conecte-se conosco


Várzea Grande

Com 624 cirurgias eletivas já realizadas, Kalil garante mais recursos e apoio à saúde

Publicado


Várzea Grande já realizou 624 cirurgias ortopédicas eletivas em 2021 e quer avançar ainda mais, tanto que o prefeito Kalil Baracat assegurou que vai reforçar ações e recursos para a Saúde Pública. As cirurgias eletivas são aquelas sem caráter de urgência e emergência, mas que estavam represadas desde 2020 por causa da pandemia da COVID-19 e seu alto grau de contaminação.

Para avançar nas cirurgias eletivas, a Prefeitura de Várzea Grande, através da Secretaria Municipal de Saúde, criou a Ala de Traumas, responsável por mais de 80% dos atendimentos realizados na principal unidade de saúde pública de Várzea Grande e que funciona 24 horas por dia de portas abertas, portanto, recebe a todo pedido de atendimento e sem custo nenhum para as pessoas.

Em Várzea Grande, a inauguração da Maternidade Dr. Francisco Lustoza de Figueiredo, em 15 de maio, Aniversário de 154 Anos de Fundação da cidade, criou espaços dentro do Hospital Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande e permitiu novas medidas como a contratação de mais profissionais de saúde para acelerar essas intervenções cirúrgicas.

O prefeito Kalil Baracat esteve, ao lado do secretário de Saúde, Gonçalo Barros, do superintendente do Hospital Pronto Socorro, Nei Provenzano, da Diretora Técnica, Dra. Maria das Dores, visitando a unidade e acompanhando junto com a equipe médica os atendimentos realizados e o resultado das cirurgias.

Leia mais:  Ao completar 120 dias de funcionamento Várzea Grande passa a emitir certidão de nascimento

“Desde 15 de maio, quando inauguramos a Maternidade Dr. Francisco Lustoza de Figueiredo, onde se encontra a Rede Cegonha de Várzea Grande, passamos a contar com mais espaços no Hospital Pronto-Socorro, como leitos, UTIs e abrimos mais uma sala cirúrgica exclusivamente para a retomada das cirurgias eletivas que se encontravam represadas e isto tem permitido que centenas de pessoas com mais de 200 dias aguardando, pudessem ser atendidas. Isto nos anima a buscar mais soluções e promover um atendimento mais humanizado para as pessoas, pois mesmos não sendo cirurgias de urgência e emergência, elas provocam dores e limitações que precisam ser vencidas, principalmente para aquelas pessoas que dependem do SUS – Sistema Único de Saúde e sem custos”, disse o prefeito, comemorando os resultados obtidos até o momento.

Uma média de 40 cirurgias eletivas tem sido realizada todas as semanas em Várzea Grande, principalmente após a saída da Rede Cegonha das dependências do Hospital Pronto-Socorro.

“Estamos dando passos concretos e determinados em busca de resultados importantes para a cidade e para sua população”, disse o secretário de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo de Barros, apontando que a pasta planeja novas ações voltadas para a humanização da saúde pública e, principalmente, no atendimento das necessidades daqueles que precisam dos atendimentos via SUS e sem custos de espécie nenhuma para as pessoas.

Barros sinalizou que somente foi possível acelerar as cirurgias eletivas por causa da sensibilidade do prefeito Kalil Baracat que autorizou o aumento, tanto de recursos físicos como a contratação de novos profissionais médicos, como cinco ortopedistas e sete anestesistas, e de recursos financeiros, já que grande parte das cirurgias ortopédicas demanda equipamentos especiais e, em alguns casos, próteses, órteses, entre outros.

Leia mais:  Várzea Grande inicia vacinação de jovens, dose de reforço para idosos e realiza segunda etapa do 'Sextou Vacina VG'

“A ordem do prefeito é colocar a saúde pública à serviço de quem necessita, sendo que para isto estamos ofertando mão de obra médica especializada, equipamentos, espaços e atendimento humanizado para fazer frente às necessidades da população, queremos e vamos avançar mais para que a saúde em Várzea Grande continue a ser eficiente e resolutiva”, disse Gonçalo de Barros.

Kalil Baracat fez questão ainda de agradecer aos médicos, enfermeiros e profissionais de saúde pelo empenho dedicação e, principalmente, zelo, amor naquilo que faz em prol dos outros e de uma Várzea Grande melhor para todos. “É muito bom sentirmos que todos caminham em um único sentido, fazer o melhor pelas pessoas e pela cidade, pois somente assim teremos a cidade que queremos. Obrigado aos médicos, enfermeiros, auxiliares, enfim a todos que tem se dedicado, seja na vacinação, seja no bom e humano atendimento pela saúde pública que é um direito de todos e para todos”, frisou Kalil Baracat.

Comentários Facebook

Várzea Grande

Campanha de Multivacinação para crianças e vacina da influenza para população em geral

Publicado


Visando elevar a proteção das pessoas e das crianças para outras doenças que ainda necessitam de cuidados e que estavam momentaneamente suspensos por causa da COVID-19, levou a Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande a reforçar suas atividades em uma Campanha de Multivacinação.

Várzea Grande inicia amanhã, 18 de setembro, Campanha de Multivacinação ofertando doses de Pentavalente, que garante proteção contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e contra a bactéria haemophilus influenza tipo b, responsável por infecções no nariz, meningite e na garganta; Pneumocócica; VIP ou VOP que protege contra a Poliomielite ou paralisia infantil e a Tríplice Viral, com foco na atualização das cadernetas de crianças, menores de cinco anos.

Também vai reforçar a campanha de vacinação da Gripe Influenza, lembrando que ela não tem eficácia contra a COVI-19, mas permite aos médicos e enfermeiros em avaliação a pacientes, conseguir um diagnóstico mais apurado e um tratamento mais eficaz para a população em geral, pois assim como a COVID-19 a Influenza se trata de uma Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG.

A vacina contra a Gripe Influenza é indicada para maiores de seis meses e apenas deve se ter o cuidado de receber a vacina com intervalo de 15 dias se foi imunizado contra a COVID ou vice-versa.

O público-alvo da campanha contra poliomielite são crianças de 1 ano a menores de 5 anos, que devem receber a Vacina Oral de Poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido as três doses da Vacina Inativada de Poliomielite (VIP), do esquema básico de vacinação. As demais vacinas conforme as indicações do calendário nacional de vacinação.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Gonçalo de Barros, neste momento todos os esforços estão sendo concentrados na ação da vacinação contra a COVID-19, porém é uma responsabilidade promover ação na proteção das crianças com vacinas necessárias, principalmente em momento de pandemia.

Leia mais:  PROERD inicia formação online para 17 turmas de unidades escolares de VG

“Vamos manter um ponto de vacinação contra a COVID-19, neste sábado (18), nas Clínicas Médicas do UNIVAG, ponto fixo, para as pessoas confirmadas e agendadas, e as acima de 18 anos que ainda não receberam a primeira dose. Vinte Unidades Básicas de Saúde vão funcionar na realização da Campanha de Multivacinação. Queremos neste dia que cada pai, cada mãe, cada parente, faça sua parte no processo, leve sua criança à unidade de saúde para que possa ser imunizada e ser protegida de danos que podem repercutir a vida inteira. Estas vacinas são básicas, fazem parte da cobertura vacinal das crianças, e protegem de várias doenças. Já a vacina da Influenza está liberada para a população em geral maior de 6 meses. É importante observar o intervalo de 14 dias, após ter tomado a vacina Contra a COVID-19, para então poder tomar a vacina da influenza”, disse o secretário.

Ele reforçou que o objetivo desta ação é resgatar o sentimento de segurança, de pais e responsáveis em relação à saúde dos seus filhos. ”As vacinas são seguras e protegem de doenças, como exemplo claro da poliomielite, que está erradicada no Brasil, em decorrência da disponibilidade da vacina. Vamos continuar vacinando nossa população contra a COVID-19, sem descuidar das nossas crianças, que necessitam desta atenção da Saúde Pública”, alertou o secretário.

Ele aproveitou para lembrar que a prioridade determinada pelo prefeito Kalil Baracat é da imunização de todas as pessoas, por isso a Secretaria Municipal de Saúde tem trabalhado em diversas frentes, não apenas contra a COVID 19, mas contra toda e qualquer doença que possa ser combatida.

Gonçalo de Barros esclareceu ainda que que a Rede Pública Municipal, está preparada para realizar a Campanha de Multivacinação de forma segura, a fim de se evitar aglomeração das pessoas, o que promove a transmissão da COVID-19.

Leia mais:  Campanha de Multivacinação para crianças e vacina da influenza para população em geral

“Todas as medidas de biossegurança, e entre as orientações dadas as equipes das unidades que aplicarão a vacina, estão garantir a administração das vacinas em locais abertos e ventilados; disponibilizar local para lavagem das mãos e álcool em gel; orientar que somente um familiar acompanhe a pessoas a ser vacinada e realizar a triagem de pessoas com sintomas respiratórios antes da entrada no ambiente da vacinação, o que terá cuidado especial. Diante destas medidas adotadas os pais podem levar suas crianças com tranquilidade às unidades de saúde neste sábado (18) para se vacinarem”, garantiu o secretário municipal de Saúde Gonçalo de Barros.

Várzea Grande está reservando dois sábados, amanhã (18), e dia 25. O horário da Campanha de Multivacinação inicia das 7h30 às 17h, em 20 locais que cobrem toda a cidade.

Estarão abertas para a ação 20 Unidades Básicas de Saúde:

Centro de Saúde do Água Limpa;

Centro de Saúde Cohab Cristo Rei;

Centro de Saúde Jardim Imperial;

Centro de Saúde Nossa Senhora da Guia;

Clínica de Atenção Primária 24 de Dezembro;

Clínica de Atenção Primária Jardim Glória;

Clínica de Atenção Primária Marajoara;

Clínica de Atenção Primária Parque do Lago;

ESF – Estratégia Saúde da Família Água Vermelha;

ESF – Estratégia Saúde da Família Aurília Sales Curvo;

ESF Capão Grande;

ESF Manaíra;

ESF Manga;

ESF São Mateus;

ESF Unipark;

ESF Vila Arthur;

Unidade Básica de Saúde do Construmat;

UBS Jardim Eldorado;

UBS Ouro Verde;

UBS Santa Isabel.

Comentários Facebook
Continue lendo

Várzea Grande

Prefeitura de Várzea Grande realiza 18ª edição do Emprego Solidário

Publicado


Apesar das frequentes oscilações da economia – e muitas delas provocadas pela pandemia da Covid-19 – várias empresas estão ampliando a sua produção e fazendo novas contratações, gerando emprego e renda para a população, e o Grupo Pereira Fort Atacadista e Supermercado Comper são exemplos de superação, e continuam apostando no aumento de seu quadro de colaboradores.

No dia 20 (segunda-feira), equipes do Centro de Referência em Assistência Social – CRAS – do bairro Jardim Glória, estarão a partir das 13h30 realizando a seleção de profissionais que queiram ocupar as seguintes funções: repositor de loja, promotor de carnes, operador de caixas, auxiliar de prevenção e auxiliar de perecíveis. Os interessados devem se dirigir ao espaço social da Igreja de São Sebastião, localizada na Avenida Júlio Campos nº 3767, munidos de documentação pessoal (Registro Geral, CPF, Carteira de Trabalho e Reservista).

De acordo com a secretária de Assistência Social, Ana Cristina Vieira, a ação faz parte do programa municipal “Emprego Solidário”, que está na sua 18ª edição, e que até o momento 500 pessoas, residentes em Várzea Grande, já foram inseridas no mercado de trabalho, em empresas de diversos segmentos. ”Estamos surpresos com o sucesso deste trabalho que está oportunizando a população local, condições de se ter um emprego e na cidade onde mora. Além do emprego as empresas parceiras oferecem ainda vários benefícios, o que aumenta o salário mensal”, destacou.  

Leia mais:  Lagoa do Jacaré recebe mutirão de limpeza

Ana Cristina lembra que Emprego Solidário é fruto das parcerias firmadas com o Sistema S, Câmara de Dirigentes Lojistas de Várzea Grande (CDL/VG), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio) e empresas privadas.  

A secretária destacou ainda que uma das determinações do prefeito Kalil Baracat é que o programa Emprego Solidário seja de alcance a todos aqueles que necessitam de uma oportunidade e que estejam de fato em busca de um emprego. “O poder público tem feito a sua parte no que tange a programas sociais, dando apoio e suporte para aqueles que mais precisam, mas também tem ajudado aqueles que por um motivo ou outro perderam seus empregos e que buscam meios de serem inseridos novamente no mercado de trabalho e ter condições de tocar a própria vida, e é isso o propósito deste programa. Não vamos medir esforços para que novas empresas se juntem a nós, oferecendo as vagas existentes nas suas empresas. A nossa equipe está capacitada para o trabalho neste processo de seleção”, assegurou Ana Cristina.  

Leia mais:  Prefeitura de Várzea Grande realiza 18ª edição do Emprego Solidário

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262