Connect with us

ELEIÇÕES

TSE realizará reunião com empresas interessadas em divulgar o resultado das Eleições 2022

Published

on

Encontro será no dia 4 de julho, em formato virtual

Os veículos de comunicação interessados em divulgar os resultados das Eleições Gerais de 2022 estão convidados a participar de reunião virtual, no dia 4 de julho, para conhecer o funcionamento do projeto. A reunião acontecerá por meio da plataforma Teams, a partir das 15h. Os profissionais que desejam receber o link para participar do encontro devem mandar nome completo e nome do veículo para o e-mail [email protected].

Logo das Eleições 2022 com a hashtag seu voto faz o país

Do TSE- A participação de entidades interessadas na divulgação dos resultados está prevista no artigo 233 da Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nº 23.669/2021, que dispõe sobre os atos preparatórios para as eleições. Durante a reunião, a Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) da Corte apresentará o modelo do projeto e a infraestrutura necessária para o recebimento dos dados. Por isso, a STI recomenda a participação de um técnico da área de TI de cada veículo interessado.

Todas as informações sobre o assunto também podem ser consultadas no Portal do TSE, em página específica que será o canal de comunicação principal com as instituições interessadas em transmitir os resultados das eleições de outubro. Mais adiante, o Tribunal divulgará link para acesso aos arquivos gerados para o simulado que será feito com as entidades e veículos. As informações sobre esse simulado também estarão disponíveis no site.

Leia mais:  TRE-MT e TJMT iniciam tratativas para expedição de Certidão para Fins Eleitorais

Depois, será divulgado o link oficial para que as instituições e os veículos de comunicação possam acessar e divulgar os resultados do pleito. Diante disso, não será mais necessário haver o cadastramento prévio das entidades junto ao TSE na antiga modalidade de parceria.

Essas orientações possibilitarão que emissoras de televisão e de rádio, portais de internet e a imprensa, em geral, entre outras mídias, possam informar à população, em tempo real, a partir do encerramento da votação, os votos recebidos por cada candidato a presidente, governador, senador, deputado federal, deputado estadual e deputado distrital.

As informações ficarão disponíveis em nuvem. Por questão de segurança, será limitada a quantidade de acessos de cada interessado ao data center.

Regras

Além disso, serão repassadas aos representantes das instituições as regras para uso dos dados e arquivos que serão fornecidos pelo TSE. Eles conhecerão também a trajetória do processo. As entidades e veículos serão advertidos de que estará terminantemente proibido modificar qualquer conteúdo transmitido pelo Tribunal. Como os dados dos resultados do pleito são informações públicas, será vedada às instituições a cobrança de qualquer serviço.

Ao longo dos anos, o TSE vem estimulando, cada vez mais, os diversos veículos a divulgarem os resultados das eleições na medida em que os votos vão sendo totalizados, reforçando o compromisso da Justiça Eleitoral com a transparência do sistema eletrônico de votação.

Leia mais:  TRE-MT orienta instituições bancárias sobre aberturas de contas bancárias por candidatos

Simulado

No simulado, que terá a duração de alguns dias, os representantes dos veículos de comunicação testarão o funcionamento dos próprios sistemas a partir de dados brutos oferecidos pelo TSE. Os arquivos de dados brutos devem ser compreendidos e trabalhados em softwares, pelas instituições, para que possam ser divulgados aos usuários da maneira que acharem melhor.

Segundo o titular da Seção de Totalização e Divulgação de Resultados do TSE, Alberto Cavalcante, os simulados são importantes para analisar vários fatores imprescindíveis para a divulgação dos resultados. “Entre eles, está a aplicação das regras, o desempenho e o comportamento da divulgação na geração dos arquivos necessários. É um mecanismo valioso que temos para identificar e realizar os ajustes que devem ser feitos antes da realização das eleições oficiais”, explica.

Os interessados em compartilhar as informações no dia da eleição devem verificar as normas contidas nos artigos 231 a 237 da Resolução TSE n º 23.669/2021.

Qualquer dúvida sobre o tema poderá ser enviada para o e-mail [email protected].

IC/LC

Comentários Facebook

ELEIÇÕES

Lúdio afirma que Percival está qualificado para disputar governo e tem compromisso com candidatura de Lula

Published

on

O deputado Lúdio Cabral (PT), disse ao Portal O Documento na manhã desta quarta-feira (29), que o ex-prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz (MDB), é um quadro qualificado para enfrentar o governador Mauro Mendes (União Brasil), nas urnas este ano. Lúdio adiantou que não tem conhecimento de uma articulação nacional neste sentido, mas destacou que o ex-prefeito tem compromisso com a candidatura do ex-presidente Lula da Silva.

Por Flávio Garcia – “Não sei dizer se está acontecendo alguma articulação nesse sentido. O que eu posso dizer é que o Percival é um quadro qualificadíssimo, fez bons mandatos na prefeitura de Rondonópolis, é um político experiente e tem compromisso com a candidatura do Lula. Isso é fato. Ele tem uma leitura muito crítica sobre a realidade e o destino de Mato Grosso”, afirmou.

Conforme Lúdio Cabral, o maior problema de uma provável candidatura de Muniz pela federação do PT, PV e PCdoB, está no fato de o ex-prefeito ser do MDB. “Onde está o problema (?), o Percival está filiado ao MDB. Será que o MDB terá a capacidade de fazer autocrítica sobre a traição ao projeto do PT, no golpe da Dilma, e ao fazer a autocrítica se redimir apoiando o Lula? Então essa que é a equação que precisa ser resolvida”, disse o parlamentar petista.

Leia mais:  Lúdio afirma que Percival está qualificado para disputar governo e tem compromisso com candidatura de Lula

“Outro detalhe – acrescentou Lúdio -, é que o MDB está base do atual governador e para mim está claro que nós precisamos apresentar um projeto para disputar o Governo do Estado”, ao recordar que o ex-prefeito de Rondonópolis “participou das primeiras discussões que tiveram no Estado para discutir um palanque para a candidatura do Lula. Na época, ele se colocava, inclusive,  à disposição para disputar o governo”. Por conta disso – arrematou – “nós temos o dever de ter um nome para enfrentar o governador Mauro Mendes”.

Comentários Facebook
Continue Reading

ELEIÇÕES

TRE-MT orienta instituições bancárias sobre aberturas de contas bancárias por candidatos

Published

on

Procedimentos foram reforçados durante reunião realizada nesta segunda-feira (27.06)

A Assessoria de Contas Eleitorais e Partidárias (Asepa) do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) promoveu uma reunião com representantes de instituições bancárias, na manhã desta segunda-feira (27.06). O objetivo foi orientar sobre os procedimentos de abertura, movimentação e encerramento das contas bancárias a serem abertas pelos partidos, candidatas e candidatos das Eleições Gerais 2022.
TRE-MT REUNIÃO COM INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS

Por Nara Assis – O juiz auxiliar da presidência do TRE-MT, Bruno D’Oliveira Marques, agradeceu, em nome do presidente, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, a participação dos representantes do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Santander, Bradesco e Banco Base, e ressaltou a importância do cumprimento da Resolução n° 23.607/2019, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que trata destes procedimentos.

“Frisei a necessidade de que eles deem atenção e prioridade a estes procedimentos, que treinem suas equipes, a fim de que não haja nenhuma dificuldade e que possamos evitar transtorno ao processo eleitoral. A Justiça Eleitoral está à disposição das instituições bancárias, para que eventuais dúvidas sejam sanadas e, assim, tudo ocorra sem percalços”, ressaltou o juiz auxiliar da presidência.

Leia mais:  Lúdio afirma que Percival está qualificado para disputar governo e tem compromisso com candidatura de Lula

  Foram tratados, dentre outros assuntos, os tipos de instituições que devem abrir as contas correntes, documentação que deve ser apresentada pelos partidos e candidatos(as), prazos para abertura e encerramento de contas e procedimentos a serem efetivados no caso de sobra de recursos na conta corrente.

“Essa reunião foi extremamente importante para a aproximação entre as instituições e a Justiça Eleitoral, bem como pelo fato de que foram repassadas as regras previstas na resolução vigente, principalmente as inovações legislativas, como por exemplo, a abertura de conta bancária em meio eletrônico e a forma de utilização do Pix na campanha eleitoral”, avaliou o assessor de Contas Eleitorais e Partidárias, Rodrigo Martins de Jesus.

A reunião também contou com a participação de Eduardo Catusso Guibor, que representou o procurador regional eleitoral, Erich Masson.

 

Comentários Facebook
Continue Reading

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana