Connect with us

GERAL

TV Brasil estreia Sabor & Afeto neste domingo

Published

on

Paladar e memória se combinam no programa Sabor & Afeto, atração que estreia na TV Brasil neste domingo (12), às 10h30. A série resgata o gostinho dos pratos típicos da cozinha mineira que remetem à sensação de estar à mesa para provar uma gostosa refeição.

Durante a temporada, o público confere iguarias da gastronomia do estado em cenários que remetem às origens das receitas com o tempero local. Também acompanha o preparo e aprende a fazer quitutes para saborear em família.

Apresentada pela chef Esperança, a produção traz para a telinha quem entende do assunto e visita várias cidades onde é recebida por cozinheiros. Os convidados ensinam o segredo para associar ingredientes e conferir um gosto apetitoso a delícias doces e salgadas.

A proposta é oferecer uma experiência que envolva as emoções do telespectador ao estimular os sentidos com uma viagem por Minas Gerais. O primeiro destino é o município de Caldas, no sul do estado, na edição em que o seriado destaca o preparo e a fabricação do biscoito de polvilho.

Com 14 episódios de 26 minutos, a série é realizada pela Rede Minas, emissora parceira da TV Brasil e que integra a Rede Nacional de Comunicação Pública (RNCP), gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Aprender fazendo

O seriado Sabor & Afeto investiga a cultura regional e aborda temas que se misturam ao preparo das comidas típicas de diversas localidades de Minas Gerais. Em um formato que gera empatia com o telespectador, a produção traz um bate-papo sobre a arte de cozinhar.

No decorrer do programa, organizado em três blocos, o público nota essa oportunidade para o aprendizado por meio das memórias afetivas. A prática empírica interage com o saber analítico. Já na abertura, é possível descobrir curiosidades, tradições e atrações turísticas da cidade visitada.

A segunda parte engloba comida e cultura com a participação de moradores e especialistas que contam histórias e revelam o conhecimento na cozinha. No terceiro e último bloco, a chef Esperança mostra como fazer um dos pratos mais difundidos do município em destaque naquele episódio.

Combinação de saberes

As receitas passadas de geração em geração pelo povo mineiro estão nas edições semanais de Sabor & Afeto. A produção que ganha as telas do país na programação dominical da TV Brasil é um mergulho em universo de sensações.

A série encanta com a experiência de perceber os sabores dos alimentos: sentir a textura dos itens, se deliciar com o aroma dos ingredientes, curtir o som da mistura no fogo, servir um bonito prato e degustá-lo com prazer.

Leia mais:  Incêndio em veículo carregado com botijões de gás fecha BR-101

Para acompanhar o modo de preparo, basta ficar ligado em cada edição que explica passo a passo a forma de cozinhar diversas receitas seja para abrir o apetite no café da manhã, forrar o estômago no almoço, distrair durante uma conversa no lanche da tarde ou completar o dia no jantar e na ceia.

Cozinheiros que estão atrás do fogão recordam como mantêm as tradições. Os moradores de Minas Gerais mostram como deixar a mesa farta de comida e transformar uma refeição simples em um verdadeiro banquete.

O palco dessas apresentações são cozinhas, quintais e outros lugares fascinantes que tornam as cidades do estado um lindo cartão-postal para os turistas. Cada episódio da obra audiovisual também conta com a participação de profissionais como chefs, nutricionistas e historiadores que contextualizam as receitas.

Pratos tradicionais

A cada semana, o programa Sabor & Afeto percorre uma região mineira para revelar as técnicas da culinária local. O seriado passa por municípios de diversas partes do estado como Alfenas, Montes Claros, Poços de Caldas e Patos de Minas, entre outras cidades.

A ideia é traçar um panorama sobre a diversidade da gastronomia mineira com o toque regional para iguarias variadas que vão muito além do conhecido pão de queijo que é referência de norte a sul do país.

Sem desmerecer esse patrimônio de Minas Gerais, a série dá dicas de muitas delícias da cozinha do estado. O público fica sabendo o modo de fazer frango com quiabo, feijão tropeiro, arroz carreteiro, churrasco de carne de sol e pastel de fubá. Pamonha, doce de leite, bolos e biscoitos também têm espaço bem como guloseimas que são um verdadeiro manjar para turistas e moradores.

A atração incentiva o telespectador a tomar gosto pela atividade na cozinha e a colocar a mão na massa para experimentar e aprender a fazer as mais inusitadas receitas da comida típica do estado. Com um sabor sem igual, a cultura mineira tem uma rica e diversa produção gastronômica.

Episódio de estreia

Terra de famosos doces, queijos e vinhos, Caldas é conhecida também pela produção do biscoito de polvilho. A cidade que fica no sul de Minas Gerais é o primeiro paradeiro da série Sabor & Afeto.

Receita herdada pelos indígenas, o quitute caiu no gosto dos moradores e está arraigado na cultura popular. O biscoito de polvilho ganhou até festividade que se tornou patrimônio no município. A iniciativa inspirada na culinária local mobiliza Caldas há mais de três décadas.

Leia mais:  Corpus Christi: veja o que abre e fecha em SP no feriado

A produção acompanha uma das moradoras da região que ficou famosa ao preparar a guloseima. A aposentada Nair Barbosa ensina a produzir o biscoito, comenta como fazer para ele ficar crocante e recorda lembranças ao redor do forno.

O programa ainda tem a participação dos chefs Eduardo Avelar e Márcia Nunes. Em seus ambientes, os especialistas também destacam histórias que marcaram suas trajetórias. Eles citam recordações e contam curiosidades sobre petiscos mineiros. Apresentadora da série, a chef Esperança explica de maneira bem fácil e simples a receita para preparar os biscoitos de polvilho.

#VemVer

Nova atração das manhãs de domingo na programação da TV Brasil, o seriado Sabor & Afeto entra no ar às 10h30, logo depois de Estações, série documental que resgata a memória das ferrovias mineiras. Ambos os conteúdos são produzidos pela Rede Minas, emissora afiliada que faz parte da Rede Nacional de Comunicação Pública (RNCP).

Na sequência, às 11h, será apresentado o programa Canto & Sabor do Brasil, produção original da TV Brasil que combina culinária e bom papo. Na cozinha de uma fazenda colonial, convidados degustam pratos da gastronomia regional e conversam sobre música nacional e sertaneja.

O apresentador Paulinho del Ribeiro recebe artistas para provar a gastronomia caipira com receitas que ele mesmo prepara durante o encontro. Conversa informal, causos, poemas e a riqueza do folclore brasileiro se misturam ao rico repertório da atração semanal.

Logo após, ao meio-dia, a música segue com o programa Samba na Gamboa, com Diogo Nogueira que conta com a participação de nomes consagrados da cena artística e talentos das novas gerações para cantar sucessos de várias vertentes.

Acompanhe a programação da TV Brasil pelo canal aberto, TV por assinatura e parabólica.

Os programas estão no TV Brasil Play, pelo site ou por aplicativo no smartphone. O app pode ser baixado gratuitamente e está disponível para Android e iOS. Assista também pela WebTV.

Serviço

Sabor & Afeto – domingo, dia 12/6, às 10h30.

Facebook – https://www.facebook.com/tvbrasil
Twitter – https://twitter.com/TVBrasil
Instagram – https://www.instagram.com/tvbrasil
YouTube – https://www.youtube.com/tvbrasil
TikTok – https://www.tiktok.com/@tvbrasil

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook

GERAL

Revalida 2022 aplica segunda etapa de provas hoje e amanhã

Published

on

A aplicação da segunda etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2022/1 ocorrre neste sábado (25) e no domingo (26). Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),a prova de habilidades clínicas ocorrerá em dois períodos: o primeiro período, que teve início às 11h, e o segundo, às 15h, pelo horário de Brasília.

Pelo Sistema Revalida o candidato pode consultar o cartão de confirmação de inscrição. No documento, o participante pode conferir horário e local de aplicação da prova de habilidades clínicas, número de inscrição, entre outras informações referentes ao exame. Apesar de não ser obrigatório, o Inep recomenda que o participante leve o documento nos dois dias de prova.

Documentos

O participante deve se apresentar ao local de prova com a documentação de identificação oficial com foto, válida, conforme previsto em edital, portando jaleco (preferencialmente na cor branca) e utilizando máscara de proteção, cobrindo totalmente nariz e boca. O Inep recomenda que a máscara de proteção seja de uso profissional, no modelo N95 ou PFF2.

Leia mais:  Corpus Christi: veja o que abre e fecha em SP no feriado

“O uso de máscara é obrigatório durante toda a permanência do participante no local de prova, exceto para pessoas com transtorno do espectro autista, deficiência intelectual, deficiências sensoriais ou com quaisquer outras deficiências que as impeçam de fazer o uso adequado de máscara, conforme previsto na Lei n.º 14.019 de 2 de julho de 2020”, ressaltou o Inep.

O candidato pode levar para o local de prova máscara reserva para troca durante a aplicação, além de alimentação pessoal e medicamento. Somente será permitida garrafa e lanche em embalagem transparente e sem rótulo.

Pelas regras do edital, antes de entrar na sala de espera, o participante deve guardar, no envelope porta-objetos, o telefone celular e quaisquer outros equipamentos eletrônicos, desligados, além de outros pertences não permitidos, listados no edital do exame. A Declaração de Comparecimento impressa, caso necessária, também deve ser guardada no envelope, que precisa ser lacrado e identificado, desde a entrada na sala de espera até a saída definitiva do local de provas.

Revalida

Com duas etapas, uma teórica e outra prática, que abordam, de forma interdisciplinar, as cinco grandes áreas da medicina: clínica médica, cirurgia, ginecologia e obstetrícia, pediatria e medicina da família e comunidade (saúde coletiva). O objetivo do exame é avaliar as habilidades, as competências e os conhecimentos necessários para o exercício profissional da medicina adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS).

Leia mais:  Receita Federal deixa de exigir autenticação de documentos

O ato de apostilamento da revalidação do diploma é atribuição das universidades públicas que aderirem ao instrumento unificado de avaliação representado pelo Revalida.

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Continue Reading

GERAL

Livro traz aplicação de 150 espécies nativas da flora brasileira

Published

on

Com mais de 150 espécies nativas da Região Norte com valor econômico atual ou com potencial e que podem ser usadas de forma sustentável na produção de medicamentos, alimentos, aromas, condimentos, corantes, fibras, forragens como gramas e leguminosas, óleos e ornamentos, o Ministério do Meio Ambiente (MMA) lançou o livro Espécies Nativas da Flora Brasileira de Valor Econômico Atual ou Potencial – Plantas para o Futuro – Região Norte.

A quarta publicação da série Biodiversidade está disponível a todos gratuitamente em versão digital, no site do MMA. O livro teve a colaboração e o esforço de 147 renomados especialistas de universidades, instituições de pesquisa, empresas e ONGs do Brasil e do exterior.

“Dentre os resultados práticos esperados com o livro podemos citar a difusão e ampliação do uso sustentável de espécies amazônicas na gastronomia regional e nacional; o incremento do interesse em pesquisas, o desenvolvimento e a inovação, inclusive por meio de programas de melhoramento genético vegetal voltados à obtenção de cultivos de frutas da Amazônia em plantios comerciais”, destacou o Ministério.

Ainda segundo a pasta, outro ponto relevante de contribuição do projeto é a criação de cadeias produtivas e de valor para plantas frutíferas, medicinais e oleaginosas amazônicas, com foco nos mercados nacional e internacional.

Leia mais:  Pernambuco volta a registrar fortes chuvas nesta semana

“É a ciência trazendo conhecimento da biodiversidade brasileira. O Brasil é um país super biodiverso, mas pouco conhecido, e esse livro vem mostrar a quantidade de oportunidades econômicas. Você olha aqui plantas que pouca gente conhece, mas é utilizada na região. A região utiliza de forma correta, mas o Brasil ainda não, e nem a indústria”, ressaltou o ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite.

Série Biodiversidade

Os livros da série Biodiversidade vem sendo construídos desde 2004. Volumes dedicados às regiões Sul, Centro-Oeste e Nordeste já foram publicados.

As publicações da série levam em conta que a biodiversidade brasileira, composta por mais de 46 mil espécies vegetais conhecidas, representa um imenso potencial de uso, apesar de ainda ser pouco reconhecida e subutilizada.

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Continue Reading

Segurança

MT

Brasil

Economia & Finanças

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262