conecte-se conosco


MT

Ministério do Meio Ambiente lança programa “Rios + Limpos” em Mato Grosso nesta quinta-feira (16)

Publicado


O Ministério do Meio Ambiente lança o Programa Nacional Rios+Limpos nesta quinta-feira (16.09), em Mato Grosso. O projeto tem a meta de retirar toneladas de resíduos sólidos de rios em todo país país. No estado o projeto começará pelo Rio Cuiabá e pelas Baías de Siamariana e Chacororé, localizadas no Pantanal.

Em parceria com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) a limpeza será feita com objetivo de retirar resíduos urbanos durante o período da seca, que permite acesso fácil a todo o entorno do rio e das baías, e dar destinação correta para todo o lixo, reciclável ou não, retirado do local. No município de Barão de Melgaço o programa envolverá 15 comunidades ribeirinhas com 700 famílias.

O Programa Rios+Limpos visa melhorar a qualidade das águas no país, e consequentemente, saúde e qualidade de vida das pessoas. A iniciativa é inédita no Pantanal e fortalece as ações executadas pelo Governo do Estado para manter o nível de água e a biodiversidade local.

Serviço:

Pauta: Lançamento do Programa Rios+Limpos

Ação: retirada de resíduos sólidos no rio Cuiabá e nas Baías de Chacororé e Siamariana

Leia mais:  Sexta-feira (17): Mato Grosso registra 530.426 casos e 13.701 óbitos por Covid-19

Data: Quinta-feira, 16 de setembro às 07h30 (a ação continua até o sábado, 18)

Local: Distrito Passagem da Conceição, Várzea Grande.

Programação:

16/09 (quinta-feira): Distrito da Passagem da Conceição, Várzea Grande

17/09 (sexta-feira) Município Barão de Melgaço, Porto Brandão

18/09 (sábado) Município Várzea Grande/Cuiabá

Participantes da mesa de abertura na quinta-feira

André França – Secretário de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente

Mauren Lazzaretti – secretária de Estado de Meio Ambiente

Kalil Baracat – Prefeito do Município de Várzea Grande

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

MT

Batalhão de Trânsito da PM promove 2º Pit Stop Pedal Tran neste domingo (19)

Publicado


Neste domingo (19), a Polícia Militar realiza a 2ª edição do Pit Stop Pedal Tran, em frente ao 3° Pelotão de Policiamento Rodoviário do Batalhão de Trânsito, na Rodovia Emanuel Pinheiro, MT-251. O evento faz parte da Semana Nacional do Trânsito, e inicia a partir das 6h com ações de apoio e serviços aos ciclistas.   

O 2º Pit Stop Pedal Tran “Aqui eu pedalo, com saúde e segurança” disponibilizará aos ciclistas um ponto de hidratação (com água, frutas e açaí) e de manutenção de bike.  A ação oferecerá aos praticantes também profissionais disponibilizados pela UNIMED para darem dicas de saúde, de nutrição e aferição de pressão arterial e glicemia.  

Orientações sobre a importância da utilização de equipamentos de segurança, legislação de trânsito dentre outras temas serão ressaltados pela Polícia Militar na ocasião. O evento segue a programação de atividades da Semana Nacional de Trânsito, com coordenação do BPMTRAN, tendo ainda como instituições parceiras como Departamento Estadual de Trânsito, Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e Polícia Rodoviária Federal.  

Serviço 

2º Pit Stop Pedal Tran “Aqui eu pedalo, com saúde e segurança”

Leia mais:  BRT vai aproveitar obras já executadas e economia com novo modal será de R$ 300 milhões

Horário: 6h 

Local: 3° Pelotão de Policiamento Rodoviário do Batalhão de Trânsito, na Rodovia Emanuel Pinheiro, MT-251, sentido Chapada dos Guimarães

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MT

Polícia Civil esclarece latrocínio de advogado e cumpre ordens judiciais contra líder de grupo que planejou o crime

Publicado


A Polícia Civil cumpriu nesta sexta-feira (17.09), em Rondonópolis, mandados judiciais de busca e apreensão contra um contador, de 53 anos, investigado como líder do grupo criminoso que cometeu diversos roubos na região sul, entre eles o que terminou com o latrocínio do advogado João Anaídes Cabral Netto, 49 anos, ocorrido no mês de julho deste ano, em Juscimeira.

O cumprimento dos mandados judiciais faz parte da Operação Flor do Vale, conduzida pela Delegacia da Polícia Civil de Juscimeira, cujo inquérito apurou as circunstâncias e identificou os envolvidos no crime ocorrido no dia 17 de julho em um condomínio de chácaras, em Juscimeira, que vitimou o advogado João Anaídes. O contador está com mandado de prisão decretado pelo juízo da Comarca de Juscimeira e encontra-se foragido.

De acordo com o delegado Ricardo de Oliveira Franco, as provas produzidas e indícios reunidos no inquérito demonstram a liderança do contador no planejamento e execução de diversos crimes patrimoniais ocorridos na região. Ele planejava, apontava e indicava aos comparsas do grupo criminoso os lugares para executar os roubos, entre eles o que ocorreu no condomínio de chácaras onde três propriedades foram alvos do grupo e em uma o advogado foi morto.

Leia mais:  BRT vai aproveitar obras já executadas e economia com novo modal será de R$ 300 milhões

O contador tem uma chácara no mesmo condomínio onde ocorreu o latrocínio e na data ele estava na propriedade, onde aguardava a conclusão do roubo, se passando por vítima.

Três dos criminosos identificados na investigação do latrocínio já estão presos. Um deles é funcionário do contador. A investigação identificou ainda a participação dele, do patrão e de outros dois em outro roubo cometido também contra um advogado, em dezembro do ano passado, quando foi levado um veículo BMW da vítima, no mesmo condomínio de chácaras em Juscimeira onde João Anaídes foi morto. Na ocasião, o contador estava presente no local do roubo e se passou por vítima.

O delegado Ricardo Franco informou ainda que no decorrer da apuração para esclarecer o latrocínio, a Polícia Civil chegou a outros dois crimes cometidos pelo mesmo grupo criminoso. Um ocorreu em Cuiabá e outro foi executado no mês de abril deste ano, em Juscimeira.

“É uma organização criminosa que conseguimos desmantelar, com a identificação de todos os envolvidos e a prisão de alguns deles. Os demais estão com os mandados expedidos e que tentaremos cumprir”, esclareceu o delegado responsável pelas investigações.

Leia mais:  Tarifa social de energia passa a ser automática para consumidores no CadÚnico

A Operação Flor do Vale contou com apoio da Delegacia Regional de Rondonópolis.

Latrocínio

As investigações identificaram o envolvimento de oito pessoas no latrocínio do advogado, sendo que três delas já estão presas.

O grupo invadiu o condomínio de chácaras Flor do Vale, roubou algumas propriedades e na última delas, em que estava a vítima, amarrou as pessoas que estavam na casa. O advogado João Anaides e mais uma vítima do assalto foram amarradas separadamente em um banheiro. Os suspeitos começaram a subtrair objetos pessoais das vítimas e logo em seguida foi ouvido um disparo de arma de fogo vindo do banheiro.

A vítima que estava trancada no banheiro junto com o advogado relatou que um dos suspeitos arrombou a porta e efetuou um disparo na cabeça de João Anaides. Após o disparo, os criminosos fugiram do local levando duas camionetes, uma delas, do advogado.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262