conecte-se conosco


MT

Em Mato Grosso, 10 municípios estão com risco muito alto de contaminação pela Covid-19

Publicado


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou, nesta terça-feira (04.05), o Boletim Informativo n° 422 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso.

O documento mostra, a partir da página 11, que 10 municípios registram classificação de risco muito alta para o coronavírus. São eles: Araguainha, Canarana, Figueirópolis D’Oeste, Juína, Poconé, Reserva do Cabaçal, Santo Afonso, São Félix do Araguaia, São José do Povo e Tangará da Serra.

Outras 131 cidades estão classificadas na categoria de risco alto para a contaminação do coronavírus. Nenhum município foi classificado com risco moderado ou baixo para a Covid-19.

Novo método para classificação

O método para definir a classificação de risco dos municípios foi aprimorado. A mudança foi publicada no Diário Oficial do dia 25 de março. Desde então, não é levado em consideração apenas o número absoluto dos casos dos últimos quatorze dias, mas sim a média móvel dos últimos quatorze dias.

Assim, o município não sofrerá uma mudança brusca de um boletim para o outro; a cidade ficará na mesma categoria por pelo menos duas semanas, conforme sua média móvel de casos.

Também foi aperfeiçoado o cálculo dos casos acumulados. Antes eram considerados os casos acumulados a partir do dia 1º de dezembro de 2020. Com a nova metodologia, a análise será realizada sempre com base nos casos acumulados dos últimos 90 dias.

Leia mais:  Quatro municípios no sudoeste comemoram 35 anos nesta quarta-feira

Confira as medidas de acordo com a classificação de risco

  • Nível de Risco ALTO

a) implementação e/ou manutenção de todas as medidas previstas para os Níveis de Risco BAIXO e MODERADO;

b) proibição de qualquer atividade de lazer ou evento que cause aglomeração;

c) proibição de atendimento presencial em órgãos públicos e concessionárias de serviços públicos, devendo ser disponibilizado canais de atendimento ao público não-presenciais;

d) adoção de medidas preparatórias para a quarentena obrigatória, iniciando com incentivo à quarentena voluntária e outras medidas julgadas adequadas pela autoridade municipal para evitar a circulação e aglomeração de pessoas.

  • Nível de Risco MUITO ALTO

a) implementação e/ou manutenção de todas as medidas previstas para os Níveis de Risco BAIXO, MODERADO e ALTO;

b) quarentena coletiva obrigatória no território do Município, por períodos de 10 (dez) dias, prorrogáveis, mediante reavaliação da autoridade competente, podendo, inclusive, haver antecipação de feriados para referido período;

c) suspensão de aulas presenciais em creches, escolas e universidades.

d) controle do perímetro da área de contenção, por barreiras sanitárias, para triagem da entrada e saída de pessoas, ficando autorizada apenas a circulação de pessoas com o objetivo de acessar e exercer atividades essenciais;

Leia mais:  Tangará da Serra e Nova Olímpia comemoram aniversários com ações do Estado em infraestrutura, agricultura familiar, educação e assistência social

e) manutenção do funcionamento apenas dos serviços públicos e atividades essenciais;

§1º Atingida determinada classificação de risco, as medidas de restrição correspondentes devem ser aplicadas por, no mínimo, 10 (dez) dias, ainda que, neste período, ocorra o rebaixamento da classificação do Município.

§2º Os municípios contíguos devem adotar as medidas restritivas idênticas, correspondentes às aplicáveis aquele que tiver classificação de risco mais grave.

§3º Os Municípios poderão adotar medidas mais restritivas do que as contidas neste Decreto, desde que justificadas em dados concretos locais que demonstrem a necessidade de maior rigor para o controle da disseminação do novo coronavírus.

Art. 6º O funcionamento de parques públicos estaduais seguirá as restrições estabelecidas pelos Municípios em que se encontrem e, na ausência de normas a este respeito, poderão ser utilizados, desde que observado o distanciamento mínimo de 1,5m entre as pessoas, ficando vedado o acesso sem o uso de máscara de proteção facial.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

MT

Sorteio mensal do Nota MT premia 1002 consumidores; confira o resultado

Publicado


A Secretaria de Fazenda (Sefaz) realizou nesta quinta-feira (13.05) o sorteio mensal do mês de abril do Programa Nota MT, no qual foram premiados 1002 consumidores, sendo 996 de Mato Grosso e seis de outros estados.

Cinco pessoas irão receber os prêmios de R$ 10 mil. São eles: Dilma Priscila Ramos dos Santos, Ernesto Ferreira da Silva Neto e Jonatas Jovino Pulquério, de Cuiabá; Edvaldo Ângelo da Mata, de Várzea Grande e Elaine Marques dos Santos, de Cáceres.

Os demais 997 consumidores foram premiados com R$ 500. No concurso também tiveram três pessoas que foram sorteadas com dois prêmios de R$ 500 totalizando R$ 1.000 para cada contribuinte. Confira a lista dos sorteados no final da matéria.

As entidades que serão beneficiadas com 20% do prêmio principal, ou seja R$ 2 mil para cada são: AACC – Associação de Amigos da Criança com Câncer de Mato Grosso, que foi indicada por dois ganhadores, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE de Cuiabá, Associação de Catadores/as de Materiais Reutilizáveis e Recicláveis – Mato Grosso Sustentável – ASMATS, de Várzea Grande e Lar das Servas de Maria de Cáceres.

Leia mais:  Procon-MT suspende expediente no período vespertino nesta quinta-feira (13)

Além de Cuiabá, que liderou o número de contemplados com 353 contribuintes sorteados, outras cidades de Mato Grosso também tiveram um número expressivo de moradores premiados. São elas Sinop com 83, Várzea Grande com 79, Rondonópolis com 61 e Cáceres com 38.

O sorteio foi coordenado pelo secretário adjunto de Relacionamento com o Contribuinte, Jefferson Marcos Delgado da Silva. Ele falou da importância do programa no sentido de conscientizar a população no exercício da cidadania.

“Esse programa além de conscientizar, também premia o cidadão, premia as entidades que ele escolheu para ajudar e, além disso, o Programa Nota MT traz outros benefícios, como ter um cadastro de todas as suas notas fiscais que pode ser acessado a qualquer momento pelo aplicativo ou no site, o histórico de compras, pois sua nota está ali guardada”, salientou o secretário.  

O sorteio desta quinta-feira foi o sexto do ano e o 29º realizado desde a criação do programa em 2019. Ele ocorreu na sala de reuniões do Complexo 3A da Sefaz, referente aos documentos fiscais emitidos entre o dia 1º e 30 de abril.

Leia mais:  Tangará da Serra e Nova Olímpia comemoram aniversários com ações do Estado em infraestrutura, agricultura familiar, educação e assistência social

Para esse sorteio foram gerados 1.657.063 bilhetes eletrônicos a partir dos documentos fiscais emitidos em abril e concorreram um total de 279.449 contribuintes que pediram o CPF nos documentos.

Do total geral de bilhetes, 5.805 são de bilhetes de passagem eletrônicos (BPEs), que são gerados quando o contribuinte cadastrado no Nota MT solicita a inclusão do CPF no momento da compra de passagens de ônibus nas linhas intermunicipais e interestaduais, à exceção da Região Metropolitana de Cuiabá.

Em 2021 o programa Nota MT vai distribuir R$ 7,6 milhões em prêmios nos sorteios mensais e especiais. Para participar dos sorteios, o consumidor deve realizar o cadastro no portal www.nota.mt.gov.br ou pelo aplicativo disponível para Android e IOS e indicar uma instituição cadastrada para receber uma doação, caso o usuário seja sorteado. Também deve solicitar que seu CPF seja informado no Documento Fiscal Eletrônico (NFC-e, NF-e ou BP-e) no momento da aquisição da mercadoria ou bilhete eletrônico de transporte interestadual ou intermunicipal.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MT

Ações em infraestrutura e agricultura familiar marcam aniversário de oito municípios

Publicado


Oito municípios do norte mato-grossense – Itaúba, Marcelândia, Nova Canaã do Norte, Novo Horizonte do Norte, Peixoto de Azevedo, Sorriso, Terra Nova do Norte e Vera – com população total de 179.969 habitantes, comemoram 35 anos de emancipação administrativa nesta quinta-feira, 13 maio, com ações do Governo do Estado em infraestrutura e agricultura familiar.

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística assinou contrato para pavimentação de 34,4 quilômetros da MT-485, conhecida como Estrada do Morocó. Com investimento de R$ 18,6 milhões, a obra é resultado de uma parceria entre Governo do Estado e Prefeitura de Sorriso, cidade com 92.769 habitantes, distante 397 quilômetros de Cuiabá.

Também no município, foi concluída a ponte de concreto na MT-490, sobre o Rio Teles Pires, com 183 metros de extensão, interligando a comunidade São Luiz Gonzaga à Linha Morocó, sentido Nova Ubiratã. Investimento de R$ 8,8 milhões.

Estão em elaboração três projetos de pavimentação beneficiando o município – 14,89 quilômetros da MT-338 entre a divisa de Sorriso e Nova Ubiratã, 27,96 quilômetros da MT-443 na Comunidade Tropical e 13,82 quilômetros da MT-487, no entroncamento da MT-222.   

Foi concedida à iniciativa privada 86,3 quilômetros da rodovia MT-242/140, entre  Sorriso e Nova Ubiratã, e 70,6 quilômetros da MT 242/291,entre Sorriso e Ipiranga do Norte, cujo prazo de concessão é de 30 anos. 

Peixoto de Azevedo, 35.338 habitantes, distante 675 quilômetros de Cuiabá, será beneficiada com o recapeamento de 30 quilômetros da MT 322 (antiga BR 080), entre Rio Peixotinho e Km 37. A obra, em parceria com Prefeitura Municipal, terá investimentos de R$ 2,5 milhões.

Peixoto de Azevedo, 35.338 habitantes e distante 675 quilômetros de Cuiabá – Divulgação

Pelo Programa Mais MT, está previsto, também na MT 322, a construção de uma ponte sobre o Rio Piu, com 60 metros de extensão, com investimentos estimados em R$ 4,679 milhões; e obras de saneamento básico – esgoto sanitário, abastecimento de água, poços tubulares e projetos de gerenciamento de resíduos sólidos.

Em Marcelândia, 10.301 habitantes, 640 quilômetros distante de Cuiabá, está em andamento a construção da ponte de concreto sobre o rio Manissaua-Miçu, com extensão de 150 metros, facilitando o acesso da perímetro urbano ao distrito de Analândia. A infraestrutura está concluída e as obras estão na fase de das vigas de sustentação da ponte. São investidos R$ 10,6 milhões.

Assinada ordem de serviço para construção de ponte na MT 320 sobre o Córrego dos Patos, 30 metros de extensão, e implantação e pavimentação asfáltica, por meio de convênio, de quatro quilômetros da Avenida dos Pioneiros, no município. Investimentos de R$ 5,299 milhões.

Leia mais:  Polícias Militar e Civil resgatam jovem vítima de sequestro em Tangará da Serra

Marcelândia, 10.301 habitantes e 640 quilômetros distante de Cuiabá

Manutenção, em parceria com Associação Estruturante Santa Emília da Rodovia MT 322 (AESE), de 124 quilômetros da MT-322, não pavimentada, incluindo sinalização e limpeza da faixa de domínio, entre o entroncamento da MT-130 e Fazenda Santa Emília. Investimentos de R$ 3,6 milhões.

Também em Nova Canaã do Norte, 12.831 habitantes, distante 680 quilômetros de Cuiabá, está em fase de terraplanagem e sub-base de asfalto, a pavimentação de 13,69 quilômetros da rodovia MT-411, entre o fim do perímetro urbano e ponte sobre o rio Teles Pires.

Resultado de convênio entre Governo do Estado e Prefeitura de Nova Canaã do Norte, são investidos R$ 11,7 milhões, dos R$ 5,9 milhões pela Sinfra e R$ 5,8 milhões pela prefeitura.

Nova Canaã do Norte, 12.831 habitantes e distante 680 quilômetros de Cuiabá – Divulgação  

Foram concedidos à iniciativa privada 188,2 quilômetros da MT-320 e MT-208 – entre Alta Floresta e Nova Canaã do Norte, passando por Nova Santa Helena, Colíder e Carlinda. Estão previstos investimentos ao longo dos 30 anos de duração do contrato. 

Vera, 11.402 habitantes, distante 462 quilômetros Cuiabá, foi beneficiada pela parceria entre Governo do Estado e prefeituras, que resultou na pavimentação de 30,5 km da MT 140, interligando o município a Santa Carmem. Foram investidos R$ 17,3 milhões, sendo R$ 15 milhões pelo Governo do Estado e o restante empenhado pelos dois municípios. 

Vera, 11.402 habitantes e distante 462 quilômetros Cuiabá – Divulgação 

Agricultura Familiar: Por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), foram distribuídas patrulhas mecanizadas, com trator agrícola 4×4, carreta basculante e grade aradora, para Marcelândia, Novo Horizonte do Norte, Peixoto de Azevedo, Terra Nova do Norte e Vera.

Também pela Seaf, Nova Canaã do Norte, Novo Horizonte do Norte, Peixoto de Azevedo e Sorriso receberam dois resfriadores de leite, com capacidade de até mil litros, enquanto Vera recebeu três.

Os produtores familiares de Vera ainda foram beneficiados com doses de sêmen convencional, enquanto Terra Nova do Norte, 9.473 habitantes, distante 643 quilômetros de Cuiabá, recebeu, além de doses de sêmen convencional de raças leiteiras (holandesa, jersey, girolando e gir), prenhezes (fertilização in vitro e transferência de embrião).

Terra Nova do Norte, 9.473 habitantes e distante 643 quilômetros de Cuiabá

No pacote estão incluídas vacinas reprodutivas, exames de brucelose e tuberculose, medicamentos do protocolo hormonal, ação de transferência de embriões e diagnóstico de gestação.

Saúde e repasses

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) repassou aos quatro municípios 15.075 testes rápidos (6.675 para Sorriso), para detecção do coronavírus e medicamentos para combatê-lo, num total de 649.127 comprimidos (330.546 para Sorriso) entre azitromicina (79.822), ivermectina (63.848) e dipirona (505.468), também distribuído em gotas, com 12.415 frascos. 

Leia mais:  Ações em infraestrutura e agricultura familiar marcam aniversário de oito municípios

Entre 2020 e 2021, o Governo do Estado repassou R$ 298,15 milhões aos cofres municipais, dos quais R$ 178,61 milhões para Sorriso, em ICMS, IPVA e Fethab; R$ 8,53 milhões em assistência social, transporte escolar e emendas parlamentares entre 2019 e 2020; e R$ 23,789 milhões (Peixoto de Azevedo, R$ 12,18 milhões, e Sorriso, R$ 7,21 milhões) em fundos de saúde entre 2019, 2020 e 2021.

Economia

Liderado por Sorriso (R$ 6,05 bilhões), onde se localiza 19 dos 21 grandes empreendimentos (frigoríficos, plantas de combustíveis, industrias de fertilizantes, química e de ração animal e distribuidoras de insumos), o Produto Interno Bruto (PIB) municipal dos oito aniversariantes soma R$ 9,3 bilhões.

O setor de serviços, com R$ 3,4 bilhões, é o maior componente, seguido por agropecuária  (R$ 1,93 bilhão), administração pública (R$ 1,108 bilhão), indústria (R$ 1,033 bilhão), e impostos (R$ 829 milhões).O PIB per capita médio de R$ 35.015,17 (Sorriso responde por R$ 68.895,07).

O rebanho bovino conjunto soma 1,53 milhão de cabeças, das quais 37,29 mil vacas ordenhadas, com uma produção de 59,09 milhões de litros de leite; enquanto o rebanho galináceo, com 9,095 milhões de cabeças (Sorriso, com 7,956 milhões, é o segundo maior do ranking estadual), das quais 501,4 mil galinhas, com 7,35 milhões de dúzias de ovos, além 580,6 mil suínos (37,5 mil matrizes), 37,584 ovinos, 21.509 equinos e 2.960 caprinos.

Primeiro do ranking nacional em valor da produção agrícola, em 2019, Sorriso produziu 179,02 mil toneladas de algodão, de um total de 188,43 mil entre os oito municípios; 3,17 milhões de toneladas de milho (de 4,26 milhões); e 2,14 milhões de toneladas de soja (de 3,25 milhões).

Em menor escala, os oito municípios produziram ainda arroz, feijão, mandioca, cana-de-açúcar, girassol, café, borracha, banana, coco-da-baía, abacaxi, palmito, limão, tangerina, goiaba, manga, uva, castanha de caju, melancia, melão, tomate, castanha, guaraná, maracujá, pimenta do reino, laranja, mamão, cacau.

Itaúba, 3.704 habitantes e distante 580 quilômetros de Cuiabá 

Enquanto Sorriso é o maior produtor nacional de soja e milho, conforme dados de 2019, Terra Nova do Norte é o maior produtor estadual de goiaba, castanha de caju e manga e Novo Horizonte do Norte é o segundo em produção de palmito.   

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262