Connect with us

ELEIÇÕES

Deputado Federal

Published

on

Coronel Assis é a sensação

Se as eleições para deputado federal fossem hoje, o jovem Emanuelzinho Pinheiro Neto (MDB), filho do prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro, mesmo partido, alcançaria 5,1% das intenções de votos em Cuiabá e Várzea Grande. A nova rodada da Percent começou a ser publicada na última quinta-feira (12) pela TV Cuiabá e portal ODOCUMENTO.

D’ O Documento – Em segundo lugar, figura o também atual deputado federal, José Medeiros (PL), com 3,4% das citações. Pela pesquisa quantitativa, Medeiros tende a se reeleger com tranquilidade no dia 2 de outubro.

No entanto, a sensação do momento é o ex-comandante da Polícia Militar, Coronel Assis (União Brasil). Sem nunca ter disputado qualquer cargo eletivo, o homem que já comandou o temido BOPE, divisão especial da PM, cravou 2,2% de preferência popular. Em se mantendo a boa performance, Assis deve ganhar a segunda vaga de deputado federal do União Brasil.

Ex-comandante da PM, Coronel Assis (União Brasil), é a bola da vez entre os fiéis escudeiros do atual presidente, Jair Bolsonaro (PL)

Com 2% das citações, outros três nomes se destacaram na Percent. São eles: Nelson Barbudo (PL), Sargento Joelson (Cidadania) e Carlos Bezerra (MDB). Vale ressaltar a capilaridade de Barbudo em todo estado. Ele “pingou” em mais de 80 municípios, conforme pesquisa estadual realizada em março, o que pode levá-lo ao topo da lista como campeão de votos, em 2022.

Leia mais:  TRE-MT inicia reuniões preparatórias das Eleições 2022

A deputada federal, Rosa Neide (PT), abocanhou 1,5%, seguida por Fábio Garcia (União Brasil), Gisela Simona (União Brasil) e Coronel Fernanda (PL), ambos lembrados por 1% dos entrevistados.

“Pelo apurado, o União Brasil, PL e MDB levam vantagem na disputa pelas oito vagas à Câmara Federal. Acredito que entre os militares, o Coronel Assis é o nome mais forte e deve brigar pela segunda vaga lá na legenda do governador, Mauro Mendes”, avaliou Ronye Steffan, sócio-propriatário da Percent.

Metodologia

A Percent aplicou a técnica “survey de opinião” com 1.000 entrevistados por telefone em Cuiabá e Várzea Grande. A coleta de dados se deu entre os dias 27 de abril a 3 de maio. A margem de erro de é 3,10% para mais ou para menos. Seguindo os ditames da Lei Eleitoral, a pesquisa foi devidamente registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral sob o número MT-06721/2022.

Comentários Facebook

ELEIÇÕES

TRE-MT orienta instituições bancárias sobre aberturas de contas bancárias por candidatos

Published

on

Procedimentos foram reforçados durante reunião realizada nesta segunda-feira (27.06)

A Assessoria de Contas Eleitorais e Partidárias (Asepa) do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) promoveu uma reunião com representantes de instituições bancárias, na manhã desta segunda-feira (27.06). O objetivo foi orientar sobre os procedimentos de abertura, movimentação e encerramento das contas bancárias a serem abertas pelos partidos, candidatas e candidatos das Eleições Gerais 2022.
TRE-MT REUNIÃO COM INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS

Por Nara Assis – O juiz auxiliar da presidência do TRE-MT, Bruno D’Oliveira Marques, agradeceu, em nome do presidente, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, a participação dos representantes do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Santander, Bradesco e Banco Base, e ressaltou a importância do cumprimento da Resolução n° 23.607/2019, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que trata destes procedimentos.

“Frisei a necessidade de que eles deem atenção e prioridade a estes procedimentos, que treinem suas equipes, a fim de que não haja nenhuma dificuldade e que possamos evitar transtorno ao processo eleitoral. A Justiça Eleitoral está à disposição das instituições bancárias, para que eventuais dúvidas sejam sanadas e, assim, tudo ocorra sem percalços”, ressaltou o juiz auxiliar da presidência.

Leia mais:  TRE-MT orienta instituições bancárias sobre aberturas de contas bancárias por candidatos

  Foram tratados, dentre outros assuntos, os tipos de instituições que devem abrir as contas correntes, documentação que deve ser apresentada pelos partidos e candidatos(as), prazos para abertura e encerramento de contas e procedimentos a serem efetivados no caso de sobra de recursos na conta corrente.

“Essa reunião foi extremamente importante para a aproximação entre as instituições e a Justiça Eleitoral, bem como pelo fato de que foram repassadas as regras previstas na resolução vigente, principalmente as inovações legislativas, como por exemplo, a abertura de conta bancária em meio eletrônico e a forma de utilização do Pix na campanha eleitoral”, avaliou o assessor de Contas Eleitorais e Partidárias, Rodrigo Martins de Jesus.

A reunião também contou com a participação de Eduardo Catusso Guibor, que representou o procurador regional eleitoral, Erich Masson.

 

Comentários Facebook
Continue Reading

ELEIÇÕES

TRE-MT e TJMT iniciam tratativas para expedição de Certidão para Fins Eleitorais

Published

on

Documento deve incluir todas as classes de processos cíveis e criminais que impliquem inelegibilidade

Uma Certidão para Fins Eleitorais, fornecida pela Justiça Comum Estadual, deve ser criada para este pleito de 2022. O documento deve incluir todas as classes de processos cíveis e criminais que impliquem inelegibilidade. Uma reunião entre o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso e o Tribunal de Justiça de Mato Grosso foi realizada para tratar do tema na quinta-feira (23.06).

TRE-MT REUNIÃO COM TJ
Por Daniel Dino – “Nós estamos propondo um termo de cooperação entre o TRE-MT e o TJMT para definição dos parâmetros dessa certidão para as necessidades da Justiça Eleitoral. O tempo para que os candidatos apresentem sua documentação no registro de candidatura é muito reduzido, então buscamos agilizar o fornecimento desses documentos, principalmente das certidões de objeto e pé. Buscamos juntos ofertar soluções automáticas, para que a pesquisa dos processos seja feita o mais rápido possível”, destacou o juiz membro do TRE, Ouvidor Eleitoral e Supervisor do Núcleo de Cooperação Judiciária, Jackson Francisco Coleta Coutinho.
Neste ponto, o coordenador judiciário do TJMT, Bruno Fernandes, explicou que o Tribunal já vem trabalhando a implantação de pagamento de taxas via pix, uma vez que o atual modelo de pagamento por boleto pode demorar até três dias para compensação, o que fatalmente pode atrapalhar no cumprimento dos prazos estabelecidos pela legislação eleitoral. Outras soluções serão estudadas conjuntamente para garantir que a certidão seja emitida no menor tempo possível.
Em linhas gerais, os novos parâmetros resultarão numa pesquisa mais profunda dentro do banco de dados do TJMT para emissão dessa certidão. “Nós iremos ampliar os parâmetros de pesquisa, abranger todas as classes de processo que podem englobar situações que resultem na inelegibilidade dos candidatos”, destacou Nilson Fernando Gomes Bezerra, Chefe da SATP/CRIP, que apresentou a proposta.
Em sua fala, Luis Fernando Voto Kirche, Magistrado de Cooperação e Coordenador de NCJ do TRE-MT, reforçou a importância da parceria entre Justiça Eleitoral e TJMT. “Essa cooperação fortalece ambas as instituições, fortalece a visão que a sociedade possui do Poder Judiciário como um todo. As eleições pertencem a todos os brasileiros, e somente acontecem devido a inúmeras parcerias. Tenho certeza que muito em breve estaremos formalizando este acordo e apresentando esta nova Certidão para fins Eleitorais”.
Participaram da reunião representando o TRE-MT, o secretário da Secretaria Judiciária do TRE-MT, Breno Antonio Sirugi Gasparoto, e os membros do Núcleo de Cooperação Judiciária (NCJ) da Justiça Eleitoral de Mato Grosso. Já pelo TJMT, a diretora do Departamento de Aprimoramento da 1ª Instância (DAPI), Renata Bueno, a diretora do Departamento Judiciário Auxiliar, Andreia Girardi.

Comentários Facebook
Leia mais:  TRE-MT e TJMT iniciam tratativas para expedição de Certidão para Fins Eleitorais
Continue Reading

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262