Connect with us

SEGURANÇA

Ciosp registra mais de 2,5 mil denúncias anônimas no primeiro quadrimestre de 2022

Published

on

De janeiro a abril de 2022, o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), recebeu 2.538 denúncias anônimas sobre práticas criminosas. Os dados são referentes às ligações direcionados ao 197 e 181, canais de denúncias que permitem que o cidadão mato-grossense contribua para a solução de crimes sem precisar revelar sua identidade.  

O tráfico de drogas lidera o ranking de denúncias, com 835 registros. Já na segunda posição estão os estelionatos, somando 308 casos, e em terceiro lugar os maus tratos aos animais, com 149 ocorrências. 

A perturbação da tranquilidade também aparece em destaque, com 127 denúncias registradas. Em seguida surgem as ligações sobre foragidos da Justiça, 124 levados ao conhecimento da polícia por meio de denúncias anônimas.

O coordenador do Ciosp, tenente-coronel BM Rogério Quinteiro, ressaltou a importância do canal de denúncias à população e assegurou o sigilo do serviço ao denunciante.

“O canal de denúncia constitui uma ferramenta extremamente importante para o auxílio na resolução de crimes. As pessoas podem ficar tranquilas ao fazer a denúncia por meio dos números 197 e 181, pois o sigilo é garantido”, destaca o coordenador do Ciosp.

Leia mais:  Bandidos atacam batalhão da PM e agência da Caixa em Minas Gerais

Já em 2021, o primeiro quadrimestre, o crime que apresentou maior número de denúncia foi o tráfico de drogas, sendo 1.070 ocorrências, seguido de estelionato, com 286 registros, e maus tratos aos animais, com 171 ligações.

Ainda neste período, também apareceram na lista de ocorrências mais denunciadas crimes como formação de quadrilha, com 142 registros, e 88 casos relacionados ao descumprimento de medidas de segurança na prevenção ao coronavírus.

As ligações telefônicas para o 197 e o 181 não têm custo para o denunciante, são anônimas e acessíveis a todas as modalidades de crimes. O Ciosp também recebe chamadas dos números de emergência da Polícia Militar (190), Corpo de Bombeiros Militar (193), Guarda Municipal (153), Trânsito do Município (118), Defesa Civil (199) e da Polícia Rodoviária Federal (191).

Canal virtual

Os canais virtuais são outras alternativas para a população denunciar os crimes. O denunciante pode recorrer ao site da Sesp-MT, por meio do E-Denúncias e ao site da delegacia virtual da Polícia Judiciária Civil (PJC-MT).

Para o site E-Denúncias, o cidadão deve acessar este LINK ou o site da Sesp-MT, localizando o ícone no canto superior direito do site. A ferramenta também é disponibilizada no ícone Cidadão, na barra de Serviços do site da Secretaria.

Leia mais:  Quadrilha é presa por abate de gado furtado

Outra opção de denúncia é pelo canal da delegacia virtual da Polícia Judiciária Civil, pelo site: www.delegaciavirtual.mt.gov.br.

(Com supervisão de Alecy Alves)

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

SEGURANÇA

Gefron apreende 202 kg de cocaína em Porto Esperidião

Published

on

O Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) apreendeu, na madrugada desta segunda-feira (27.06), no município de Porto Esperidião (326 km de Cuiabá), 202 quilos de substância análoga à pasta base de cocaína. 

A ocorrência foi registrada por volta das 2h30 da manhã, no momento em que agentes de fronteira realizavam patrulhamento próximo à região do laranjal, e avistaram oito pessoas andando a pé transportando sacos semelhantes a cangas de drogas. Ao notarem a presença da equipe, os suspeitos jogaram os sacos ao solo e correram para dentro da mata. 

Os policiais então começaram a buscar pelos foragidos, fazendo uma varredura no local, e encontraram um dos suspeitos. Em conversa, o mesmo admitiu que estava vindo da Bolívia e receberia R$ 200 por tablete transportado, que tinha como destino final a cidade de Porto Esperidião. 

Ao verificar os oito sacos que estavam sendo carregados, foram encontrados 197 tabletes de substância análoga a pasta base de cocaína. As buscas continuaram para localizar os outros sete suspeitos, porém eles não foram mais vistos. 

Leia mais:  Bandidos atacam batalhão da PM e agência da Caixa em Minas Gerais

O suspeito e o material apreendido foram encaminhados à Delegacia Especial de Fronteira (Defron), em Cáceres. O prejuízo ao crime é avaliado em R$3,6 milhões.

(Com supervisão de Alecy Alves) 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue Reading

SEGURANÇA

Rio registra queda de 21% no número de homicídios dolosos em maio

Published

on

O estado do Rio de Janeiro tem registrado queda nos crimes contra a vida este ano. Segundo o Instituto de Segurança Pública (ISP), em maio, com 210 vítimas, o número de homicídios dolosos caiu 21% na comparação com o mesmo mês de 2021.

No acumulado do ano, foram 1.248 vítimas, uma diminuição de 17% na comparação com o ano passado. De acordo com o ISP, esses foram os menores números já registrados desde 1991.

Os dados relativos a maio foram divulgados hoje. A letalidade violenta, que inclui homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, roubo seguido de morte e morte por intervenção de agente do estado, reduziu 9% em maio de 2022 e 20% no acumulado do ano. Foram 1.830 vítimas nos primeiros cinco meses de 2022 e 354 em maio.

As mortes por intervenção de agente do estado diminuíram 22% nos cinco primeiros meses deste ano, segundo o ISP.  Porém, os dados consolidados de maio ainda não foram disponibilizados. De janeiro a maio de 2021, 709 pessoas foram mortas por agentes do estado no Rio de Janeiro.

Leia mais:  Operação contra pirataria prende seis pessoas em três estados

Outros crimes

Também registraram queda os roubos de ruas, que incluem o roubo a transeunte, roubo em coletivo e roubo de aparelho celular. De janeiro a maio de 2022 foram 25.457 casos, uma redução de 15% ou 4.570 roubos a menos no período. Apenas em maio, foram 5.181 casos.

Para a diretora-presidente do Instituto de Segurança Pública (ISP), Marcela Ortiz, essa redução ajuda a melhorar a sensação de segurança da sociedade.

“Além dos crimes contra a vida, voltamos a ter reduções nos roubos de rua e carga. O roubo de rua, por exemplo, é um crime que provoca uma grande sensação de insegurança na sociedade e sua diminuição é uma grande conquista”.

Os dados do ISP também indicam que os roubos de veículos registraram redução de 10% de janeiro a maio, com 9.825 casos. Os roubos de carga caíram 13%, com 1.651 casos no acumulado do ano.

Edição: Lílian Beraldo

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Continue Reading

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262