de mentalidade e fortalecimento de compromisso e motivação; de visão por meio do desenvolvimento de um olhar sistêmico para a definição de direcionamentos e estratégias; e operacional com foco na capacidade técnica.

Leia mais:  Prefeitura de Várzea Grande e Governo de MT firmam cooperação para oferta e operacionalização de linhas de crédito

“A nossa expectativa é contribuir para que essas lideranças, assim como suas redes e escolas, aprimorem a sua gestão com foco no pedagógico; cultivem altas expectativas em relação à aprendizagem e ao desenvolvimento integral dos estudantes; façam um melhor uso de dados para embasar a sua tomada de decisão; reduzam as desigualdades entre as escolas e dentro de cada uma delas, de forma a assegurar educação de qualidade para todos e para cada um”, declarou o gestor.

Fonte: PMVG

Comentários Facebook
Continue Reading

Várzea Grande

Vacina contra gripe é liberada para toda a população em Várzea Grande

Published

on

Todas as Unidades Básicas de Saúde, localizadas nos bairros, terão a vacina e será aplicada nos horários das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Toda a população de Várzea Grande terá acesso à vacina contra a influenza (gripe). A vacinação está disponível a todos os públicos com mais de 6 meses de vida, das 8h às 11h e das 13h às 16h, em todas as unidades básicas de Saúde. A imunização contra a gripe protege contra os três sorotipos dos vírus da gripe H1N1 e H3N2 e Influenza B.

De acordo com o secretário Municipal de Saúde, Gonçalo de Barros, as doses estarão disponíveis para todas as faixas etárias, enquanto durarem os estoques. “O Ministério da Saúde anunciou a decisão de liberar a vacina contra a gripe para toda a população, pela baixa cobertura vacinal. Porém a medida só vale para este ano e enquanto durarem os estoques”, alertou Gonçalo.

Conforme a superintendente de Vigilância em Saúde, Relva Cristina de Moura, anteriormente, podiam se vacinar nos postos de saúde quem fazia parte do grupo de risco, como idosos, professores e gestantes, entre outros. Agora, todos com mais de 6 meses de vida podem. Lembrando que a vacina é segura e apenas pessoas que têm alergia ao ovo devem procurar o médico para orientações”.

Leia mais:  Vacina contra gripe é liberada para toda a população em Várzea Grande

A Prefeitura de Várzea Grande contabiliza que 26.710 doses foram aplicadas durante a Campanha de Vacinação contra a gripe dos grupos prioritários. Contudo, este número está inserido dentro de um universo de 64.240 pessoas que deveriam se vacinar, resultando em 44,7% do total. Trabalhadores da Saúde atingiu 73%, professores 60.4%, crianças 32%, idosos 48%, gestantes 29% e puérperas 19.24%.

O prefeito Kalil Baracat destaca a importância de a população manter-se em dia com todas as vacinas. “Neste período de inverno, é importante que nossa gente esteja protegida. Só para se ter uma ideia, a vacina demora em torno de 15 dias para fazer efeito no organismo. Portanto, quanto antes se vacinar, melhor. Não é necessário respeitar o intervalo entre a vacina da covid-19 e da gripe”, destacou.

Com o aumento do número de casos da covid-19, é importante, segundo Gonçalo de Barros, que todos procurem as unidades para se vacinarem tanto contra o coronavírus, quanto como a gripe ou outras enfermidades. “As campanhas de vacinação estão sendo feitas de forma simultânea em Várzea Grande. Quem for até o posto de vacinação para tomar a primeira, segunda ou dose de reforço contra a covid-19, pode também receber a vacina da gripe, que inclusive pode ser aplicada no mesmo dia”.

Leia mais:  Gestores da Rede Municipal participam do Programa de Formação de Lideranças Educacionais

A Prefeitura orienta aos pais ou responsáveis pelas crianças a levar a carteirinha de vacinação e aproveitar a oportunidade para atualizar as doses contra as outras doenças. “Vamos vacinar e garantir que doenças já erradicadas não voltem, como a poliomielite por exemplo. Vacinar significa prevenir casos graves dessas doenças. Por isso, é tão importante manter a caderneta da criança sempre atualizada”, destaca Gonçalo de Barros.

Comentários Facebook
Continue Reading

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262