conecte-se conosco


MT

Governo de MT vai destinar R$ 65 milhões para que municípios acelerem imunização

Publicado


O Governo de Mato Grosso lançou, nesta quarta-feira (21.07), o programa Imuniza Mais MT. A iniciativa terá investimento de R$ 65 milhões para incentivar os municípios na melhoria da cobertura vacinal dos imunizantes contra a Covid-19, Influenza e outras doenças. A primeira-dama Virginia Mendes acompanhou o lançamento do programa, ao lado do governador Mauro Mendes.

“Estamos lançando esse programa com a proposta de melhorar a cobertura vacinal não só da Covid, mas de uma gama de quase 20 imunizantes previstos no Plano Nacional de Imunização. O incentivo financeiro é importante porque a performance adequada pode evitar que muitas pessoas percam suas vidas ou tenham complicações em função da falta de vacinação”, destacou o governador. 

O investimento total será dividido entre premiações destinadas a municípios com bom desempenho na cobertura vacinal, reforma e construção da Rede Frio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), aquisição de veículos refrigeradores, câmara fria, ar-condicionado, equipamentos de refrigeração, insumos, serviços, capacitações e comunicação. 

“Esse programa é o início de um reconhecimento em meritocracia na saúde de Mato Grosso, em que bons gestores passarão a capitalizar do trabalho executado na saúde do município. Os dados utilizados serão os fornecidos pelo sistema oficial do Ministério da Saúde, portanto, é necessário que os gestores municipais atualizem o sistema para que possam ser avaliados”, explicou o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Leia mais:  João Batista realiza visita técnica em Cadeia Pública de Chapada dos Guimarães

A premiação

A primeira premiação somada em R$ 2.070.000 ocorrerá em outubro deste ano. Inicialmente, serão considerados dados das vacinas contra Influenza e Covid-19 disponibilizados no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI). Concorrerão ao incentivo os municípios que alcançarem mais de 80% de cobertura vacinal contra influenza e mais de 90% de cobertura vacinal contra a Covid-19. 

Na primeira quinzena de 2022, será realizada uma avaliação referente ao desempenho dos municípios no ano de 2021. Os municípios com melhor performance, com 90% a 100% de cobertura vacinal contra a Covid-19, Influenza e outras doenças, receberão selos bronze, prata, ouro ou diamante. Para 2022, as premiações estão estimadas em um total de R$ 7.770.000. 

Para o conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE), Luiz Henrique Lima, a iniciativa reconhece o empenho dos municípios nas campanhas de vacinação.

“Acredito que essa iniciativa é pioneira entre todos os estados do Brasil. É uma iniciativa extraordinária, não pelo prêmio, mas pelo reconhecimento dos selos bronze, prato, ouro e diamante que demonstram que o gestor vencedor está fazendo o possível para salvar a vida de seus munícipes”.

Leia mais:  Seplag disponibiliza novo módulo no Sistema Monitora

Entusiasmado com a iniciativa, o prefeito de Arenápolis, Eder Marquis, que participou presencialmente do lançamento do programa, garantiu ser um dos gestores municipais que vai ganhar um dos selos. 

“O incentivo financeiro é importante, mas o mais importante é o estímulo para a rapidez da vacinação porque lugar de vacina é no braço e não na geladeira. Arenápolis vai aderir ao programa e quero receber um selo desse, nem que seja o bronze, mas vou brigar pelo diamante, porque a iniciativa é de extrema importância já que vai elevar o estado de Mato Grosso no ranking de vacinação no país”, afirmou o prefeito.   

Também participaram do evento o diretor-presidente da Desenvolve MT, Jair Oliveira Marques, o vereador de Cuiabá, Dilemário Alencar, e dezenas de prefeitos, por meio remoto.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

MT

João Batista realiza visita técnica em Cadeia Pública de Chapada dos Guimarães

Publicado


Foto: BRUNO BARRETO / Assessoria de Gabinete

O deputado estadual João Batista do Sindspen (Pros), presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária (CSPC) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), realizou no último dia 20, uma visita técnica na Cadeia Pública de Chapada dos Guimarães. A ação, como explicou o parlamentar, é devido ao fechamento da Cadeia Pública de Santo Antônio de Leverger e a transferência dos 24 presos para a unidade de Chapada.

De acordo com Batista, a unidade de Chapada dos Guimarães, que agora passa a ser considerada como “presídio militar”, precisa passar por uma reforma, oferecendo condições de trabalho mais dignas aos servidores. “Nosso principal objetivo com a visita foi verificar in loco como estão as condições de trabalho dos nossos policiais penais na Cadeia Pública de Chapada. Como presidente da CSPC, iremos atuar junto a direção do local para garantir os devidos encaminhamentos”, disse João Batista.

O deputado explicou que o presídio militar é destinado aos servidores ligados a Segurança Pública, seja federal, estadual, ativos ou inativos, submetidos a cumprimento de pena no Sistema Penitenciário. Em relação aos 64 presos que estavam na Cadeia Pública de Chapada dos Guimarães, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP), informou que os mesmos foram remanejados para outras unidades da Baixada Cuiabana.

Leia mais:  Colíder sedia 5ª edição do Circuito Empreendedor

A estrutura da Cadeia Pública de Santo Antônio de Leverger, como informou João Batista, passará por reformas para abrigar uma unidade de regime semiaberto com 70 vagas. “Agora vamos cobrar para que ambas as unidades (Chapada e Santo Antônio) recebam a devida atenção do Poder Executivo”, finalizou o parlamentar.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

MT

Colíder sedia 5ª edição do Circuito Empreendedor

Publicado


Colíder irá sediar a quinta edição do projeto Circuito Empreendedor, que vai ocorrer no dia 12 de agosto, das 8h às 18h, no campus da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) do município. O intuito é levar conhecimento para fortalecer os pequenos negócios no Estado.

O evento é realizado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec-MT) sob a coordenação da Secretaria Adjunta de Desenvolvimento do Ecossistema Empreendedor.

As oficinas, que serão executadas nos períodos matutino e vespertino, são dirigidas a quem pretende empreender, microempreendedores individuais e empresários de pequeno porte dos municípios que constituem o Consórcio Portal da Amazônia, são eles Colíder, Guarantã do Norte, Itaúba, Marcelândia, Matupá, Nova Canaã do Norte, Nova Guarita, Nova Santa Helena, Novo Mundo, Peixoto de Azevedo e Terra Nova do Norte.

Dentre as informações que serão levadas aos participantes do Circuito estão como aderir ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar e de Pequeno Porte (Susaf-MT), como proceder para formalizar uma empresa, as linhas de crédito disponíveis para os pequenos empreendedores, compras governamentais, entre outros temas.

Leia mais:  Querência recebe nova ambulância

Medidas de biossegurança

Todas as normas de biossegurança quanto à Covid-19 serão adotadas durante o evento, na entrada do local haverá medidor de temperatura, estarão disponíveis embalagens de álcool gel em todas as mesas e o uso das máscaras de proteção será obrigatório. Também será limitado o número de participantes por sala e controlado o distanciamento social conforme determinação legal.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262