conecte-se conosco


Agronegócios

Rogério Gallo, apresenta nesta terça-feira, (21), o resultado fiscal do 1º quadrimestre de 2019

Publicado

Foto Fablício Rodrigues

Por Elzis Carvalho – Além das sessões plenárias, outras atividades movimentam os trabalhos parlamentares na Assembleia Legislativa na semana. Hoje, às 18 horas, uma audiência pública vai discutir o projeto do governo federal sobre a reforma da previdência. Amanhã (21), o secretário de Fazenda, Rogério Gallo, apresenta à sociedade o resultado fiscal do 1º quadrimestre de 2019, governo Mauro Mendes.

Segunda-feira (20)

A semana na Assembleia Legislativa começa, às 9 horas, com audiência pública para debater projetos e políticas públicas sobre a Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso. A audiência será no auditório Milton Figueiredo e foi requerida pelo deputado Elizeu Nascimento (DC).

Às 18 horas, a Assembleia Legislativa realiza mais uma audiência pública, dessa vez para discutir “o Brasil e a Seguridade Social: O que propõe o Governo Federal para a Previdência”. A audiência foi requerida por oito parlamentares. Os debates estão marcados para acontecer no Plenário das Deliberações Deputado Renê Barbour.

Terça-feira (21)

O secretário de Estado de Fazenda (Sefaz), Rogério Luiz Gallo, participa de audiência pública, convocada pela Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária (CFAEO), para apresentar a evolução das metas fiscais relativas ao 1º quadrimestre de 2019 – do governo Mauro Mendes (DEM). A audiência será às 9 horas, no auditório Milton Figueiredo.

Às 10 horas, a Assembleia Legislativa instala a Frente Parlamentar em Defesa da Associação Pestalozzi. O evento será realizado na sala das comissões Deputado Oscar Soares, 201. A frente parlamentar foi solicitada pelo deputado Paulo Araújo (PP).

Leia mais:  Congresso marca promulgação do 1% do FPM de setembro para 27 de outubro

No período vespertino, às 14 horas, os deputados da Comissão de Constituição, Justiça e Redação realizam a 9ª reunião ordinária da 19ª Legislatura. Na pauta, 14 proposições para serem debatidas e votadas. A reunião da CCJR será na sala das comissões Deputado Oscar Soares, 201.

Outra reunião, mas às 16 horas, é da Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte, na sala Deputada Sarita Baracat, 202.

Às 17 horas, de acordo com o regimento interno, tem início a 1ª sessão ordinária da semana.

Quarta-feira (22)

Às 8 horas, os deputados voltam a se reunir, no Plenário das Deliberações, para mais uma sessão ordinária.

Já às 14 horas, os deputados da Comissão Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária realizam, na sala Deputado Oscar Soares – 201, mais uma reunião para a deliberação de matérias que tratam de valores financeiros.

Nesse mesmo horário, na sala Deputada Sarita Baracat – 202, os deputados membros da Comissão Segurança Pública e Comunitária realizam mais uma reunião para a deliberação de matérias sob a responsabilidade da comissão.

Às 16 horas, a reunião é dos deputados que fazem parte da Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transportes. A reunião, que é aberta à participação popular, será na sala Deputada Sarita Baracat, 202.

Às 17 horas, o compromisso dos deputados é com o Plenário das Deliberações. Eles se reúnem para mais uma sessão ordinária da semana.

Leia mais:  Mato Grosso registra 543.402 casos e 13.893 óbitos por Covid-19

Quinta-feira (23)

Às 8 horas, horário regimental, tem início mais uma sessão ordinária no Plenário das Deliberações.

O deputado Valdir Barranco (PT) realiza audiência pública para debater as questões dos municípios de Mato Grosso e os investimentos em cultura: desafios para driblar a crise. Os debates estão previstos para começar às 14 horas, no auditório Milton Figueiredo.

Às 19 horas, a Comissão de Segurança Pública e Comunitária realiza audiência pública para debater a situação das nomeações dos candidatos aprovados em concurso público na área de segurança pública e no sistema carcerário. Os debates estão marcados para o auditório Licinio Monteiro.

Também às 19 horas, será aberto o IV Simpósio sobre Dislexia – Um Desafio para a Educação, no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros. O evento terá como palestra da noite o tema “O cérebro e a dislexia”, com a neurologista infantil Newra Rotta. O simpósio tem como requerentes os deputados Wilson Santos (PSDB) e Silvio Fávero (PSL).

Sexta-feira (24)

O deputado Carlos Avallone realiza sessão especial, às 14h30, para homenagear o setor industrial de Mato Grosso. O local das homenagens é o Plenário das Deliberações Deputado Renê Barbour.

Dando sequência à programação do evento, a Assembleia Legislativa realiza o segundo e último dia IV Simpósio sobre Dislexia. O evento está previsto para começar às 19 horas, no Teatro Zulmira Canavarros.

Vale lembrar que as atividades agendadas para a semana podem ser alteradas.

Comentários Facebook

Agronegócios

Técnicos da Empaer fomentam produção de algodão orgânico colorido em comunidade indígena

Publicado


Os escritórios da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer/MT) de Canarana e Nova Brasilândia celebraram parceria com mulheres indígenas Bakairi com objetivo de fomentar a produção de sementes de algodão orgânico colorido. O resultado da parceria é auxiliar na melhoria da qualidade dos artesanatos produzidos e conhecidos nacionalmente.

São variedades melhoradas, adaptadas ao clima e solo da região, mais produtivas, de porte baixo, resistente a pragas e doenças se comparado com a atualmente cultivada o arbóreo tradicional crioula. 

A iniciativa denominada de intercâmbio, segundo o agente técnico da Empaer de Nova Brasilândia, José Carlos Pinheiro da Silva só foi possível devido à atuação direta dos dois escritórios em promover a parceria e a troca de conhecimento. 

“O algodão orgânico colorido cresce tipo árvore e na região e usado pelas indígenas na produção de peças como redes, tapetes e outros artesanatos. Como estávamos com dificuldade em desencaroçar fizemos a parceria com as indígenas e juntos vamos além de fomentar, oportunizamos a elas mo ano que vem mais uma fonte de renda com o resultado da colheita”, destaca ele. 

Leia mais:  Congresso marca promulgação do 1% do FPM de setembro para 27 de outubro

As sementes já desencaroçadas e prontas para serem divididas entre as partes conforme acordado. Foto por: Empaer

Foram disponibilizadas as indígenas Bakairi da aldeia Pakuera, 12 sacos de plumas das variedades verde, vermelho rubi, marrom safira e marrom claro jade, com o compromisso de efetuarem a retirada das plumas manualmente das sementes. 

Metade das sementes volta para Empaer de Canarana e as que ficarem na aldeia serão plantadas, cultivadas e posteriormente distribuídas para fomentar as atividades a todas as artesãs das demais aldeias indígenas Bakairi. 

Atualmente são 10 aldeias, sendo uma no município de Planalto da Serra, aldeia Sawâpa e nove na cidade de Paranatinga, sendo elas: Pakuera ou Central, Aturua, Painkum, Kaiahoalo, Cabeceira do azul, Aki Ety, Alto Ramalho, Lahodo, Kuiakware.

Os Bakairi são grandes artesões de origem e tem no artesanato uma das suas importantes fontes de rendas e sobrevivência, na pintura em tecidos, madeira e algodão, fabricação de redes, tapetes, entre outros. Eles cultivam a própria lavoura de algodão para a confecção do artesanato no sistema tradicional.

Leia mais:  Projeto cria plano para enfrentar os efeitos da pandemia na educação
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Agronegócios

Sema-MT retoma atendimento presencial e prazos processuais

Publicado

A Secretaria também retornou com o expediente presencial, seguindo o decreto estadual nº 917/2021, publicado na última sexta-feira (30.04)

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) retomou o atendimento presencial ao público externo, e a contagem dos prazos processuais, a partir desta segunda-feira (03.05), de acordo com a Portaria 371/2021/SEMA, publicada no Diário Oficial nesta data.

Por Lorena Bruschi – A Secretaria retornou também a jornada de trabalho presencial aos servidores, seguindo o decreto estadual nº 917/2021, publicado na última sexta-feira (30.04).

A mudança ocorre após redução da taxa de ocupação de leitos de UTI Covid-19. No entanto, permanece o regime de teletrabalho aos servidores que pertencem aos grupos de risco, mediante requerimento formal e comprovação documental.

O órgão mantém as medidas de biosegurança para impedir a contaminação com a Covid-19, sendo obrigatorio do uso de máscara durante todo o expediente, e com medidas de sanitização frequente dos prédios, e disponibilização de alcool.

Confira a Portaria 371/2021/SEMA na íntegra.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Senado mantém autonomia municipal para regulamentar margens de rios em áreas urbanas
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262