conecte-se conosco


Cuiabá

Cuiabá divulga o 20º Informe Epidemiológico de 2021 sobre a Covid-19

Publicado

A edição leva em consideração os casos registrados de 14 de março de 2020 até 17 de julho de 2021


Em 17 de julho de 2021 o Brasil acumulava 19.342.448 casos confirmados de Covid-19 e 541.266 mortes e Mato Grosso registrava 470.440 casos confirmados e 12.231 óbitos, indicando aumento de 3,8% dos casos e 2,7% de óbitos em duas semanas.

Por ROBERTA PENHA – No Brasil, de 04 a 10 de julho (SE 27) foi observada a manutenção, pela terceira semana consecutiva, de uma tendência de queda de indicadores de incidência e mortalidade por Covid-19, bem como da melhora das taxas de ocupação de UTI adulto no SUS. Contudo, o número de casos e de óbitos por dia ainda permanece num patamar elevado. Esses resultados indicam que a vacinação tem feito diferença, porém, não se pode deixar de destacar que as vacinas disponíveis apresentam limites em relação ao bloqueio da transmissão do vírus, que continua circulando com intensidade. A possibilidade de surgimento de variantes com potencial de reduzir a efetividade das vacinas disponíveis é preocupante, daí a importância da manutenção das medidas de distanciamento físico social, uso de máscaras, cuidados com a higiene das mãos, além da vacinação.

Pela primeira vez, desde o início de dezembro de 2020, nenhum estado apresenta taxa de ocupação superior a 90%. Mato Grosso é um dos dezesseis estados que estão em zona de alerta intermediário (≥60% e

Desde o registro dos primeiros casos em Cuiabá, a Secretaria Municipal de Saúde, com apoio de pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso, publica o Informe Epidemiológico sobre a Covid-19, com o objetivo de monitorar o padrão de morbidade e mortalidade e descrever as características clínicas e epidemiológicas dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG pelo SARS-Cov-2 em residentes no município de Cuiabá. Este é o 58º informe produzido, no qual apresentamos as informações desde a data da notificação do primeiro caso em Cuiabá até a 28ª Semana Epidemiológica (SE), compreendendo o período de 14 de março de 2020 a 17 de julho de 2021. Neste informe, destaque especial será dado ao excesso de óbitos na pandemia de Covid-19 em residentes em Cuiabá.

Leia mais:  Força-tarefa atua no Residencial Jonas Pinheiro III

Destaques do período de 14 de março de 2020 a 17 de julho de 2021

 – Foram registrados 96.869 casos de Covid-19 de residentes em Cuiabá, 94,9% recuperados; 8.443 internações e 3.121 mortes. Nas duas últimas semanas (SE 27 e SE 28) foram notificados 1.593 casos, 175 internações e 51 óbitos.

 – Houve aumento na média de casos nas duas últimas semanas (SE 27 e SE 28) quando comparado com as duas semanas anteriores (SE 25 e SE 26).

– O número de casos registrados até o dia 17 de julho é 7,6% do esperado para o final do mês.

– A média de idade dos pacientes internados em 2020 era de 56,2 anos de idade e em 2021 foi de 53,6 anos. Entre aqueles que foram a óbito a média de idade em 2020 foi de 65,9 anos e em 2021 de 61,6 anos, indicando o rejuvenescimento da epidemia na capital.

– Entre os pacientes internados com evolução do caso, 41,9% dos idosos (1.440/3.437), 18,0% (874/4.857) dos adultos, e 9,1% (15/164) das crianças e adolescentes foram a óbito.

Leia mais:  Prefeitura apresenta futuras instalações do Mercado do Porto à equipe do Grupo Solar Coca-Cola

– Apesar da tendência de redução no número de óbitos nos meses de maio (SE 18 a 22; 02 de maio a 05 de junho de 2021) e junho (SE 23 a 26; 06 de junho a 03 de julho de 2021), ainda há um quantitativo de óbitos elevado, com 28 e 23 óbitos nas SE 27 e SE 28, respectivamente.

– Em 17 de julho observamos o aumento das taxas de ocupação de leitos de UTI adulto e de UTI infantil (50,0%) e manutenção da taxa de ocupação de leitos de enfermaria na capital.

– A taxa de transmissão do vírus nas duas últimas semanas foi estimada em 1,12, representando uma reversão na tendência de queda apresentada nas semanas anteriores.

– Após cerca de seis meses do início da vacinação na capital, foram aplicadas 326.356 doses, sendo 241.851 com a 1ª dose, 72.702 com a 2ª dose e 11.803 com dose única. Observamos que cerca de 30% das pessoas que receberam a primeira dose já foram imunizadas.

– Em 2020, foi registrado quase 50% a mais de óbitos que nos anos de 2015 a 2019. O cenário se mostrou ainda pior, quando comparamos o primeiro quadrimestre de 2021 com a média no mesmo período de 2015 a 2019 (134,3%).

Acesse aqui o Informe Epidemiológico completo

Comentários Facebook

Cuiabá

Após reivindicação de vereador, comunidade rural de Cuiabá recebe material para reconstrução de ponte

Publicado


Ascom Gabinete

Segundo os moradores a falta da ponte causa grandes transtornos
A &nbspfalta da ponte, que desabou, causa grandes transtornos na vida dos moradores e das pessoas que precisam transitar pelo local.

Desde o início do mandato, neste ano, o vereador Cezinha Nascimento (PSL) tem encaminhado reivindicações à prefeitura de Cuiabá e aos órgãos competentes solicitando melhorias em benefício da população que reside nos bairros e também nas zonas rurais situadas na capital de Mato Grosso, Cuiabá.

Em resposta a uma dessas solicitações, na última semana do mês de julho, os moradores da comunidade Barra Grande (cerca de 60 km de Cuiabá) receberam, oito metros de aduelas para a reconstrução de uma ponte que desabou há mais de um ano. De acordo com funcionários da secretaria de obras, em cerca de 30 dias a ponte deve estar reconstruída.
A chegada da galeria celular de concreto é motivo de alegria para os moradores da comunidade, situada na região do distrito do Aguaçu (35 km de Cuiabá), pois a falta da ponte causa grandes transtornos na vida dos moradores e das pessoas que precisam transitar pelo local.

Sem ter como fazer a travessia pela ponte, os moradores da &nbsplocalidade construíram um desvio provisório para poderem atravessar o córrego, que nessa época do ano está seco, mas o local está em péssimas condições e, no período de chuva, ainda há a possibilidade do lugar alagar e os moradores não terem como atravessar e ficarem ilhados.

“Como parlamentar, uma das minhas obrigações é ser porta-voz do povo cuiabano, para levar aos órgãos competentes as necessidades e os anseios da população”, pontua.

Gabriela Von Eye/Gabinete vereador Cezinha Nascimento

Fotos Relacionadas

Leia mais:  Curso vai orientar profissionais da rede pública municipal de ensino que estejam gestantes ou no puerpério

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Prefeitura apresenta futuras instalações do Mercado do Porto à equipe do Grupo Solar Coca-Cola

Publicado


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

Estreitar laços para potencializar a valorização dos pontos turísticos e culturais da capital, gerando emprego e renda. Esse foi o motivo da visita de cortesia da equipe de gestores do Grupo Solar Coca-cola as obras do Mercado do Porto, na última quinta-feira (29). O secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Francisco Vuolo, foi o responsável pela apresentação de boas-vindas em nome do prefeito Emanuel Pinheiro, falando da importância de desenvolver uma Cuiabá voltada para o Rio Cuiabá.

“Aqui é o berço de Cuiabá. Ao longo da história houve todo um processo de transformação desta região. Com o governo de Dante de Oliveira houve a movimentação para a construção desta unidade do Mercado do Porto. De lá pra cá foram feitas a Avenida 8 de abril, a estação de tratamento e esse projeto agora de ampliação do nosso mercado vem para transformar este espaço em uma área cultural, turística, de referência para trazer novamente a valorização do rio, da orla que temos. É sem dúvidas, um local que merece toda a atenção em política pública do município e o prefeito Emanuel Pinheiro tem essa visão. E a obra vem para transformar o espaço, para que tenhamos ainda mais segurança alimentícia. A visita da Solar é justamente para estreitar esse laço. Sabemos o que representa a Solar, não só em Mato Grosso, mas em nível nacional, em termos de geração de emprego, de oportunidade de trabalho, de geração de impostos, de qualidade de produto e esse estreitamento é para construir um laço forte, visando lá na frente”, disse Vuolo.

Foi andando pelas instalações do Mercado do Porto que a equipe do Grupo Solar Coca-cola materializou a história contada pelo secretário Vuolo. Outra apaixonada pelo que faz é Rosilma Tibaldi, coordenadora de ações no Mercado do Porto há quase 30 anos. “Vocês não sabem a emoção que a gente sente quando entra aqui. Às vezes eu venho e fico andando sozinha, meditando”, diz Rosilma, servidora que acompanhou a história do mercado e seu projeto de reestruturação desde a proposta de Jonas Pinheiro até a atualidade com a execução encabeçada pelo prefeito Emanuel Pinheiro.

Leia mais:  Após reivindicação de vereador, comunidade rural de Cuiabá recebe material para reconstrução de ponte

Todos com capacetes de proteção individual e é hora de adentrar ao prédio em fase de construção. A obra está dividida em duas etapas, sendo uma de ampliação e outra de revitalização. Além da reforma do espaço já existente, o mercado terá um aumento aproximado de 6,8 mil m², em relação a área ocupada atualmente, nova praça de alimentação, estacionamento com um número maior de vagas e requalificação de todo entorno. Tudo isso com o objetivo de fortalecer a característica turístico-comercial que o mercado já carrega.

“Francisco Vuolo é o perfil da pessoa que acredita em fazer o certo e não desiste nunca. É um prazer imenso estar aqui e ver toda sua equipe da Prefeitura de Cuiabá valorizando este espaço. Quando eu chego com a minha equipe em alguma cidade eu peço para que organizem visitas nos mercados municipais e nas rodoviárias, porque são locais de grande circulação, de cultura local, que podemos mapear o perfil consumidor”, explicou o diretor de operações do Grupo Solar Coca-cola, Nilson Taglieri.

No local, o levantamento da nova estrutura está em fase avançada, superando as fases de montagem dos pilares pré-moldados, instalação das vigas e concretagem das lajes. Agora, as equipes estão divididas em várias frentes, entre elas a de construção do piso e da cobertura.

“Eu me espelho muito no Francisco Vuolo, político sério que quer ver a cidade dele crescer. É isso que estamos precisando, essa é a determinação do prefeito Emanuel Pinheiro para o secretariado dele, que é colocar nos nossos pontos turísticos coisas bonitas de se ver. Quem mora aqui sabe da qualidade das verduras e do peixe do Mercado do Porto e como vereador estou à disposição para colaborar com as transformações positivas para Cuiabá e fazer funcionar”, disse o vereador Alex Rodrigues.

Leia mais:  Prefeito Emanuel Pinheiro lamenta morta do cardiologista Agnaldo Solon Arruda Azambuja

De acordo com os gestores do Grupo Solar Coca-cola, Mato Grosso é um dos três maiores mercados da empresa no Brasil. A intenção é tornar as parcerias cada vez mais fortes para proporcionar também mudanças sociais, fornecendo estrutura para os pequenos comércios alavancarem seus faturamentos e também transformando áreas públicas.

“Quero agradecer ao secretário, ao vereador, primeiro como cuiabano de tchapa e cruz que eu sou, estou muito feliz com esse carinho que vocês estão dando para a nossa cultura. E em segundo lugar gostaria de reforçar a nossa parceria. Nós como Solar representamos marcas globais, temos atuação em 70% do território nacional, mas tudo acontece no regional. Então, aqui em Cuiabá e no estado de Mato Grosso vamos fazer o que for melhor para a nossa população”, assegurou Bernardo Sandrin, comercial do Grupo Solar Coca-cola.

Participaram também da visita: Edna Lopes de Oliveira Frizanco, business partners do Grupo Solar, Adriana Costa, coordenadora de marketing do Grupo Solar, Rogério Oliveira, gerente comercial do Grupo Solar, Flávio Scalco, diretor regional do Grupo Solar, Leonardo Gusmão, gerente de marketing do Grupo Solar, Thiago Rocha, gerente de logística de Mato Grosso do Grupo Solar, Marcelo Amadeo, gestor da Monster Energy.

Comentários Facebook
Continue lendo

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana





Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262