Connect with us

GERAL

Série de TV vai mostrar atrativos turísticos da Via Liberdade

Published

on

A maior rota turística do Brasil vai ser o tema de uma série de televisão que está sendo produzida pela Rede Minas, em parceria com a TV Brasil. O programa Rotas da Liberdade terá 13 episódios e vai mostrar alguns dos principais atrativos da Via Liberdade, uma rota turística recém-inaugurada que percorre a BR-040, rodovia que liga o Rio de Janeiro a Brasília.

A maior parte da Via Liberdade está no estado de Minas Gerais, e, por isso, o programa está sendo produzido pela Empresa Mineira de Comunicação. A EBC e a TV Brasil também vão produzir episódios com os atrativos turísticos localizados no Rio de Janeiro, em Goiás e no Distrito Federal.

Série de TV destaca atrativos de rota turística que liga RJ a DF Série de TV destaca atrativos de rota turística que liga RJ a DF

Série de TV destaca atrativos de rota turística que liga RJ a DF – Divulgação Via Liberdade

O diretor de Conteúdo e Programação da Empresa Mineira de Comunicação, Ike Yagelovic, destacou que o programa Rotas da Liberdade vai ser inspirado no bicentenário da Independência do Brasil.

“Como primeiro episódio, nós já estamos gravando o piloto, vai ser na cidade de Ouro Preto, um dos berços da luta pela liberdade no país. A gente vai trabalhar também alguns distritos de Ouro Preto, uma vila histórica como São Bartolomeu que tem fabricação de doces caseiros e a própria cidade que tem as suas minas.”

Leia mais:  Inmet prevê frio em todo o país a partir de domingo

A Via Liberdade, que é a grande estrela do programa, oferece aos turistas a oportunidade de conhecer desde municípios históricos, como Ouro Preto e Congonhas; até cidades marcadas pela arquitetura moderna, como Pampulha e Brasília. A paisagem natural oferece os mais diversos passeios e aventuras em cenários como o Rio São Francisco e a Serra do Espinhaço.

Série de TV destaca atrativos de rota turística que liga RJ a DF Série de TV destaca atrativos de rota turística que liga RJ a DF

Série de TV destaca atrativos de rota turística que liga RJ a DF – Divulgação Via Liberdade

O decreto da Rota Via Liberdade foi assinado no fim de abril, em Belo Horizonte. Na ocasião, o secretário de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Leônidas de Oliveira, ressaltou que essa iniciativa vai dar um destaque ainda maior às atividades turísticas no interior do Brasil.

“A concentração de cidades no litoral permanece também no turismo. O Brasil se mostra para fora como um país de praia e sol. Quando nós lançamos uma via de aventura, natureza e turismo cultural, nós queremos dizer para o Brasil e para o mundo: nós temos história, cultura, gastronomia, nós temos um interior pulsante que é a própria vida e significado do país na sua forma mais ampla.”

Leia mais:  Quinta da Boa Vista é reformada para bicentenário da Independência

O programa Rotas da Liberdade, com os atrativos do roteiro turístico, tem previsão de estreia na Rede Minas e na TV Brasil em agosto deste ano.

Ouça na Radioagência Nacional:

Edição: Lílian Beraldo

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook

GERAL

Governo quer avançar em discussão sobre mercado de crédito de carbono

Published

on

O ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, disse nesta terça-feira (17) que o governo federal se prepara para dar mais um passo nas discussões relativas ao mercado de crédito de carbono. “Primeiro, criamos o mercado global. Agora, vamos criar o mercado regulado nacional, pra poder exportar créditos que tenham alta qualidade ambiental e que sejam importantes para gerar receitas a projetos de redução de emissões”.

Em entrevista ao programa A Voz do Brasil, Leite destacou que o país recebe o Congresso Mercado Global de Carbono, que acontece a partir de amanhã (18) no Rio de Janeiro. Segundo ele, o evento deve reunir 80 CEOs, mais de 100 casos empreendedores e cerca de 30 embaixadores nos próximos três dias. Durante o período, a pasta optou por transferir o gabinete para a capital fluminense.

“Não é só carbono. A gente vai falar de vários temas. Serão 24 painéis onde vamos poder debater com o setor privado um futuro verde pro Brasil, crescimento verde, geração de emprego e renda verde pro Brasil”, explicou.

Leia mais:  Cineasta Breno Silveira morre aos 58 anos

Vantagens

Para o ministro, dentre as vantagens que podem levar o Brasil a ser um grande exportador de crédito de carbono estão suas características naturais e econômicas, que permitem, gerar créditos de diversas formas. “Você pode gerar crédito baseado em resíduos sólidos, aves, suínos, açúcar e álcool, aterros sanitários. Você pode tratar esse lixo orgânico e gerar crédito, pode gerar crédito de proteção florestal, de recuperação e conservação florestal”.

Além disso, segundo Leite, o Brasil possui um custo para geração desse tipo de crédito muito abaixo que o praticado em outros países. “Por isso, o Brasil, com certeza, irá se beneficiar desse mercado global e, agora, estamos desenhando o mercado regulador nacional, para ser um país exportador de crédito e para trazer receita extraordinária para projetos de baixa emissão de gases de efeito estufa.

Desafios

Na avaliação do ministro, o grande desafio para que os setores apoiem essa mudança rumo à uma economia voltada para a sustentabilidade envolve a viabilidade econômica. “Quando você fala de energias renováveis, algumas ainda não são tão acessíveis”, destacou.

Leia mais:  Na Praça dos Três Poderes, grafiteiros pintam painéis sobre liberdade

Para ele, o primeiro setor que deve se beneficiar do mercado regulado de carbono é o de floresta preservada, que envolve a conservação e a recuperação de vegetação nativa. Por características naturais. Isso porque o Brasil possui 560 milhões de hectares de florestas, sendo 280 milhões de áreas públicas e 280 milhões de áreas privadas.

“Outro setor importante é o tratamento de resíduos, onde você tem possibilidade de uma criação de projetos de redução de emissão baseados em resíduos orgânicos, especialmente da agricultura. Aí, você teria o que estão chamando de pré-sal caipira ou pré-sal verde, onde você pode gerar o seu próprio combustível.”

Assista na íntegra:

Edição: Paula Laboissière

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Continue Reading

GERAL

Brasil discutirá maneiras de implementar mercado de crédito de carbono

Published

on

O ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, fala hoje (17) sobre os desafios e estratégias de implementação do mercado de crédito de carbono no Brasil. Leite é o entrevistado do programa A Voz do Brasil, e também fala sobre sustentabilidade, economia verde e os programas Recicla+ e Floresta+.

Assista ao vivo:

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Leia mais:  Cineasta Breno Silveira morre aos 58 anos
Continue Reading

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262