conecte-se conosco


AGRONEGÓCIO

Processamento Artesanal de Carnes do Senar Goiás desperta empreendedorismo e gera renda extra para assistente técnica

Publicado


Com grande habilidade na arte de cozinhar, a assistente técnica, Keila Dias buscava uma oportunidade para empreender. Ela sempre teve acesso aos cursos do Senar Goiás e foi no de Processamento Artesanal de Carnes que encontrou a inspiração que precisava. “Fiz o curso, me preparei e comecei a produzir. Aprimorei vários sabores de linguiça, técnicas de almôndegas, hambúrguer e vi a oportunidade de inserir os discos no cardápio que era algo que meus amigos gostavam muito”.

É nos fins de semana que prepara os produtos em casa. Junta o prazer de cozinhar com a possibilidade de ter uma renda extra. “Fabrico nos finais de semana, mas não perco encomendas não. Me organizo com o prazo de entrega de dois dias e fabrico a noite se precisar. Já cheguei a ficar até meia-noite fazendo produtos para não perder vendas.

O cardápio da Keila é bem diversificado. O que mostra as possibilidades que o curso do Senar oferece, dando base para várias criações. Ele produz linguiça suína com recheios de muçarela, bacon, frango com muçarela e bacon, além de hambúrguer, almôndega suína e de frango e os famosos discos.

Leia mais:  15º Circuito Aprosoja inicia em Cláudia

“Já comprei um freezer esse final de semana porque as vendas têm crescido e pretendo pagar com o lucro. Eu vendo em algumas empresas, para amigos e essas pessoas vão falando para outras e tenho a expectativa de crescer bastante. O Curso de Processamento Artesanal de Carnes do Senar Goiás tem uma parte de empreendedorismo topíssima. São dicas maravilhosas para dar uma alavancada mesmo”, conclui .

O gerente de Promoção Social (PS) do Senar Goiás, Renildo Teixeira, destaca que o curso tem trazido muitas oportunidades para melhorar a renda de dezenas de pessoas nos vários municípios de Goiás. “De fevereiro até agora tivemos 19 turmas, num total de 167 participantes. Um outro exemplo de sucesso vem de Pontalina, cidade que fica a 120 km de Goiânia. A intenção da prefeitura é montar uma indústria de carnes artesanais e o treinamento veio para qualificar quem se interessa por esse mercado. O prefeito e a primeira-dama até fizeram um vídeo explicando como o curso foi importante”.

Para conhecer mais sobre o Processamento Artesanal de Carnes do Senar Goiás acesse: https://sistemafaeg.com.br/sen… ou procure o sindicato Rural da sua região. Dez treinamentos já estão agendados até setembro.

Leia mais:  MANDIOCA/CEPEA: Preços sobem, mas média mensal fica abaixo da de junho
Fonte: CNA Brasil

Comentários Facebook

AGRONEGÓCIO

CNA anuncia finalistas do prêmio CNA Brasil Artesanal 2021 – Chocolate

Publicado


Brasília (02/08/2021) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) divulgou na segunda (02) o nome dos sete finalistas do “Prêmio Brasil Artesanal 2021 – Chocolates”.

O concurso é realizado pelo Sistema CNA/Senar em parceria com o Centro de Inovação do Cacau (CIC) e com a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) para identificar e reconhecer os melhores chocolates artesanais do Brasil.

Os finalistas são:

Hélia de Moura (Cacauway)
Medicilândia/PA

Lucas Arleo (Chocolate da Ju)
Uruçuca/BA

Luiza Santiago (Kalapa)
Belo Horizonte/MG

Marcela de Carvalho (Cacau do Céu Chocolates Finos)
Ilhéus/BA

Mariana Basaure (Majucau)
São Paulo/SP

Priscila Rosendo (Priscyla França Chocolates)
São Paulo/SP

Rafael Gomes (C’alma – Chocolate do grão à barra)
Goiânia/GO

Para chegar a esse resultado as amostras de chocolate passaram pela etapa classificatória, em que os degustadores do CIC e Ceplac avaliaram os produtos quanto ao aspecto, cor, sabor, aroma, textura, persistência e teor sólido do cacau.

A próxima fase é a análise de júri popular por meio de degustação  em que o público, indicado pela comissão julgadora, poderá provar os sete chocolates que estarão sem identificação e votar no que mais gostaram.

Leia mais:  Concurso Agrinho 2021 está com inscrições abertas

O produtor do chocolate mais votado pelo júri popular receberá R$ 6.000 e o título de vencedor do “Prêmio CNA Brasil Artesanal 2021 – Chocolate”. O segundo colocado receberá R$ 4.000. O terceiro, quarto e quinto colocados receberão certificados de participação e R$ 2.500, R$ 1.500 e R$ 1.000, respectivamente. Todos receberão certificados de participação.

O “Prêmio Brasil Artesanal 2021 – Chocolate” tem apoio do Programa Compre do Pequeno do Sebrae.

Acompanhe a página do concurso aqui.

Outras edições – Essa é a terceira edição do Prêmio Brasil Artesanal. Criado em 2019, a primeira edição reconheceu os cinco melhores chocolates artesanais do Brasil produzidos por mulheres. As três produtoras de chocolate vencedoras foram premiadas durante o 4º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio, em São Paulo.

Em 2020, o Sistema CNA/Senar premiou “Prêmio Brasil Artesanal 2020 – Charcutaria”, com o objetivo de reconhecer os produtores dos melhores salames artesanais do Brasil.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

Leia mais:  Senar Roraima realiza primeiro encontro estadual do programa "Jovens Líderes do Agro" - CNA Jovem

Comentários Facebook
Continue lendo

AGRONEGÓCIO

Senar Roraima realiza primeiro encontro estadual do programa “Jovens Líderes do Agro” – CNA Jovem

Publicado


O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar Roraima – realizou, no último final de semana, o primeiro encontro presencial da etapa estadual do Programa CNA Jovem.  O evento contou com a participação dos finalistas da etapa nacional 2020/2021, dos egressos do programa, além do vencedor do CNA Jovem 2016, Jaoquim Neto.

No encontro os presentes interagiram com os dois representantes de Roraima na competição nacional dos anos 2020/2021.  O finalista Reinaldo Oliveira é indígena da etnia Macuxi e pós-graduado em Desenvolvimento Regional da Amazônia. Já a finalista Gabriele Medeiros, 24 anos, é Engenheira Agrônoma e, atualmente, mestranda em agronomia.

Durante o evento todos os integrantes participaram da palestra “Liderança em tempos de crise”, ministrada pela Especialista em Gestão Pública, Professora, Palestrante e Facilitadora de cursos gerenciais e oficinas de inovação, Inaiara Sá.

Sobre o CNA Jovem

O CNA Jovem é um programa de desenvolvimento de novas lideranças do Sistema CNA/Senar para estimular esse público a desenvolver habilidades e competências empreendedoras. As melhores iniciativas são reconhecidas.

Leia mais:  15º Circuito Aprosoja inicia em Cláudia

A quarta edição teve início em 2020 com fases introdutórias sobre o agronegócio brasileiro e oficinas digitais sobre problemas, oportunidades, propósito, liderança empreendedora e desafios.

Assessoria de Comunicação SENAR Roraima

facebook.com/Sistemafaerrsenar

instagram.com/faerr_senar

Fonte: CNA Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262