conecte-se conosco


MT

Estado vai premiar em R$ 9,8 milhões municípios que tiverem melhor cobertura vacinal

Publicado


O Governo do Estado, por meio do Programa Imuniza Mais MT, vai premiar em R$ 9,8 milhões os municípios com melhor performance nas campanhas de vacinação contra Covid-19, Influenza e outras doenças. O incentivo financeiro visa estimular os gestores no aperfeiçoamento da cobertura vacinal das doenças para as quais já existem imunizantes disponíveis no País.

O valor integra um montante de R$ 65 milhões, que será dividido entre as premiações destinadas aos municípios com bom desempenho na cobertura vacinal, reforma e construção da Rede Frio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), aquisição de veículos refrigeradores, câmara fria, ar-condicionado, equipamentos de refrigeração, insumos, serviços, capacitações e comunicação. 

“O programa é um estimulo para que a gente possa melhorar a performance estadual de vacinação além de reconhecer bom gestores que atuam com seriedade na área da imunização. O gestor municipal premiado não vai usar o recurso onde quiser. Este é um recurso que será aplicado na saúde da cidade e beneficiará a população que poderá contar com mais esse incremento na rede pública“, pontua o secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

A primeira premiação, somada em R$ 2.070.000 milhões, ocorrerá em outubro deste ano. Inicialmente, serão considerados dados das vacinas contra Influenza e Covid-19 disponibilizados no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI). Concorrerão ao incentivo os municípios que alcançarem mais de 80% de cobertura vacinal contra influenza e mais de 90% de cobertura vacinal contra Covid-19.

Leia mais:  Atendimento ao público na sede do Detran-MT será suspenso final da tarde de terça (03)

Na premiação, vão ser avaliadas as primeiras e segundas doses de vacinas distribuídas até 21 de setembro para uso até 30 de setembro. A premiação será feita com base no extrato populacional dos municípios de forma que o incentivo seja proporcional ao número de habitante.

O grupo 1, municípios com menos de cinco mil habitantes, disputarão o primeiro lugar (R$60.000), segundo lugar (R$ 50.000) e terceiro lugar (R$ 40.000). Os municípios do grupo dois, de 5 mil a 10 mil habitantes, concorrerão às três categorias e serão premiados com um montante de R$ 210.000.

As cidades do grupo três, de 10 mil a 15 mil habitantes, receberão prêmios totalizados em R$ 240.000. O grupo quatro considera as cidades com 15 mil a 30 mil habitantes cuja premiação alcançara R$ 370.000

O grupo cinco avalia os municípios de 30 a 60 mil habitantes e os incentivos atingirão o montante de R$ 450.000. Os municípios com mais de 60 mil habitantes pleitearão as três colocações e um valor somado em R$ 650.000.

Premiações em selo

Na primeira quinzena de 2022, será realizada uma avaliação referente ao desempenho dos municípios no ano de 2021. Os municípios com melhor performance, com 90% a 100% de cobertura vacinal das vacinas contra Covid-19, Influenza e outras doenças, receberão selos bronze, prata, ouro ou diamante. Para 2022, as premiações estão estimadas em um total de R$ 7.770.000 milhões.

Leia mais:  Governo licita serviços de manutenção de 190 km da MT-322 na Região Araguaia

Para ganhar o primeiro, segundo ou terceiro lugar do selo bronze e, consequentemente, um incentivo somado em R$ 710.000, os municípios precisarão atingir 95% de cobertura vacinal contra influenza e 100% de cobertura vacinal contra Covid-19.

O selo prata ira premiar o total de R$ 1.000.000 dividido entre as três categorias os municípios que alcançarem as metas do selo bronze e ainda ter uma cobertura maior que 95% das quatro vacinas que compõe a pactuação Inter federativa (poliomielite, tríplice viral, pneumocócica e penta valente).

A premiação de R$ 2.060.000 prevista no selo ouro vai ser dividida entre os municípios que conseguirem uma cobertura maior que 95% nas 10 vacinas que compõem o calendário básico de vacinação em crianças menores de 2 anos, além de cumprirem as metas dos selos anteriores.

Os municípios que cumprirem todas as metas a cima e também atingirem mais de 90% na cobertura vacinal de Tríplice bacteriana acelular adulto (DTPA) em gestantes e aumentar 20% na meta em relação ao ano anterior na vacina contra Hepatite ganhará o selo diamante e um incentivo para as três colocações somados em R$ 4 milhões.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

MT

Querência recebe nova ambulância

Publicado


Entrega de ambulância no Araguaia

Foto: HENRIQUE COSTA PIMENTA BRAGA

O deputado estadual Thiago Silva (MDB) destinou emenda no valor de R$ 186 mil para a aquisição de uma ambulância para a cidade de Querência, na região do Araguaia. O parlamentar fez a entrega oficial da ambulância no dia 26 de julho, na sede da prefeitura.

Thiago Silva tem trabalhado em seu mandato para amparar os municípios no atendimento de saúde pública e a ambulância se faz fundamental na região Araguaia que é distante da capital.

“É muito difícil o cidadão tem que percorrer mais de 800 km até a capital Cuiabá para ter um atendimento de saúde e nosso objetivo ajudar os municípios, principalmente durante a pandemia, com recursos para atender a saúde do cidadão que mais precisa”, disse Thiago Silva.

O prefeito Fernando Gorgen (DEM) ressaltou a parceria do deputado. “Agradeço o apoio do deputado que destinou a emenda que vai ajudar na saúde pública da nossa cidade. Querência agradece o empenho do deputado Thiago”, disse.

Leia mais:  Guiratinga comemora 88 anos com parcerias estaduais em infraestrutura, saúde e segurança

O deputado se comprometeu a trabalhar para destinar mais emendas para a construção de uma casa de apoio, para atender as famílias da região.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

MT

Deputado Moretto alcança 1.214 proposições e destaca avanço na região Oeste

Publicado


Foto: Marcos Lopes

O deputado Valmir Moretto (Republicanos), apresentou 1.214 proposições no primeiro semestre de 2021. As ações do parlamentar se destacam principalmente nos municípios da região Oeste do estado.

Além da ação no Parlamento, Moretto destaca a forte gestão “em campo”. Para o deputado, os avanços do governo do estado são resultado dos trabalhos executados pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

“A Assembleia tem contribuído muito para Mato Grosso. Tem contribuído para o crescimento do poder econômico do Estado, pelo equilíbrio fiscal. Foi a Assembleia que trouxe muitas mensagens do governo e que foram debatidas. Mensagem importante para o equilíbrio”, afirma.

Uma das principais ações de Valmir Moretto, foi a Lei 11.396, sancionada pelo governador Mauro Mendes (DEM) e que que obriga estabelecimentos comerciais de ramo alimentício a informar a substituição de queijo e derivados do leite por produtos “semelhantes”. A Lei tem objetivo de valorizar a classe produtora de leite e evitar que os produtos derivados ganhem espaço no mercado.

Leia mais:  Guiratinga comemora 88 anos com parcerias estaduais em infraestrutura, saúde e segurança

Infraestrutura – O parlamentar é presidente da Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transporte da Assembleia Legislativa de Mato Grosso e nesse período percorreu, ao lado do secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira, 16 municípios – todos na região Oeste, onde estão em andamento 43 obras. As ações são resultado de indicações, emendas e gestão do parlamentar. O resultado é um enorme canteiro de obra na região da Grande Cáceres e Vale do Guaporé.

“As obras estão em andamento. Estão acontecendo investimentos na educação, saúde e segurança pública graças os trabalhos que a Casa realiza”, pontua Moretto.

Segurança Pública – Recentemente Valmir Moretto esteve em Brasília com o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante para uma reunião com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres. No encontro foram apresentadas demandas da faixa de fronteira, que é porta de entrada e saída de crimes internacionais – principalmente o tráfico de drogas.

Para fortalecer a segurança na região de fronteira, Moretto alcançou destinou R$ 713 mil, em emenda parlamentar, para aquisição de câmeras do tipo OCR, que reforçam o monitoramento na região.

Leia mais:  Aeronave é apreendida com quase 300 kg de cocaína durante operação em Poconé
Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262